• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 dicas que podem salvar todo mundo de situações de extremo perigo

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      09/01/20 às 15h25

Quase todo mundo sabe que você não se deve enviar mensagens de texto, enquanto estiver dirigindo. Quer dizer, muita gente tem conhecimento disso, mesmo assim faz. Todo mundo sabe também que prevenir incêndios é tão importante quanto saber apagá-los, ou mesmo saber como agir corretamente no momento em que eles ocorrem.

Independe da situação, o que queremos dizer aqui, é que a vida pode gerar situações para as quais não temos uma resposta rápida. Ou melhor, útil. E todo mundo vivencia algo diferente. Afinal, a vida é uma caixinha de surpresas. Por isso, resolvemos compilar aqui, 7 dicas que podem salvar todo mundo de uma situação de extremo perigo.

Confira, agora, que dicas são essas. Ah, e não esqueça, informação, hoje, é tudo. Por isso, guarde-as. Vai que…

1 - Caminhar e usar o telefone, ao mesmo tempo

Nós já conhecemos os efeitos de utilizar celulares, enquanto andamos na rua, ou pior, enquanto dirigimos. Embora sempre pensemos na velha máxima do "não vai acontecer comigo", a verdade é que o aparelhinho sempre representou um perigo para motoristas e transeuntes. Por isso, cuidado.Caminhar e usar o telefone simultaneamente exige grandes quantidades de esforço cognitivo. E como estamos atentos ao que aparece na telinha do telefone, esquecemos o que está acontecendo ao nosso redor.

2 - Mantenha-se aquecido

Para garantir que a temperatura do seu corpo não caia muito rapidamente em ambientes frios, invista em roupas feitas de lã, em vez das de algodão. Essas peças absorvem mais a umidade. Parece óbvio, mas seu corpo precisa te ajudar. Não adianta se encolher de frio. Pelo contrário, é preciso se movimentar, para estimular a circulação sanguínea. Isso porque a temperatura mais baixa faz com que o sangue circule mais lentamente e, dessa forma, os pés e as mãos ficam gelados.

3 - Não coma neve

Comer neve, para evitar a desidratação, é um mito de sobrevivência, que não pode ser levado a sério, e que pode, inclusive, provocar a morte. Algumas fontes afirmam que comer a neve ajuda a saciar a fome, mas na verdade o ato pode abaixar a sua temperatura corporal.

4 - Quando o avião precisa realizar um pouso de emergência na água

Segundo levantamento do site "Global Incident Map", uma das causas mais comuns para pousos de emergência são odores fortes na cabine e problemas nos banheiros do avião. E se um pouso de emergência precisar ser feito, em meio ao mar? Bom, basicamente, evite encher imediatamente o colete salva-vidas, caso o avião estiver fazendo um pouso de emergência na água. A flutuabilidade da jaqueta pode dificultar os passageiros saírem da aeronave. Isso se a água entrar, claro.

5 - Se você estiver perdido, caminhe ladeira abaixo

É muito fácil se perder na montanha, ainda mais sem companhia e quando o tempo está ruim. Basta um instante, um erro de referência e você pode se perceber rodando em círculos, em um vai e volta sem fim. Por isso, você aumenta suas chances de encontrar ajuda de andar ladeira abaixo. Isso mesmo. Se você estiver perdido em uma montanha, caminhe ladeira abaixo.

6 - Tenha anti-histamínicos quando estiver em um ambiente diferente

Os anti-histamínicos, também conhecidos como anti-alérgicos, são remédios utilizados para tratar reações alérgicas, incluindo urticária, coriza, rinite alergia ou conjuntivite, por exemplo. Basicamente, tais medicamentes atuam reduzindo os sintomas de coceira, inchaço, vermelhidão ou corrimento nasal. Por isso, é sempre importante tê-los por perto,  quando viajar. Afinal, nunca se sabe o que pode acontecer…

7 - Mastigar aspirina, durante um ataque cardíaco, pode salvar sua vida

"De acordo com o cardiologista Rubens Zenóbio Darwich, do Hospital São Vicente, em Curitiba, grande parte dos pacientes, que procuram atendimento emergencial com sintomas de ataque cardíaco iminente, são tratados com o ácido acetilsalicílico (AAS). O AAS é popularmente conhecido como aspirina. "Isso faz parte do protocolo médico e adiantar esse procedimento pode, sim, reduzir a mortalidade nos casos em que há certeza do infarto", disse.

Próxima Matéria
Via   B. I.  
Imagens B. I.
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+