• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 desenhos americanos fortemente influenciados pelos animes

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      11/11/19 às 10h54

Os animes são animações tipicamente japonesa que, com o tempo, conquistaram o mundo. O estilo de animação é bem diferente do americano. A aparência dos personagens tende a ser mais acentuada, em particular os olhos. Em suma, as expressões não tentam emular a realidade, sendo alteradas com frequência para demonstrar todos os tipos de emoção. Devido ao grande sucesso mundo afora, era apenas uma questão de tempo até os desenhos americanos começarem a serem influenciados por eles.

Com essa influência em mente, selecionamos alguns títulos que foram "animizados". Ou seja, animações que se inspiraram no ocidente para compor sua história e personagens. Veja os exemplos a seguir.

1 - Avatar: A Lenda de Aang

Confundir Avatar: A Lenda de Aang com um anime é um equívoco recorrente, principalmente para quem não está acostumado com o estilo das animações. De fato, embora a produção seja americana, o desenho tem fortes inspirações nos traços e costumes orientais. Há fortes referências ao budismo e ao xintoísmo. Mesmo as nações remetem a diversidade cultural da Ásia. E claro, o próprio design dos personagens, com grandes olhos e expressões destacadas, é outra característica retirada dos animes.

2 - Steven e o Universo

Rebecca Sugar, a criadora do desenho, já confessou que cresceu assistindo a animes como One Piece, Revolutionary Girl Utena e Detective Conan. Sendo assim, o programa nem tenta esconder as influências recebidas. Muitos episódios, por exemplo, são intitulados em homenagem a grandes clássicos do gênero. Não à toa temos capítulos Neon Genesis Evangelion, Captain Harlock e Cowboy Bebop.

3 - RWBY

Basicamente, RWBY possui vários elementos que compõem um anime. Os traços, ambientações, personagens excêntricos, armas monstruosas e lutas bem coreografadas. Em qualquer imagem, não há dúvidas de que se trata de um anime. O que entrega sua origem é o estilo de animação, realizado em 3D, fugindo do padrão oriental. Além, claro, da dublagem em inglês.

4 - Samurai Jack

O criador Genndy Tartokovsky sempre deixou claro sua admiração pela cultura samurai e como ela influenciou o programa. De acordo com ele, a inspiração veio de vários filmes de kung-fu. Do mesmo modo que de clássicas lutas de animes. Uma obra com grande preso para Samurai Jack é Akira, de Katsuhiro Otomo. A série explora ambientes ao mesmo tempo futuristas e estranhos, bebendo também de fontes como filmes noir e quadrinhos americanos.

5 - As Meninas Superpoderosas

Com os olhos quase do tamanho da cabeça, impossível olhar para Florzinha, Lindinha e Docinho e não lembrar dos animes. Basicamente, o desenho é praticamente uma caricatura das animações japonesas. As situações surreais, os vilões absurdos, os gritos e as expressões dos personagens são enfáticos.

6 - She-Ra e as Princesas do Poder

O reboot de She-Ra provou ser um verdadeiro sucesso. Além da história instigante e personagens encantadores, o estilo da animação também ajudou a conquistar o público. Todos os personagens são bastante expressivos, revelando suas emoções por meio dos movimentos corporais. Os olhos brilham, mudam de tamanho, as sobrancelhas se mexem com frequência, assim como os lábios.

7 - Castlevania

Diferente RWBY, nada em Castlevania consegue entregar a origem do desenho. Nem mesmo o estilo de animação. Caso você não saiba que o original Netflix é uma produção americana, o detalhe pode passar despercebido. Até mesmo o áudio, em japonês, foi disponibilizado. O criador da série, Andi Shankar, é grande fã das animações japonesas e levou toda sua paixão para o projeto. O desenho, por sinal, realmente é muito bom!

Próxima Matéria
Via   CBR  
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+