icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 fatos bizarros que você não sabia sobre o corpo da Vampira

POR Gabi Noronha EM Fatos Nerd 27/07/18 às 14h52

capa do post 7 fatos bizarros que você não sabia sobre o corpo da Vampira

Dentre todos os grupos de herói da Marvel Comics, os X-Men sempre foram os mais populares. Antes de chegarem ao cinema, a equipe já havia conquistado um público fiel com suas histórias em quadrinhos e séries animadas. A popularidade apenas aumentou com os filmes, porém, ao longo das adaptações, os fãs sentiram falta de uma personagem específica: Vampira. A mutante esteve presente na primeira trilogia, mas ficou longe de ser retratada da melhor forma possível.

A heroína foi criada por Chris Claremont e Michael Golden em 1981, e teve sua primeira aparição em The Avengers Annual #10. No começo, Vampira fazia parte da Irmandade de Mutantes e levava uma vida criminosa antes de se juntar aos X-Men. Ela é uma das integrantes mais conhecidas da turma, assim como o princípio básico de seus poderes. Com o tempo, a personagem se tornou uma das mutantes mais queridas pelo público e peça fundamental para a equipe. Dando continuidade à nossa série de especiais sobre curiosidades do corpo dos heróis, chegou a hora de saber um pouco mais sobre Vampira.

1 - Absorção de poderes e memórias

Vampira tem um dos poderes mais tristes entre os mutantes. Sua pele, em contato com a de outra pessoa, tem a capacidade de absorver a energia vital dela. Para completar, quando ela toca em alguém com poderes, ela os reproduz. Se o toque durar por muito tempo, a pessoa pode morrer. No entanto, Vampira não consome apenas as habilidades, mas também as memórias. Enquanto os poderes adquiridos duram por tempo limitado, as lembranças obtidas são permanentes.

2 - Deixou sua paquera em coma

Vampira nasceu Anna Marie e por algum tempo conseguiu levar uma vida normal. Para sua infelicidade, seus poderes se revelaram muito cedo e de forma bem dolorosa: quando Anna e Cody Robbins, sua primeira paquera, se beijaram. O momento comum para a maioria das pessoas, se transformou em um pesadelo para a personagem. Assim que seus lábios tocaram os dele, o garoto caiu no chão. O beijo o colocou em coma permanente e aquela situação deixou Vampira traumatiza. A partir desse momento, ela começou uma constante batalha interna.

3 - O contato com Carol Danvers aprimorou seus poderes

Antes de entrar para os X-Men, Vampira passou um tempo sem saber o que fazer da vida. Ela vagou sozinha por um período e, por fim, se uniu à Irmandade de Mutantes. Em uma de suas missões, ela se deparou com os Vingadores e Carol Danvers, então Miss Marvel. A luta contra Carol mudaria completamente sua vida. Diferente de outras ocasiões, quando Vampira tocou em Carol, ela não absorveu seus poderes por tempo limitado, mas de forma permanente. A mutante adquiriu capacidade de voo, velocidade, força e durabilidade sobre-humanas e até o acréscimo do um sétimo sentido. A Vampira que conhecemos hoje surgiu a partir desse encontro. A heroína passou de uma mera mutante a uma das personagens mais fortes do universo Marvel.

4 - Quanto mais tempo o toque durar, pior para seu oponente

Em humanos comuns, um simples toque da Vampira é o suficiente para colocar em coma ou mesmo matar. Por outro lado, se o oponente for outro mutante ou tiver superpoderes, o contato precisa ser um pouco maior. Contudo, quanto mais durar o toque de Vampira na pessoa, pior para ela. Até mesmo para não-humanos. Ela é capaz de "sugar" toda a vida de qualquer um, basta tocar na pessoa por tempo suficiente.

5 - Pode absorver vários poderes de uma vez

Os poderes de Vampira podem apresentar conceitos simples, mas estão longe de ser isso. Eles vão muito além da capacidade de absorção das habilidades e memórias de outras pessoas. Vampira também consegue adquirir vários poderes de uma vez. Ou seja, em um combate, se ela tocar em cinco adversários, ela irá absorver a energia e poder de cada um deles e ainda será capaz de usá-los ao mesmo tempo. Até o momento, não há limites estabelecidos para a quantidade que ela consegue aguentar. Seu feito mais memorável aconteceu durante a saga X-Men: Second Coming. Na história, ela absorveu os poderes de Wolverine, Colossus, Arcanjo, Psylocke e X-23. Noturno quase entrou na lista, mas morreu antes do processo chegar ao fim.

6 - Consegue impedir ataques telepáticos

Graças ao seu contato com Miss Marvel, Vampira ganhou mais poderes, sendo um deles a resistência mental. Devido a permanência da psiquê de Carol Danvers em sua mente, é impossível alguém ler sua mente de forma telepática. Até mesmo os integrantes dos X-Men encontram dificuldades em escanear suas memórias e sentimentos. A existência de duas mentes dentro de si tornou o trabalho bem complicado.

7 - Invulnerabilidade foi conquistada com Magnum

Embora Vampira tenha transformado sua vida depois de entrar em contato com Miss Marvel, sua vulnerabilidade ainda era alta. Ou seja, num campo de batalha, ela poderia sofrer graves ferimentos e levar um tempo considerável para se recuperar. Entretanto, esse problema chegou ao fim após seu encontro com Magnum. Desde a absorção de seus poderes, sua durabilidade foi aprimorada drasticamente. Diferente de antes, Vampira passou a ter mais resistência contra vários tipos de armas. Seu tecido corporal ganhou longevidade e o tempo de cura aumentou consideravelmente. Com essa evolução, ela ficou praticamente imortal.


Próxima Matéria
Via   SR     Wikia  
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest