icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 diretores que passaram dos limites durante as gravações

POR Leticia Rocha EM Curiosidades 22/10/18 às 16h13

capa do post 7 diretores que passaram dos limites durante as gravações

Criar um filme exige muita atenção, dedicação e trabalho duro. Vendo do outro lado da tela, às vezes, parece ser fácil montar um filme, mas a verdade é que existe muito mais por trás das câmeras. Os responsáveis por todo o trabalho em ordem são os diretores dos filmes. Eles fazem de tudo para que o resultado seja o mais perfeito possível.

E é realmente TUDO mesmo. Inclusive passam dos limites sobre o que é considerado aceitável em um ambiente de trabalho.

Confira agora 7 dos diretores que passaram do limites durante as gravações.

1 - Drácula - Francis Ford Coppola

Coppola é considerado um grande diretor, ele é o responsável por O Poderoso Chefão, um dos grandes clássicos do cinema. Mas quase foi demitido do elenco do filme por conta de suas atitudes extremas para conseguir o que queria. Durante as gravações de Drácula, que ele também dirigiu, a atriz Winona Ryder teve de ouvir inúmeros xingamentos do diretor. Um caso de abuso verbal, de fato. Foi uma série de ofensas durante as gravações que a deixaram em prantos. Enquanto a atriz era agredida verbalmente, foram gravados vários takes até que Coppola chegasse ao resultado que queria.

2 - Trapaça - David O. Russell

Outro caso similar de abuso de poder por parte de um diretor. Dessa vez o diretor David Russel é o responsável não só por fazer chorar. As atitudes causaram uma tristeza profunda na atriz Amy Adams. Ela contou que chegava aos sets sempre devastada e mesmo quando ia para casa, continuava a se sentir mal. Em uma entrevista após o lançamento do filme, a atriz disse que compreendeu que a vida dela é mais importante que os filmes e que situações similares não seriam mais toleradas.

3 - Branca de Neve e o Caçador - Rupert Sanders

Esse caso foi um caso além do set de gravações, afetou também pessoas fora dele. Em 2012, durante as gravações de "Branca de Neve e o Caçador" o diretor Rupert, que era casado, foi flagrado em meio a amassos com a protagonista do filme, Kristen Stewart. Na época, a atriz também namorava. As fotos levaram ao divórcio de Rupert e ao rompimento de Kristen. Além de também ter prejudicado a divulgação do filme, que foi ofuscada pelo escândalo.

4 - Os pássaros - Alfred Hitchcock

Hitchcock é talvez um dos maiores diretores que já existiu, mas sua história, por trás das câmeras, não é tão positiva assim. No início da década de 1960, durante as gravações de "Os pássaros", o diretor agiu de forma completamente inadequada com a atriz Tippi Hedren. A própria atriz escreveu em sua bibliografia que Hitchcock lhe dava abraços desnecessários e desconfortáveis. E que insistentemente a tocava. Ele enviou uma cesta de pães para a atriz com o bilhete "Coma-me". O diretor também contava à atriz sobre os sonhos que tinha com ela. Naquela época, esse tipo de situação não era estranha, nem se quer denunciada, já que a sociedade não considerava isso um erro grave.

5 - Último Tango em Paris - Bernardo Bertolucci

Uma das cenas mais marcantes do filme é uma cena de estupro que teve um toque de realidade muito grande, já que a atriz, Maria Schneider, de fato não sabia sobre a cena. O diretor Bernado Bertolucci queria que a cena fosse o mais real possível e por isso não avisou a atriz sobre a ideia. Ele mesmo admitiu isso em uma entrevista em 2013. A própria atriz já havia revelado, em 2007, que se sentiu estuprada durante a gravação. Isso a levou a uma tristeza profunda, abuso de drogas e até à tentativas de suicídio.

6 - Kill Bill - Quentin Tarantino

Quentin Tarantino é um dos diretores cultuados pelos amantes de cinema. No entanto, por trás das câmeras, o diretor agiu de forma repugnante, colocando em risco de vida real da atriz Uma Thurman. A atriz teve de gravar uma cena de acidente sem nenhum dublê. Além disso, os componentes da cena não estavam de acordo com o protocolo de segurança. A imprudência levou a um grave acidente de carro, que por pouco não teve resultado fatal. Uma teve uma concussão e teve vários danos no joelho. Felizmente o pior não ocorreu, mas isso não exclui o fato de que a atitude de Tarantino passou de todos os limites.

7 - No limite da realidade - John Landis

Esse é um caso realmente extremo. O filme, baseado em uma série de TV de sucesso, terminou em tragédia. O capítulo final do filme resultou na morte de duas crianças e do ator principal. O diretor não havia conseguido a autorização para gravar uma cena de explosão com crianças e por isso fez tudo as escondidas. Durante as gravações o piloto acabou perdendo o controle, o que resultou na explosão e na morte das 3 pessoas. Havia também outras inúmeras violações trabalhistas que levaram a esse acidente fatal.


Próxima Matéria
avatar Leticia Rocha
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest