icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 festas no mundo que são apenas para as pessoas fortes

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      13/05/19 às 16h39
capa do post 7 festas no mundo que são apenas para as pessoas fortes

O brasileiro ama os feriados e isso não é nenhuma novidade para ninguém. Todos os anos, quando um reveillon se aproxima, já caçamos um calendário novo para descobrir quantas folgas teremos no novo ano útil. Se descobrimos que o novo ano terá mais meses sem feriado do que com feriados, já vivemos uma breve depressão pré-novo começo. A sensação de felicidade fica mais forte quando o feriado está logo na próxima esquina. Não existe alegria mais plena do aquela de quando começamos uma semana sabendo que estaremos de folga um dia mais cedo, no fim de semana.

Mas o feriado pode não ser somente um momento de descanso. Existem aquelas datas que as pessoas podem se cansar mais ainda nos feriados. E tem aqueles feriados que têm tradições que podem parecer bizarras e podem ser apenas para pessoas fortes. Falamos algumas delas aqui.

1 - Dia dos mortos congelados

No primeiro fim de semana de março, várias pessoas de Nederland, no estado americano do Colorado, se reúnem para comemorar a morte de um homem. O fato aconteceu em 1989. Chamado Brad Morstul, o homem morreu na Noruega, mas seu neto, que era interessado em criogenia, se recusou a enterrar o corpo do avô. Ele levou o corpo até Nederland e o congelou no seu próprio celeiro.

Quando as pessoas descobriram o corpo, elas queriam que o neto enterrasse o avô propriamente. Mas o caso ganhou uma grande repercussão e o homem recebeu vários apoiadores. Foi aí que as autoridades perceberam que poderiam lucrar com turistas com o caso. Desde então, várias pessoas vão à cidade visitar o celeiro, descer em caixões e nadar na água congelada.

2 - O Festival de Famadihan

Cuidar do túmulo dos parentes é uma coisa que várias pessoas fazem ao redor do mundo. Mas os moradores de Madagascar fazem mais do que isso. Uma vez a cada sete anos, os moradores de Famadihan pegam os corpos de seus parentes mortos dos caixões, dançam com eles, fazem procissões e festas.

Eles fazem isso porque acreditam que a alma do homem não deixa esse mundo até que o corpo esteja completamente destruído. E enquanto os corpos dos vivos estão em seus túmulos, eles têm que mostrar respeito e cuidar de seus corpos.

3 - Dia dos mortos e seus patronos

Esse festival vudu é comemorado no Haiti, no começo do novembro. Eles glorificam o santo padroeiro de todos os mortos e sua esposa. Segundo a mitologia haitiana, eles são espíritos que vivem entre o mundo dos mortos e dos vivos e ajudam os mortos a transcender.

No dia da comemoração, os haitianos onde organizam uma celebração decorada com caveiras e velas. Eles cantam músicas de vudu, dançam, bebem e alguns participantes até entram em transe.

4 - Dia dos crânios

Esse festival é comemorado na Bolívia em novembro. Os bolivianos levam seus crânios humanos para as ruas e fazem procissões com eles. Eles enfeitam os crânios com chapéu de palha e flores. E alguns crânios tem cigarros na boca.

Sem ser no dia do feriado, os crânios ficam guardados nas casas das pessoas em caixas de vidro e altares improvisados. E alguns desses restos mortais são passados de geração a geração, mas eles também podem ser comprados em lojas especializadas.

5 - Sábado francês

Ele pode ser considerado como um halloween francês. O festival é realizado na cidade de Shalindre. Segundo a lenda, foi lá que o demônio Fulleth, o patrono das bruxas, viveu durante a Idade Média. Nas noites de 28 e 29 de outubro, vários espíritos malignos se reuniam na colina onde ele morava.

Poucas pessoas acreditam nessas histórias, mas mesmo assim, os franceses organizam uma celebração nesses dias. Eles usam maquiagem de monstros, vestem fantasias e se reúnem na praça onde filmes de terror são passados.

6 - Festival do espírito faminto

Este festival é feito por diásporas chinesas em vários países no dia 15 do sétimo mês do calendário lunar. O que eles acreditam é que nesse dia a passagem está aberta entre o céu, o inferno e o mundo dos vivos.

Na celebração, os chineses queimam comida, roupas e joias que são feitas de papel machê. Além de fazerem procissões impetuosas ao redor da cidade, eles colocam miniaturas de barcos em chamas na água.

7 - Dia dos mortos vivos

Esse feriado é comemorado no dia 29 de julho, no noroeste da Espanha. Eles honram as pessoas que sobreviveram da morte clínica. Aquelas pessoas que antes estavam à beira da morte, mas conseguiram sobreviver. Estas são colocadas em caixões e vão em uma procissão até a igreja.

Uma missa é feita sobre eles e depois acontece uma "ressurreição" improvisada, onde os mortos se levantam e recebem congratulações de seus entes queridos. O encerramento do feriado é uma festa. E os participantes agradecem à Santa Marta de Ribartem, que é a padroeira dos ressuscitados.


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest