• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 fenômenos no mundo que a humanidade só viu uma vez na história

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      26/03/20 às 11h19

Diversas coisas diferentes estão acontecendo no mundo nesse exato momento. Pessoas estão realizando atividades que nós sequer imaginamos. Para se ter uma noção da variedade de coisas acontecendo, podemos pensar que, nesse exato momento, alguém está morrendo. Por outro lado então, várias vidas estão nascendo agora. Casamentos acontecendo, crianças brincando, pessoas acordando etc. No entanto, não são somente os humanos, que estão a todo momento fazendo algo. O nosso planeta também age assim, de forma independente o tempo todo. Alguns feitos entraram para a história. São eventos que mudaram o rumo das coisas e se você tiver muita sorte, poderá ver de novo um dia.

Existem diversos desses eventos, que marcaram a história da humanidade. Sejam eles realizados pelo homem ou naturais do nosso planeta. Descobertas, guerras e fenômenos da natureza são alguns exemplos. Embora muitas vezes os acontecimentos mais importantes ofusquem os menores, todos têm sua importância. Todos causam certo impacto na pesquisa científica e na vida das pessoas. Pensando nisso, resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, alguns fenômenos no mundo que a humanidade só viu uma vez. Confira conosco.

Eventos no mundo que a humanidade só viu uma vez

1 - O Rio Mississipi correndo em sentido contrário

Esse foi um dos eventos que mais chocaram o mundo. Esse é o rio mais famoso dos Estados Unidos e o quarto mais longo do mundo. Embora seja um fenômeno estranho, o seu curso mudou, como resultado da passagem do furacão Isaac, em 2012. Esse furacão ainda provocou o aumento de 2,5 metros no nível do rio em relação ao normal.

2 - Sinais alienígenas

Em 1977, um telescópio, chamado The Big Ear (A Grande Orelha), recebeu um sinal sonoro do espaço. Esse era muito mais forte do que costumava captar. O radioastrônomo, Jerry Ehman, após avaliar o relatório dos dados obtidos pelo telescópio, detectou algo incomum. Estava assinalado de vermelho. Diante disso, registrou sua surpresa. Seria isso um sinal alienígena? Será que estamos sozinhos no mundo... no universo?

3 - O evento de Carrington

Esse fenômeno aconteceu em 1859, e também é conhecido como Tempestade Solar. É considerado um dos eventos climáticos espaciais mais extremos da história. Partículas do Sol colidiram com o campo magnético da Terra. Isso causou uma espécie de aurora boreal. No entanto, diferente das auroras, o evento de Carrington foi muito mais violento. As luzes foram vistas em vários lugares do mundo ao mesmo tempo.

4 - Visita de sonda espacial a Urano

Em 1986, a NASA conseguiu se aproximar pela primeira vez de Urano. Isso, graças à sonda espacial Voyager 2. urano é o planeta mais frio do Sistema Solar, mesmo não sendo o mais distante do Sol. Até hoje, o mundo só viu isso acontecer uma vez e espera-se que haja outras missões assim para esclarecer mais sobre o lugar.

5 - West, o cometa de duas caudas

Esse cometa cruzou os céus no dia 26 de agosto de 1995, e deixou um enorme rastro brilhante. Composto por gelo, rocha e poeira, os cometas se desintegram aos poucos. Eles costumam possuir uma longa cauda composta por poeira e gases, que se queimam. No entanto, o West possuía duas caudas que eram muito mais brilhantes do que outros cometas. Esse foi um evento raro, que o mundo só viu uma vez.

6 - Catarina, único furacão no Atlântico Sul

Esse foi o único furacão a atingir a América do Sul na história. Para ser mais específico, ele chegou na costa do estado de Santa Catarina, aqui no Brasil. Foi um furacão de categoria 1, com ventos de 120 a 150 quilômetros por hora.

7 - Evento de Tunguska

Essa expressão é usada para designar uma explosão, que aconteceu em 1908, perto do rio Tunguska, na Sibéria, Rússia. Teorias dizem que essa explosão aconteceu por causa de um meteorito que penetrou a atmosfera. Segundo os contos, ele teria explodido antes de atingir o solo, o que liberou uma energia equivalente a 185 bombas de Hiroshima. Esse fenômeno queimou a vegetação, matou animais e, até hoje, nenhuma árvore cresceu nessa área.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comente então pra gente aí embaixo, pois o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Via   Incrivel Club  
Imagens Tricurioso
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+