• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 empregos terríveis que os meninos tiveram ao longo da história

POR Erik Ely    EM Curiosidades      11/05/20 às 23h30

Por mais que seja uma prática ilegal, até hoje, encontramos casos de trabalho infantil. Dessa forma, quando olhamos para trás em nossa história, a situação só piora. Em muitos casos onde homens adultos não queriam realizar determinados trabalhos, eles eram simplesmente dados para as crianças. E claro, não eram tarefas nada fáceis. Dessa forma, separamos 7 empregos terríveis que os meninos tiveram ao longo da história.

Por serem menores ou por possuírem mãos mais delicadas, a sociedade permitia que essas crianças entrassem em chaminés ou trabalhassem com peças pequenas. Sendo assim, podemos afirmar que muito melhorou ao longo da história da humanidade. Contudo, ainda há muito para ser melhorado e conquistado na luta contra o trabalho infantil.

1 - Agricultor

Hoje, podemos encontrar crianças trabalhando ou ajudando em fazendas familiares. Entretanto, no passado, uma criança podia trabalhar em outras casas para qualquer pessoa. Isso significava longas e exaustivas horas sob o sol escaldante. E se por um lado, os meninos ofereciam uma mão-de-obra extremamente barata e quase gratuita, as meninas trabalhavam em trabalhos menos árduos, como a triagem de frutas e legumes.

2 - Trabalhar com conservas

Trabalhar em fábricas de conservas significavam ficar horas cortando, embalando e transportando peixes e outros alimentos. Além disso, tudo era feito sob em temperaturas baixíssimas e nas piores condições de trabalho. Juntamente a isso, os meninos eram obrigados a lidar com ferramentas de corte extremamente perigosas como, por exemplo, máquinas projetadas para cortar e selar metais. Dito isso, só podemos imaginar as possíveis baixar que podem ter surgido durante esses anos de trabalho.

3 - Engraxate

Engraxate é uma profissão que está está sumindo. Porém, ainda é possível encontrar crianças que realizam o serviço que data ao ano de 1806. Antigamente, todos precisavam andar com seus sapatos limpos e engraxados e para isso, crianças mais pobres realizavam o serviço. Faça chuva ou faça sol, elas estavam lá, durante sete dias da semana. E claro, não era e não é um trabalho lucrativo, mesmo antigamente, as crianças recebiam apenas o suficiente para não passar fome, isso quando tudo ia bem.

4 - Trabalhar com fiação de algodão

Conforme a escravidão foi sendo abolida, começaram a surgir máquinas para realizar a fiação de algodão, que antes era feita por escravos em rotinas exaustivas de trabalho. Porém, mesmo que essas máquinas pudessem ser mais rápidas que os homens, elas também podiam ser mais mortíferas e como não havia nenhum tipo de supervisão, crianças eram as mais indicadas para o trabalho. Na época, era comuns acidentes onde crianças perdiam dedos e até mesmo a própria mão.

5 - Soldado

Ao longo da história, muitos exércitos tiveram integrantes juvenis cuja a infância foi marcada pelo combate sangrento de uma guerra. Dessa forma, podemos encontrar casos de crianças lutando na Primeira e Segunda Guerra Mundial, guerra civis e até na Marinha Real de Napoleão.

6 - Mineiro

Com corpos e mãos pequenas, crianças eram frequentemente usadas para trabalhar em minas de carvão. Contudo, além de uma infância perdida, isso também vinha acompanhado de uma série de distúrbios pulmonares e físicos. Além disso, todos os dias se corria o risco de haver um colapso dentro da mina.

7 - Limpador de chaminé

Sendo mais comuns no Reino Unido, a falta de limpeza em chaminés podia levar a incêndios descontrolados e à temperaturas congelantes. Por isso, meninos eram comprados de seus pais e forçados a fazer o trabalho mais do que pesado de limpar todos os ângulos de uma chaminé. Contudo, ao longo dos anos, são incontáveis os números de corpos que foram encontrados e outros que ainda estão presos em chaminés de casas comuns.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+