icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 fotos históricas que te farão perder o sono

POR Erik Ely EM Curiosidades 02/04/20 às 22h23

capa do post 7 fotos históricas que te farão perder o sono

Muito das vezes, fotos históricas podem nos causar arrepios, por conta do seu conteúdo tão errado. Dessa forma, por mais chocante que seja, entendemos que aqueles fatos registrados realmente aconteceram. Pensando nisso, separamos 7 fotos históricas que te farão perder o sono.

Os momentos, capturados nessas fotos, são algumas das imagens mais estranhas que já foram capturadas. Isso porque, eles são inquietantes e cada um deles possui uma história por trás que poderá mexer com seus sentimentos. Assim, essas imagens podem incomodar, mas, de fato, o que o mais pode incomodar nelas é o fato delas serem reais.

1 - Momentos antes de ser atingido por um relâmpago (1975)

Em 20 de agosto de 1975, Michael e Sean McQuilken estavam a caminho de um parque, quando o céu começou a ficar escuro. Depois disso, o clima só piorou e as cargas positivas fizeram com que o cabelo dos jovens ficasse de pé. No entanto, esse era um sinal de que um raio estava por vir. Pouco tempo depois, uma luz branca tomou conta do céu e um raio atingiu Sean, o irmão mais novo de Michael. Depois do ocorrido, Sean ficou com queimaduras de terceiro grau e outras três pessoas foram atingidas na mesma noite.

2 - Um soldado ajudando um menino a atravessar o Muro de Berlin (1961)

Pouco antes do Muro de Berlim ser construído, já havia uma cerca de arame farpado, que restringia os dois lados da capital. Desse modo, ninguém possuía permissão para atravessar, independente da idade, estado de saúde ou qualquer outro motivo. Contudo, aqui, vemos o momento em que um soldado arrisca tudo que possui para ajudar esse menino.

3 - Pablo Escobar e seu filho na frente da Casa Branca (1981)

Ao longo de sua vida, Pablo Escobar foi um dos líderes de cartéis mais famosos e ricos do século XX. Dessa forma, já que ele ganhava mais de U$ 400 milhões por semana, ele se dava ao luxo de viajar com a família. Ainda não sabemos como ele chegou aos Estados Unidos, mas sendo um dos mais procurados do mundo, ter uma foto na frente da Casa Branca não é para qualquer um.

4 - Muhammad Ali impede um homem de cometer suicídio (1981)

Em 19 de janeiro de 1981, Muhammad Ali, já estando afastado dos campeonatos, estava trabalhando com Jimmy Carter em uma série de tarefas diplomáticas. No entanto, sua rotina foi interrompida por um homem chamado Joe que estava tentando se jogar de seu prédio. Assim que soube o que estava acontecendo, Ali correu para convencer o homem a não se jogar. "Você é meu irmão!", ele gritou. Depois de conversarem, o homem entrou para dentro e Ali o levou para hospital.

5 - Crianças usam máscaras de gás durante a Segunda Guerra Mundial (1941)

Durante a Segunda Guerra Mundial, a blitz de Londres, realizada pela Alemanha, quase destruiu a cidade. De 7 de setembro de 1940 a 11 de maio de 1941, os nazistas atacaram incansavelmente a cidade, fazendo com que muitos londrinos passassem a morar no subsolo. Depois disso, a ameaça da guerra química levou as pessoas a usarem máscaras de gás em suas rotinas. E como uma forma de proteção, até as crianças começaram a usar as máscaras.

6 - Martin Luther King Jr. remove uma cruz carbonizada de seu gramado (1960)

Depois de tudo que passou, entre casos de racismo, ameaças de morte e até um bombardeio em sua própria casa, Luther King decidiu se mudar para uma nova casa. No entanto, ele foi recebido com uma cruz que foi fincada em seu jardim e posta em chamas. Na foto, é possível ver Luther King retirando a cruz enquanto seu filho assiste tudo de perto. Não foi a primeira nem a última vez que o líder religioso foi vítima de práticas preconceituosas, mas mesmo assim, ele sempre optou por formas de protesto não violentas.

7 - As últimas horas do voo de Hindenburg (1936)

No ocorrido, um dirigível alemão pegou fogo e foi destruído, durante uma tentativa de se atracar com seu mastro de amarração. Assim que conectado, o zepelim pegou fogo e começou uma rápida descida até o chão. Depois disso, os sobreviventes tiveram que mergulhar para fora do navio antes que o dirigível explodisse. Essa é considerada até hoje, o maior incêndio de um zepelim, causando a morte de 35 pessoas.


Próxima Matéria
Via   List25  
Imagens List25 DW
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest