• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fatos pouco comuns sobre psicopatas

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      07/10/19 às 17h07

De acordo com especialistas, a psicopatia está entre os distúrbios mentais mais difíceis de diagnosticar e detectar. Em suma, os psicopatas, na maioria das vezes, parecerem normais e, até mesmo, encantadores. No entanto, lhes faltam consciência e empatia, o que os tornam seres manipuladores, voláteis e, muitas vezes, criminosos.

Essas vertentes antagônicas, juntas, confundem e, consequentemente, iludem. Independente da personalidade de um psicopata, o distúrbio foi e segue sendo objeto de fascínio popular e angústia clínica.

De acordo com estudos, estima-se que os psicopatas incidem entre 1 a 3% da população. Ou seja, em um mundo onde vivem 7,2 bilhões de pessoas, temos, ao menos, 70 milhões de psicopatas entre nós. No Brasil, por exemplo, onde somos 207.516.998 temos, há entre nós, 207.517 mil psicopatas.

Por ser sempre um tema polêmico, é preciso aprofundar. Por esse motivo, conheça 7 fatos sobre o universo dos psicopatas.

1 - A diferença entre psicopatas e sociopatas

Os sociopatas tendem a estar nervosos e facilmente agitados. Basicamente, eles são voláteis e propensos à explosões emocionais, o que inclui, por exemplo, ataques de raiva. Além disso, é provável que não sejam educados e vivam nas margens da sociedade, sendo indivíduos incapazes de manter um emprego estável ou de ficar em um lugar por muito tempo. Já os psicopatas, embora muitas vezes tenham personalidades sedutoras, são incapazes de formar vínculos emocionais ou de sentir empatia real com os outros. Em suma, são muito manipuladores e podem facilmente conquistar a confiança das pessoas. Diferente dos sociopatas, os psicopatas são, muitas vezes, bem educados e conseguem, facilmente, manter empregos estáveis.

2 - Connecticut é o estado com mais psicopatas nos Estados Unidos

De acordo com um estudo, da Southern Methodist University, no Texas, Connecticut tem mais psicopatas do que qualquer outro estado americano. O estado, em suma, tem a maior porcentagem de pessoas com traços de personalidade psicopática, incluindo desinibição, ousadia e maldade. O estudo analisou os níveis dos traços de personalidade dos "Big Five", que são ??extroversão, neuroticismo, simpatia, consciência e abertura à experiência, em 48 estados.

3 - O psicopata no local de trabalho

As posições de liderança nos negócios são notoriamente ocupadas por psicopatas. Seu carisma constrói redes profissionais e, como manipuladores habilidosos, eles podem convencer as pessoas a investir ou acreditar em seus objetivos. Apesar da normalidade, sua natureza tóxica geralmente aparece no local de trabalho. Por isso, se você sentir que está sendo micro-gerenciado, você provavelmente está. Como evitar tal situação? Bom, você deve, sempre, demonstrar tranquilidade e nunca deve mostrar sinais de intimidação.

4 - Tríade sombria

A tríade sombria da personalidade é composta pelo maquiavelismo, psicopatia e narcisismo. Apesar de cada traço apresentar singularidades, no maquiavelismo, destaca-se a orientação e o planejamento estratégico. Já no narcisismo, tem-se a superioridade e grandiosidade. Por fim, na psicopatia, nota-se o comportamento antissocial e um reduzido remorso. A tríade apresenta relações com uma série de variáveis, como sexo, amor, sucesso acadêmico, autocontrole, relacionamentos sociais e uso de drogas lícitas e ilícitas. Em suma, a tríade sombria da personalidade, na maioria das vezes, está presente em grande parte dos psicopatas.

5 - Psicopatia e heroísmo

Heróis e psicopatas podem ter algo em comum: um pouco de altruísmo. A constatação pode parecer incongruente, dado que a falta de empatia com os outros é uma característica chave da psicopatia, que também é marcada pela impulsividade, charme superficial e falta de remorso. Em 2005, por exemplo, um empresário australiano, que salvou mais de 20 pessoas do tsunami do Oceano Índico, na Tailândia, foi preso por assalto e roubo ao voltar para casa. Foi exatamente esse comportamento contraditório, que incentivou pesquisadores a examinarem as ligações entre traços de personalidade psicopática e heroísmo. Em dois estudos, com alunos de graduação, envolvendo um total de 243 voluntários em um deles, 457 adultos recrutados on-line no outro, algumas observações foram feitas. Em suma, os pesquisadores pediram às pessoas para preencher questionários sobre seus atos heroicos. Os resultados revelaram que ter, pelo menos, dois traços psicopáticos está ligado ao comportamento heroico.

6 - Mulheres psicopatas

Todos os psicopatas são muito narcisistas. No entanto, a maneira pela qual esse narcisismo é expresso, é diferente para homens e mulheres. As psicopatas mulheres são diferentes. Elas estão mais disfarçadas sobre suas tendências narcísicas. Elas sorriem e elogiam cara a cara. Os psicopatas masculinos tendem a mostrar sua agressividade comportamental. Eles participam de agressões físicas, abusam de animais ou cometem crimes violentos. As psicopatas do sexo feminino tendem a mostrar sua agressão por meio das relações. Elas espalham fofocas sobre você no trabalho e o fazem duvidar da sua própria sanidade.

7 - Psicopatas não entendem o que é castigo

Psicopatas parecem processar informações sobre castigo e recompensa, de uma maneira diferente do resto das pessoas. A maioria das crianças passa por uma fase de bater ou morder outras crianças, mas, em algum momento, aprendem que é um comportamento inapropriado que será punido. Os psicopatas, porém, parecem relativamente inabaláveis com a punição, o que os torna muito difíceis de administrar.

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens List Verse
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+