• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fatos nojentos sobre animais que você nunca ouviu falar

POR Isabela Ferreira    EM Mundo Animal      29/08/17 às 14h56

A natureza é composta por uma série de belezas, não é mesmo? Imaginar a imensidão e a diversidade que existe entre a fauna e flora dos mais diferentes países pode ser algo realmente revigorante. Quantos documentários existem abordando os hábitos e como vivem os mais diferentes animais por aí? Com certeza, um monte, mas muitos deles ainda esquecem de mostrar alguns mecanismos completamente estranhos que certos animais possuem.

Se nós, humanos, já temos algumas manias bizarras, imagine então como seria no mundo animal. Depois de ler esta matéria certamente irá encarar os animais aqui mencionados de uma forma diferente, mas isso não é algo ruim e apenas te faz abrir os olhos para o quanto a fauna pode ser maravilhosa e surpreendente. Confere aí!

1 - Pássaros que se excitam

Em algum momento da vida você já fez carinho na cabeça de um pássaro? Um periquito de estimação, talvez? Bom, acontece que para você isso não passa de carinho, mas para os pássaros, esse ato pode ser algo bem diferente e excitante... Grande parte deles considera "carícias" na cabeça como um ato sexual preliminar.

Você pode já ter reparado que depois que fez isso, o pássaro pode ter ficado ofegante ou algo similar, o que expressa sua excitação. Naquele momento eles passam a te enxergar como algo que poderia ser sexualmente útil, mas como sempre se frustram, podem acabar atacando.

2 - Secreções de castor

Temos uma notícia não muito agradável: é bem provável que você já tenha usado, de alguma forma, secreções anais de um castor. Mas como assim? Bom, trata-se de uma secreção oleosa glandular contida em um castor, utilizada para impermeabilizar seus pelos, porem, as glândulas secretoras se localizam nas genitálias do animal. Nunca vemos esse curioso ingrediente mencionado nas embalagens desta forma, mas são escritos como uma substa^ncia chamada "castóreo".

Há anos isso tem sido usado na composição de sorvetes de baunilha, em cigarros , e até mesmo em perfumes, para dar aquele suave toque adocicado. Atualmente é mais difícil encontrar o elemento em produtos do tipo, mas houve uma época que estava sempre presente, porem, é utilizado ainda principalmente por marcas de luxo.

3 - Sapos que fazem casa em meio a fezes

Já ouviu falar da rã ornamental de boca estreita? Bom, são originárias das savanas localizadas no sudeste asiático e costumam adotar como casa as folhas caídas de árvores, porém, na falta delas, se acomodam mesmo em meio a um monte de cocô de elefante.

A questão é que o local se torna uma excelente moradia para eles , visto que, muitos insetos caminham por ali e servem como seu alimento. Quando não existem os insetos, ainda se alimentam de algo que não foi muito bem digerido pelo elefante. Imagine só...

4 - Macacos que se masturbam

Esse é um ato praticado por muitas espécies de macaco, mas existe uma curiosidade em torno do macaco de proboscis, o famoso macaco narigudo: quando eles se sentem ameaçados ou ficam com raiva de algum outro indivíduo, eles começam a se masturbar na frente de quem os irrita, pulando para cima e para baixo, mostrando os dentes e tudo isso pode ser um sinal de ódio. Abrem as pernas e parecem fazer questão de que a "vítima" presencie o ato.

5 - Espirrar sangue dos olhos

Já ouviu falar nos lagartos de chifre? Pois bem, eles guardam uma habilidade que é no mínimo, assustadora. Quando se sentem ameaçados seu mecanismo de defesa faz com que eles sejam capazes de atirar sangue de seus olhos, que podem alcançar até 1,2 metros de distância.

Possuem músculos que podem simplesmente cortar o fluxo de sangue de algumas veias próximas dos olhos, fazendo com que o sangue possa ser direcionado pelo animal e disparado como se ele fosse uma pistola viva. Por mais que isso possa parecer um ato mortal - afinal, estão eliminando sangue - estudos mostram que poderiam fazer isso o dia todo sem se cansar ou realmente representar um riso para sua saúde.

6 - Defecar nos próprios pés

Como você se alivia em tempos de calor intenso? Toma um banho gelado? Um sorvete? Enfim... O que alguns pássaros são capazes de fazer para conter as altas temperaturas é realmente nojento. Aves como flamingos, cegonhas, condores ou abutres defecam nos próprios pés como uma forma de se manterem frios, e saem andando por aí como se estivesse tudo normal.

É um jeito bem estranho de lidar com o calor, mas acredite, para eles é tão comum fazer isso quanto suar. As fezes se tornam um pó branco depois de algum tempo, ajudando a combater o sol.

7 - Patos entediados se tornam canibais

A natureza de um pato não parece ser tão sombria assim. Em casos de tédio, seria muito fácil buscar um novo lago para nadar ou procurar por alimento, mas os patos que vivem em cativeiro, acabam desenvolvendo outros tipos de passatempo quando estão entediados, que incluem visitar seus companheiros e assassiná-los.

Existe um registro de um pato que pegou um dos ovos de uma outra pata em uma fazenda, o abriu e começou a bicar o patinho de dentro do ovo, que já estava completamente formado, tudo isso na frente da mãe... Bizarro!

E então pessoal o que acharam? Já conheciam alguns dos casos aqui mencionados? Sabem de alguma outra curiosidade nojenta sobre algum animal e que não foi citado em nossa lista? Compartilha com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+