• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 formas inesperadas de se desfazer do seu corpo após a morte

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      06/09/19 às 16h10

Embora a morte seja um fato, e todos nós vamos morrer um dia, geralmente, as pessoas não pensam muito sobre isso.  E menos ainda, o que será do seu corpo após a sua partida. Para muitos, a morte pode ser uma ocasião solene, uma passagem espiritual, muito mais complexa, mas ainda assim existem questões mundanas do que fazer com o seu corpo.

As formas mais comuns de se fazer isso são enterrando ou cremando o corpo, o que quase todo mundo faz. Mas, existem muitas outras formas de se desfazer de um corpo. Algumas delas são mais limpas, por assim dizer, sustentáveis, econômicas e até peculiares. Você já pensou sobre o que fazer com o seu corpo depois que você morrer? Quem sabe você não encontra novas opções.

Mas, é claro, que isso não será uma tarefa tão simples quanto enterrar ou cremar um corpo, seja qual for o outro método que você tente. Mas se você quer inovar, talvez, seja interessante considerar essas opções. Confira 7 formas inesperadas de se desfazer do seu corpo após a morte.

1 - Flutuar no espaço

Se, quando criança, o seu sonho sempre foi ser um astronauta e não conseguiu tornar esse sonho realidade talvez essa opção seja interessante para você. Imagine passar a eternidade como uma partícula de poeira espacial. Legal, não é mesmo? E bem possível. Por cerca de US$ 2.500, você pode ter os seus restos mortais cremados, enviados para o espaço. No caso, as suas cinzas seriam colocadas em uma "cápsula de cinzas" personalizada. Depois, a cápsula será levada ao espaço por um satélite e solta no cosmo, flutuando para sempre.

2 - Se tornar um diamante

Sim, é possível se tornar uma joia após a morte. Nesse caso, o carbono é extraído dos seus restos mortais e, então, passam por um processo de customização. Sob alta temperatura e pressão, o procedimento age comprimindo o material dentro da Terra. Depois de algumas semanas, o diamante pode ser cortado e polido, se tornando uma linda joia. Geralmente, os diamantes resultantes desse processo são de coloração azul, mas também podem ter outras cores. E, assim como as pessoas, cada diamante tem suas características únicas.

3 - Cremado na água

A ressomação é uma espécie de cremação na água. O processo é basicamente uma dissolução dos restos humanos em uma solução alcalina à base de água. O corpo da pessoa é colocado em um vazo pressurizado, que contém hidróxido de potássio e é aquecido a 152 °C. Essa é uma opção que gasta menos energia e produz bem menos emissões de gases, ou seja, é uma opção melhor para o meio ambiente. Por fim, o esqueleto de base é entre as famílias, que então, podem se desfazer como preferirem dos restos decompostos.

4 - Virar gelo

Existe um método de decomposição, que envolve secar os restos mortais por congelamento. Isso mesmo. Esse método envolve nitrogênio líquido para secar por congelamento o cadáver, e assim, extrai toda a água, que corresponde a 60% do corpo humano. Nesse processo, os corpos seriam congelados a aproximadamente -200°C até ficar totalmente quebradiço. Assim, eles passariam por um processo de ondas sonoras até virar pó. Esse pó seria coletado e entregue a família.

5 - Virar árvore

Se você quiser se transformar em algo útil, após a morte, o que seria melhor do que uma árvore? Ao invés de ser enterrado em um caixão comum, você poderia ser enterrado em um "ovo" biodegradável e se transformar em adubo para nutrir uma árvore. Esse ovo se decompões depois do enterro e fornece todos os nutrientes necessários para uma muda crescer.

6 - Virar um manequim

Se você busca por uma opção mais peculiar, você pode se tornar um manequim de exposição. Desde sempre, houve a possibilidade de doar o corpo para a ciência, mas também há a possibilidade de se tornar uma das figuras anatômicas plastinadas de Gunther von Hagens. O anatomista alemão foi quem inventou a técnica de plastinação, que preserva tecidos biológicos. A técnica, usada para isso, remove todos os fluidos corporais e gorduras solúveis do tecido, substituindo-as por injeções de plástico, que são inseridas a vácuo, nas células vazias do tecido. Assim, elas se tornaram um material endurecido. Foi uma forma que von Hagens encontrou de preservar espécimes anatômicas. Pode ser um pouco bizarro, mas tem gosto para tudo.

7 - Virar fogos de artifício

A morte pode ser algo triste, e funerais mais ainda. Mas, talvez, essa seja uma tendência que pode mudar para algo mais "animado". E o que seria melhor do que uma queima de fogos? Pois é, Johnny Depp começou uma moda quando jogou as cinzas de um amigo no céu, em uma grande exibição de fotos de artifício. Atualmente, várias empresas funerárias estão oferecendo esse serviço. É possível atirar uma porção dos restos mortais do falecido em foguetes. Ultimamente, muitas pessoas têm optado por essa opção. É uma forma de fazer uma saída triunfal dessa vida, não acha?

E você, o que achou dessas soluções para os restos mortais? Qual a mais estranha na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+