icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 finais secretos de filmes que você nunca conheceu

POR PH Mota EM Entretenimento 02/09/16 às 19h35

capa do post 7 finais secretos de filmes que você nunca conheceu

A experiência de assistir a um filme só é completa com todos os elementos da obra, começo, meio e fim. Com base nisso, imagine o seu filme favorito com o final completamente diferente. Será que você ainda gostaria dele da mesma forma? A forma como uma história é concluída depois de todo o desenvolvimento da trama pode ser definitiva para tornar o filme perfeito ou horrível para cada um. Conforme o espectador se relaciona com a história e constrói expectativas em relação aos personagens, uma esperança de final também é construída na mente.

Alguns filmes tinham finais completamente diferentes em seus roteiros originais e foram mudados de última hora, já durante as gravações. Em outros casos, a equipe de produção grava diferentes finais e só decide qual utilizar nas salas de edição, durante os processos de pós-produção. Nessas situações, os próprios atores podem não conhecer a versão do filme, até que eles mesmo assistam as versões durante estreias e pré-estreias.

Confira alguns dos filmes mais famosos do cinema que tiveram finais alternativos descartados que poderiam mudar completamente a compreensão do filme.

1 - O Iluminado

Ao fim de O Iluminado, de Stanley Kubrick, o personagem Jack Torrance, interpretado por Jack Nicholson, morre congelado enquanto sua mulher e filho escapam de seu desejo sobrenatural de matá-los. No final secreto, visto apenas por alguns espectadores da primeira versão do filme, Wendy e Danny aparecem em recuperação num hospital, quando se encontram com o dono do hotel em que estava. Ele diz à mulher que tudo que ela viveu foi uma alucinação e entrega ao menino uma bola, assim como uma que ele já havia visto na porta de um dos quartos do prédio, sugerindo que ele tinha alguma ligação com tudo de estranho que acontecera no filme.

2 - Eu Sou a Lenda

Na versão que chegou ao cinema, Dr. Robert Neville - personagem de Will Smith - utiliza uma bomba para explodir a si mesmo e uma porção de monstros, deixando a cura em segurança com os sobreviventes que conheceu. Apesar disso, existe um outro final para a história. Nessa versão, os vilões entram no laboratório do doutor e recuperam o corpo da mulher mantida para pesquisa e simplesmente vão embora. Nesse momento, o personagem percebe que apesar de se ver como um sobrevivente guerreiro, é visto como o mesmo monstro assassino para as criaturas do outro lado.

3 - Os 7 Suspeitos

O filme de 1985 adapta o consagrado jogo de tabuleiro Detetive para os cinemas. Com um conceito inovador, o filme foi lançado nas salas de cinema com três finais diferente. Ao fim de uma trama de investigação de um crime realizado dentro de uma mansão, o verdadeiro assassino era revelado. Entretanto, dependendo da sala de cinema em que o espectador estivesse, poderia conhecer uma versão diferente do final da história. Por anos, os finais alternativos foram secretos e só vistos por quem conseguiu visitar várias salas de cinema, mas a versão de televisão e vídeo acabou trazendo todos os finais na mesma história, mostrando que o desfecho poderia ser feito de diferentes formas.

4 - Efeito Borboleta

O final de Efeito Borboleta visto nos cinemas mostra Evan (Ashton Kutcher) voltando no tempo para impedir que ele conheça o amor de sua vida e evite todos os problemas que teve contato nas linhas do tempo que conheceu durante toda a história. Numa versão alternativa, no entanto ao invés de ignorá-la ao cruzar seu caminho no futuro, ele convida a garota para tomar um café. Existe ainda uma terceira versão que eles não conversam, como na original, mas ele acaba a seguindo na rua, deixando em aberto se algum dia realmente estabelecerão contato.

5 - Seven: Os Sete Crimes Capitais

Ao fim de Seven, do Detetive Mills, interpretado por Brad Pitt, ignora seu parceiro e assassina John Doe, serial killer responsável pelos crimes cometidos ao longo de toda a história. Numa versão alternativa criada pelo diretor David Fincher, quem mata o criminoso é Somerset, personagem de Morgan Freeman, para evitar que o detetive mate um suspeito e arruíne sua carreira.

6 - Star Wars: Episódio VI - O Retorno do Jedi

De acordo com o produtor Gary Kurtz, a primeira versão do roteiro de O Retorno do Jedi, o mercenário Han Solo deveria morrer durante uma ataque a uma base do Império. Apesar disso, George Lucas desistiu de manter a versão com medo de causar um impacto negativo nos números de vendas de produtos de merchandising ligado ao personagem. Por causa disso, o filme termina numa festa dos rebeldes, sem a necessidade de despedida de um dos personagens principais da trama.

7 - Titanic

Ao invés de mostrar Rose em idade avançada jogando seu colocar no mar, Titanic tinha um final alternativo. Depois de narrar todos os acontecimentos de acidente que matou milhares de pessoas mas a permitiu sobreviver, Rose não decide abrir mão de sua joia de uma forma emocional. Ao invés disso, a mulher decide fazer um discurso emocionante sobre o valor da vida para cada pessoa, fechando a história com uma mensagem diferenciada da que conhecemos na versão do cinema.

Qual desses finais secretos você prefere? Será que algum deles é melhor do que as versões que chegaram às salas de cinema? É preciso muita coragem de diretores para descartar ideias e amarrar uma história sem certos elementos, mas o sucesso dos filmes mostra que as escolhas parecem ter sido certas.


Próxima Matéria
avatar PH Mota
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest