• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fatos que provam que você foi mimado pelos seus pais

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      19/09/19 às 15h13

Para muita gente, ter um filho é um grande sonho. Em contrapartida, quando o tão esperado momento acontece, a primeira reação de todo papai e mamãe, de primeira viagem, é mimá-lo. Até aí, tudo bem, não? Entretanto, o problema mesmo surge quando o amado filho(a) cresce e se torna um bebezão mimado. Nesse momento, no qual seu filho(a) precisa tornar-se independente, os mimos dados, muitos vezes, não ajudam em nada.

De acordo com alguns pesquisadores, devido aos mimos, o filho acaba se tornando uma pessoa egoísta e que, consequentemente, quer tudo de mão beijada. Sim, sabemos que receber carinho é extremamente relevante. Porém, a maioria das pessoas acaba confundindo afeto com mimo.

Por esse motivo, admitir ser uma pessoas infantil é muito difícil, principalmente, por volta dos 18 aos 30 anos. Você se acha uma pessoa infantil? Uma pessoa mimada? Não sabe dizer? Sem problema, destacamos, aqui, 7 comportamentos que podem ser encontrados na nova geração de pessoas mimadas. Veja se algum deles está enraizado em você.

1 - Mimados só querem fazer o que têm vontade

Em suma, a pessoa, quando mimada, se move com a certeza de que sempre há alguém pronto para protegê-la, socorrê-la, salvá-la, resgatá-la, etc. Tal sensação elimina o fator da responsabilidade. Nesse ínterim, a pessoas mimada acredita que pode fazer qualquer coisa, pois tudo acabará bem.

2 - Mimados não sabem o nome dos porteiros do prédio

Por geralmente serem pessoas auto centradas, os mimados não têm interesse por aquilo que não faz parte de seu universo particular. Geralmente, o mimado perdeu a curiosidade e, consequentemente, perdeu o interesse também. Por exemplo, se uma pessoa, que é extremamente mimada, vive em um prédio, geralmente, essa pessoa não sabe o nome dos vizinhos e muitos menos dos porteiros e de outros funcionários, que trabalham ali.

3 - Mimados não limpam a própria sujeira

A filha suja, a mãe vai lá e limpa. O rapaz dorme, a empregada chega e arruma a cama. Se não tem lixeira por perto, a pessoa joga o lixo na rua mesmo.

4 - Mimados buscam conforto a todo custo

Mesmo morando sozinho e mesmo não dependendo financeiramente dos pais, o mimado ainda sente a necessidade de receber certos mimos. Por quê? Bom, acredita-se que o conforto excessivo entorpece. Além disso, mesmo com toda a possibilidade de viver uma vida confortável com autonomia, os mimados preferem viver uma vida tranquila, que não envolva condições desafiantes.

5 - Mimados são reféns de "gosto" / "não gosto"

Mimados não gostam disso e nem daquilo. Mimados afirmam, de antemão, que não bebem ou comem tal coisa, mesmo sem nunca terem provado. Em suma, o mimado é sempre refém do "gosto apenas disso" e "odeio aquilo". Se você é do tipo, que diz que não gosta de uma comida, sem nunca ter experimentado, sinto lhe informar, mas você cresceu sendo mimado.

6 - Mimados nunca sabem o que querem da vida

Geralmente, as pessoas, que são mimadas, perdem tempo com distrações. Além disso, muitas vezes, patinam entre mil opções. Ainda que consigam tirar muito da vida, pouco têm a oferecer.

7 - Mimados só assistem pornô sozinhos

A masturbação é uma prática saudável, especialmente na adolescência, quando os jovens estão descobrindo seus corpos e como funciona o prazer. Porém, o que é bastante saudável na adolescência, deveria ganhar outro enfoque, quando se vira adultos. Se temos o hábito de ficar apenas 'nos agradando', focando apenas em nossas sensações, é isso que vamos continuar fazendo diante de outra pessoa num relacionamento. Em especial, no âmbito sexual. Isso inclui o que se faz, se vê e tudo que se deseja fazer.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+