7 filmes que tiveram momentos completamente diferentes em outros países

POR Hanier Maciel    EM Fatos Nerd      25/01/18 às 13h27
foto de destaque

Algumas situações que são normais no ocidente, não são comuns no oriente. Com a diversidade de culturas no mundo, algumas cenas apresentadas nos filmes ocidentais podem ser consideradas controversas ou confusas e precisam de modificações do outro lado do mundo. A China é um exemplo claro desta prática. Boa parte dos filmes estadunidenses lançados lá são alterados de alguma forma, mudando um contexto de uma cena ou outra.

As vezes as mudanças são simples, como uma tradução ou alteração pequena. Existem, também, piadas que são regionais de um país, e precisam ser adaptadas. Quer ver só? A Fatos Nerd listou para vocês 8 filmes que tiveram momentos completamente diferentes em outros países:

1 - Homem de Ferro 3 teve uma cena extra na China

O terceiro filme do Homem de Ferro foi um co-produção da Marvel com a produtora chinesa DMG Entertainment, e isso fez com que os chineses recebessem mais 4 minutos de filme no país. As cenas tinham o objetivo de atrair mais audiência do mercado chinês, e tiveram foco em Dr. Wu. Uma delas mostra o médico conversando com Jarvis e, em outra, ele faz acupuntura em Tony Stark. Pois é, não são lá muito relevantes...

2 - O Iluminado: Os manuscritos de Jack tiveram outros significados em alguns países

Depois da icônica frase "Here's Johny", outra muito conhecida de O Iluminado é "All work and no play makes Jack a dull boy" - algo como "Muito trabalho e pouca diversão faz de Jack uma criança chata" -, escrita pelo personagem de Jack Nicholson no auge da sua loucura.

Em alguns países europeus a frase foi digitada com um contexto completamente diferente. Na Alemanha virou "Nunca faça amanhã o que pode ser feito hoje", ao passo que, na Espanha, foi alterada para "Não importa o quão cedo você se levanta, nunca poderá fazer o sol nascer mais cedo". Já na Itália foi traduzido como "A manhã tem ouro na boca". Nenhuma das frase, entretanto, tem o mesmo impacto da versão original dentro do contexto do filme.

3 - Toy Story 2: O discurso de Buzz foi alterado em alguns países

Em Toy Story 2, Buzz abraça o patriotismo americano e faz um discurso inspirado aos seus colegas brinquedos, com direito ao hino americano de fundo. No resto do mundo, a cena foi apresentada ao som de One World Anthem, de Randy Newman, sem a demonstração de patriotismo da original. A bandeira também foi substituída.

4 - Capitão América 2: A lista de Steve Rogers foi alterada

Para se adaptar ao mundo contemporâneo, o Capitão América faz uma lista de coisas que ele ainda precisaria ver: assuntos relevantes que aconteceram no mundo durante o período que esteve congelado. A lista contia 10 títulos e em certos países algumas delas foram alteradas. Para o público do Reino Unido, a lista contia ver a final da Copa do Mundo de 66 e conhecer os Beatles. Na Coréia do Sul, a lista de Rogers incluía Oldboy, Dance Dance Revolution e o ex-jogador Park Ji-sung. No Brasil, claro, o Capitão Referência anotou Chaves, Mamonas Assassinas, Xuxa, Wagner Moura e o piloto Ayrton Sena.

5 - Abismo do Medo: O final original era muito forte para os EUA

Na versão britânica, o final do filme apresenta uma falsa ilusão de que a personagem Sarah tinha conseguido escapar da caverna. Logo depois, entretanto, revela-se que era apenas um sonho, e que, na verdade, a mocinha ainda estava presa na caverna. A versão estadunidense fica só mesmo na ilusão, o que dá um "final feliz" para a personagem.

6 - Procurando Dory: Diferentes narrações

No original, a narradora do Instituto de Vida Marinha é Sigourney Weaver. Apesar de ser conhecida no mundo todo, a narração da atriz foi substituída por celebridades locais em alguns países. Na França, a narradora foi a famosa âncora Claire Chazal, enquanto no México foi o astronauta Rodolfo Neri Vela. Aqui, quem deu as honras foi a apresentadora e jornalista Marília Gabriela.

7 - Zootopia: Âncoras locais

O mundo de Zootopia é povoado por animais. Na animação, os animais também apresentam jornais, e a Disney decidiu que seria interessante mudar os bichinhos de acordo com os animais nativos de cada país. Na Nova Zelândia e na Austrália, o animal é um coala, no Japão, um cão-guaxinim japonês e, no Brasil, um jaguar.

Gostou da lista? Curta e compartilhe com os seus amigos!


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   WC  
Imagens WC LS CL OFA WH AS AC MM
avatar Hanier Maciel
Hanier Maciel
Um jornalista pseudo-cinéfilo com mil filmes preferidos, fã incondicional de Friends e quase sempre de mau humor!
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+