• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 doenças inusitadas transmitidas por mosquitos

POR Arthur Porto    EM Natureza      18/11/19 às 21h59

Os mosquitos são os responsáveis pelo maior número de mortes de pessoas no mundo. Atualmente, estima-se que existem cerca de 3,5 mil espécies de mosquitos. Nesse ínterim, o inseto, de acordo com a Fundação Bill e Melinda Gates, é considerado 180 vezes mais letal do que cobras, hipopótamos e tubarões

Analogamente, as serpentes causam anualmente cerca de 125 mil mortes. Entretanto, mosquitos matam cerca de 725 mil pessoas, por ano, em todo o mundo. Os mosquitos podem ser pequenos e frágeis, mas por transmitirem doenças e ocasionarem milhões de mortes, tornaram-se mortais.

Os vírus mais conhecidos, que são transmitidos por esses insetos, sãos o Aedes e o Culex. Em contrapartida, há inúmeros outros. A lista de doenças, que estes pequenos seres transmitem, é enorme, vai desde as mais conhecidas, até as mais exóticas. Confira quais são elas.

1 - Filariose

Em suma, a filariose é uma doença parasitária, causada por vermes e transmitida através da picada de insetos. Quando ocorre a picada do mosquito fêmea, as larvas penetram na pele. Em seguida, migram até os linfonodos, onde ficam até chegar à fase adulta. Ao atingir a sua maturidade, os vermes adultos provocam microfilárias.

Por viverem nos vasos linfáticos da pessoa infectada, os vermes bloqueiam e afetam a circulação. Consequentemente, partes do corpo começaram a ficar inchadas. Em casos mais avançados, pode ocorrer deformação dos membros.

O "pernilongo comum" é o principal vetor da filariose, conhecida também como elefantíase. Também são vetores da doença a Chrysomya (mosca varejeira) e algumas espécies do mosquito Anopheles.

2 - Dengue

Em suma, o principal transmissor é o Aedes aegypti. Ao ser contaminada pela picada do mosquito infectado, a pessoa pode sentir febre alta, dores musculares intensas e dor atrás dos olhos. Além disso, manifestam-se também manchas vermelhas no corpo, falta de apetite e dor de cabeça.

De acordo com especialistas, a dengue tem cura espontânea depois de 10 dias. Entretanto, é preciso procurar um médico ao sentir os primeiros sintomas. O risco de gravidade e morte, nesse ínterim, é maior quando o indivíduo possui alguma doença crônica, como diabetes e hipertensão.

3 - Zika

Aqui, o principal transmissor também é o Aedes aegypti. Entretanto, os sintomas são distintos. Em suma, os sinais da doença envolvem manchas vermelhas no corpo, febre baixa e dores, tanto no corpo, como nas juntas. Além disso, em alguns casos, ocasiona-se também conjuntivite. Após alguns dias, as manchas vermelhas começam a coçar.

Caso não seja tratada, complicações neurológicas, como, por exemplo, encefalites ou Síndrome de Guillain Barré, podem ocorrer. Uma das principais complicações é a microcefalia, que causa malformação fetal do bebê, em casos de vítimas gestantes.

A Zika também pode ser transmitida sexualmente. Em síntese, a doença tem cura espontânea depois de 10 dias. Entretanto, é preciso procurar um médico caso os sintomas apareçam.

4 - Chikungunya

Além de transmitir Dengue e Zika, o Aedes aegypti também transmite a Chikungunya. Basicamente, o principal sintoma da doença é dor nas articulações. Às vezes, pode ser incapacitante, atingindo principalmente joelhos, cotovelos e tornozelos. Algumas pessoas, nesse ínterim, podem também desenvolver um quadro pós-agudo e crônico. Nesse cenário, o indivíduo pode sentir dores nas juntas, por meses ou até anos.

Além das dores nas articulações, outros sintomas comuns são febre, dor de cabeça e mal-estar. Também aparecem manchas vermelhas ou bolhas pelo corpo. Em gestantes, a transmissão da mulher para o feto acontece na última semana de gravidez. Também existe transmissão por meio de transfusão sanguínea.

Analogamente, a cura é espontânea após 15 dias. O paciente deve repousar e beber muito líquido. Em casos de sequelas graves, recomenda-se fisioterapia.

5 - Febre amarela

Os principais transmissores da doença são Haemagogus, Sabethes e Aedes aegypti. Além disso, os sintomas da febre amarela são súbitos sintomas de febre, calafrios, prostração, dor de cabeça intensa, dores nas costas e no corpo, náuseas e vômitos, fadiga e fraqueza. Estima-se que a maioria das pessoas melhora, logo após apresentar os sintomas iniciais.

Em contrapartida, cerca de 15% apresentam um breve período sem apresentar os sintomas. Em síntese, estes indivíduos se desenvolvem uma forma mais grave da doença. Neste caso, ocasiona-se icterícia (coloração amarelada da pele e do branco dos olhos), sangramentos (gengival ou intestinal) e, eventualmente, choque anafilático e insuficiência de múltiplos órgãos, como rins e fígado.

Além disso, cerca de 20% a 50%, dos que desenvolvem a doença de forma grave, podem morrer. A vacina é a principal ferramenta de prevenção e controle da doença.

6 - Malária

De todas essas doenças, considera-se a malária a mais perigosa. De acordo com especialistas, a malária é a principal causa parasitária de morbidade e mortalidade em todo o mundo. Em 2015, por exemplo, segundo a OMS, mais de 3,2 bilhão de pessoas estavam em risco. Ainda segundo a OMS, no mesmo ano, houve 214 milhões de novos casos de malária no mundo. A doença, transmitida pelo mosquito Anopheles, é endêmica em 107 países.

Caso não seja tratada no início, a doença pode se agravar, ocasionando, assim, convulsões, delírios, anemia, insuficiência renal, edema pulmonar, coma e até óbito. Não existe vacina para malária, mas o tratamento, geralmente, é eficiente e seguro.

7 - Febre oropouche

Os principais transmissores da doença são Culicoides paraensis e Culex quinquefasciatus. Analogamente, a febre oropouche é facilmente confundida com a dengue, pois os sintomas são extremamente parecidos. A pessoa sente calafrios, dor de cabeça, dor nas articulações e náuseas.

Alguns pacientes sentem fotofobia (sensibilidade à luz), dor nos olhos e tontura. Casos em que a doença evolui, têm como a complicação mais comum, a evolução de meningite viral. No caso, a doença é benigna e o tratamento consiste no alívio dos sintomas.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+