• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 filmes para toda a família assistir mas que acabaram sendo banidos

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      11/11/19 às 19h02

Gente, não há alegria maior do que ver um trailer e ficar empolgado até a estreia, para assisti-lo no cinema, não é verdade? A gente sabe que, afinal, todo mundo chega antes de um filme começar só para ficar atento nas promoções dos filmes que estão por vir. Mas e quando chega o tão esperado momento e o filme é proibido por um motivo estúpido?

Sim, desculpe a palavra, mas não tem outra. Além disso, dentro de pouco, você vai entender do que estamos falando. Em suma, alguns dos filmes, que vamos citar agora, você até pode ter assistido aproveitando todo o conforto que uma sala de cinema oferece. Em contrapartida, as produções, mesmo sendo inocentes aos nossos olhos, foram proibidas em alguns países.

Confira agora, quais são os filmes.

1 - Os irmãos Marx

Em suma, eles são malucos, excêntricos, escandalosos e maliciosos. Nascidos em Nova York, se tornaram os mais famosos irmãos da comédia. Filhos de imigrantes judeus, Chico, Zeppo, Harpo e o líder Groucho invadiram primeiro os palcos, e depois, as telas. Entre 1905 e 1949, eles fizeram treze longas-metragens, vários dos quais são considerados os mais hilários de todos os tempos. Entretanto, entre 1933 e 1945, toda a filmografia foi proibida na Alemanha. O motivo? Basicamente, por serem judeus. Além da Alemanha, a Itália também foi outro país que proibiu uma das produções dos irmãos. Em 1933, o primeiro-ministro Benito Mussolini viu o filme "Duck Soup" como um ataque pessoal. Além disso, a Irlanda, em 1931, proibiu o filme "Monkey Business" por parecer estar promovendo o anarquismo.

2 - Bela e a Fera, 2017

O Kuwait e a Malásia, ambos muçulmanos, proibiram o filme por possuir nuances homossexuais. Oi? Em suma, o filme, estrelado por Emma Watson, a Hermione de "Harry Potter", acabou causando polêmica, entre vários grupos religiosos no mundo todo. Basicamente, de acordo com informações divulgadas pela imprensa, tais grupos ficaram incomodados com o personagem Le Fou, o companheiro inseparável do vilão Gastón. Tudo devido a sua caracterização dúbia.

3 - The Barnyard Battle, Disney

A Alemanha censurou o curta The Barnyard Battle. Produzido em 1929, o curta retrata um exército de gatos, lutando contra um exército de ratos. Nesse ínterim, a Alemanha proibiu a produção porque o arnês dos gatos se assemelha a um capacete militar alemão, conhecido como "pickelhaube". Além disso, essa não foi a única produção a ser proibida. Tanto o Reino Unido quanto a Alemanha proibiram o curta The Mad Doctor, por seus elementos de horror.

4 - Pequenas mulheres

Em 1998, a atriz Claire Danes disse que Manila, a capital da Filipinas, tinha cheiro de baratas e de ratos. De acordo com informações, divulgadas pela imprensa, a atriz havia feito várias outras observações depreciativas sobre a cidade. Por esse motivo, o governo filipino declarou-a "persona non grata" e proibiu todos os filmes estrelados por ela. Até "Little Women", um de seus filmes mais bem avaliados de todos os tempos, foi proibido. Embora tenha se desculpado por seus comentários, a proibição permanece em vigor.

5 - A Grande Aventura de Barney

Em 1998, a Malásia proibiu o filme por ser "inadequado às crianças assistirem". Em suma, pais e educadores, há muito, criticam o personagem Barney porque o mesmo, supostamente, oferece às crianças "um mundo unidimensional em que todos devem ser felizes". No entanto, embora o personagem Barney norteie tal viés, não se sabe exatamente o porquê do filme ser visto como "inadequado".

6 - Abominável

O Vietnã, as Filipinas e a Malásia proibiram "Abominável", um filme da DreamWorks Animation, que mostra as aventuras de um Yeti e de uma garota aventureira. Por quê? Em suma, a produção apresenta um mapa, mostrando as reivindicações da China, na parte disputada do Mar da China Meridional. Vários países, incluindo Vietnã, Malásia, Brunei e Filipinas, reivindicam essa área.

7 - De Volta para o Futuro

Analogamente, a China proibiu "De Volta ao Futuro", simplesmente, porque o filme fala sobre viagens no tempo. De acordo com a Administração Estatal de Rádio, Cinema e Televisão do país, o filme trata um assunto sério de uma maneira frívola, e que não deve ser encorajada. Por favor, para, né? A proibição pode não fazer muito sentido, mas…

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens Isto É
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+