• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fatos assustadores que provam que o terrorismo se tornou uma grande indústria

POR Rafael Miranda    EM História      25/01/16 às 16h13

Do lado de fora, a vida como um terrorista parece ser bastante simples. Basta se vestir a caráter, começar a gritar slogans de ódio e, em seguida, matar pessoas inocentes. Fácil, certo? Errado.

Longe de viver suas vidas como os bandidos em um filme de ação, os terroristas têm que fazer um trabalho burocrático para aliciar pessoas para suas causas ao redor do globo. De uma forma estranha, o terrorismo funciona de forma similar a uma indústria.

Veja 7 fatos que provam que o terrorismo se tornou uma indústria:

É tudo sobre a marca

40

Até mesmo potenciais terroristas pensam em seus membros como candidatos a empregos regulares. Os terroristas são atraídos pelas grandes organizações criminosas como al-Qaeda e Estado Islâmico. Esses grupos colocam uma quantidade insana de esforço para construir seu nome, na esperança de atrair muitos candidatos. Em contrapartida, os grupos menos conhecidos tem que construir seus exércitos com terroristas amadores.

Tendo uma identidade de marca é tão importante que os grupos terroristas chegam a ter publicitários em suas organizações. De acordo com analistas, tudo, desde a cor do logotipo, são projetados para evocar a missão de um grupo.

O recrutamento é a chave

Bin Laden Documents

Quando fuzileiros navais invadiram a fortaleza de Osama bin Laden em 2011, eles descobriram algo totalmente inesperado: as formas de recrutamento. Aparentemente, habilidades de escrita eram essenciais para a adesão ao movimento jihad. Juntamente com questões sobre educação e treinamento com armas, potenciais mártires eram convidados a preencher detalhes sobre seus hobbies e responder a perguntas sobre suas metas de desenvolvimento pessoal.

Competindo por investimento

42

Um dos aspectos mais-desgastantes de começar um novo negócio é angariar capital. A al-Qaeda tinha sauditas ricos que financiavam o seu reinado de terror. Outro caso é o IRA que costuma captar recursos ao enviar dissidentes para solicitar doações. Na América Latina, as FARC da Colômbia é financiada por venezuelanos ricos que buscam o colapso de um Estado vizinho como retorno para o seu investimento. A capacidade de obter apoio financeiro pode flutuar ou afundar facilmente.

Anúncios de recrutamento

Anúncios de recrutamento bem sucedidos são essenciais para o grupo terrorista. Nos anúncios, eles pretendem apresentar seu trabalho de um lado positivo, mostrar as vantagens de aderir-se, e transmitir exatamente o tipo de pessoa que eles querem. Eles costumam conseguir isso através de muitas fotos de pessoas sorridentes e slogans sem sentido como "orgulho de estar trabalhando para o nosso futuro."

Recrutamento

43

Na Colômbia, os rebeldes revolucionários marxistas Farc visitam as zonas rurais do país, fazendo recrutamento em escolas de ensino médio. Os alunos recebem uma palestra dos terroristas e escutam quais as condições para aderir, e, em seguida, tem a chance de se inscreverem. Tudo isso seguindo diversos modelos empresariais.

Responsabilidade social corporativa

44

A responsabilidade social corporativa é uma forma de dizer "nós nos importamos." Ao demonstrar interesse em mudanças climáticas e redução de CO2, ou através da organização de um pouco de trabalho de caridade, as corporações podem mostrar que elas são mais do que apenas as multinacionais sem alma. Isso também acontece no terrorismo. Al-Qaeda por exemplo anunciava como uma de suas pautas o combate a mudança climática.

Social Media

45

Se você quiser crescer o seu negócio, mídia social é um mal necessário. Interagir no Facebook, Twitter, Instagram, entre outros, é essencial nos tempos modernos. O Estado Islâmico têm a sua equipe dedicada as redes sociais. Eles têm contas ativas no Twitter, Facebook e Pinterest e anunciam como qualquer empresa norte-americana nas redes sociais.

Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Imagens Toptenz
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+