icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 doenças que seres humanos, gatos e cachorros têm em comum

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      18/03/20 às 23h02
capa do post 7 doenças que seres humanos, gatos e cachorros têm em comum

Pelo visto, temos mais em comum com os nossos animais de estimação do que podemos imaginar. Vários estudos já provaram que gatos e cachorros também têm sensações e sentimentos que nós experimentamos, mas além disso, eles também podem ter doenças, como as de humanos. É claro que dentro das peculiaridades de cada espécie. Se você tem um bichinho de estimação em casa, provavelmente, já ouviu falar sobre as zoonoses, doenças que podem ser transmitidas dos animais para os humanos. Um exemplo disso, é toxoplasmose, uma infecção causada por um protozoário encontrado nas fezes de gatos.

Mas além disso, os bichinhos também podem ter doenças tidas como apenas de humanos. Embora a maioria não seja necessariamente transmitida de um para o outro, elas apresentam várias semelhanças com as enfermidades que conhecemos. Infelizmente, os bichinhos não estão imunes a algumas doenças graves como as nossas. Confira a seguir, 7 doenças que seres humanos, gatos e cachorros têm em comum.

Câncer

Da mesma forma que os humanos, gatos e cachorros também podem desenvolver tumores malignos. Entre os pets, os mais comuns são os de mama, pele e linfomas. Na maioria das vezes, a doença aparece em animais idosos. Os sintomas podem ser bastante inespecíficos, como emagrecimento, diarreia, vômitos, febre e apatia. E no caso de câncer de mama ou linfoma, a percepção de nódulos e caroços. O tratamento é muito semelhante ao dos humanos, e inclui cirurgia para a retirada do tumor, radioterapia e quimioterapia.

Diabetes

Sim, gatos e cachorros também podem ter uma deficiência na produção de insulina, a chamada diabetes. Com isso, acontece um aumento no açúcar no sangue do animal. As causas variam entre excesso de peso, dieta incorreta, problemas hormonais, e predisposição genética. Os sintomas são percebidos com o aumento da frequência urinária e ingestão de água, além da perda de peso e infecções recorrentes. E embora a doença não tenha cura, ela pode ser tratada com insulina, uma dieta correta e atividade física.

Aids e leucemia felina

As duas doenças são exclusivas dos felinos e são transmitidas por contato, como lambidas, mordidas e arranhões entre gatos. Causadas pelo retrovírus, as doenças afetam a imunidade do animal, os deixando mais propensos à outras enfermidades. Quanto à leucemia, já existe uma vacina, mas para a aids felina ainda não.

Epilepsia

A epilepsia é mais comum em cachorros, mas também pode ocorrer em gatos. As causas podem ser de origem genética ou adquiridas. A de origem genética é mais rara, e geralmente, se manifesta no animal ainda jovem, depois dos 3 anos. No caso da epilepsia adquirida, ela pode ser decorrente de algum trauma físico, como envenenamento ou uma forte batida na cabeça. O difícil, nesse caso, é identificar a epilepsia, já que ela nem sempre vem acompanhada de convulsões. Mas pequenos espasmos, comportamentos incomuns ou tontura podem ser um alerta da doença. O tratamento envolve medicamos antiepiléticos para humanos.

Cataratas e glaucoma

A catarata é o turvamento do cristalino, a lente natural do olho. E já o glaucoma é uma deficiência na drenagem de líquidos nos olhos. Essa segunda pode comprometer o nervo óptico do animal. As duas doenças afetam a visão e podem causar a cegueira, são mais recorrentes em cachorros, mas também pode afetar gatos. Assim como em humanos, as causas podem ser relacionadas ao envelhecimento e a diabetes. Também podem ser causados por infecções disseminadas por carrapatos. O tratamento de catarata é feito por meio de cirurgia, e o do glaucoma envolve colírios e medicamentos para diminuir a pressão intraocular.

E você, já sabia de todas essas doenças de humanos e animais? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Próxima Matéria
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest