icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 furos de roteiro criados pelos filmes de Harry Potter

POR Ana Monteiro EM Fatos Nerd 05/10/17 às 18h20

capa do post 7 furos de roteiro criados pelos filmes de Harry Potter

Harry Potter marcou toda uma geração ao mostrar a jornada de um bruxo para derrotar um vilão que ameaçava não só o mundo bruxo, mas os trouxas também. Os sete livros escritos por JK Rowling deram origem a oito filmes. Se você acompanha Game of Thrones, sabe que muita coisa é excluída da adaptação para poder caber no tempo de uma hora de cada episódio. Cada temporada da série tem dez episódios de uma hora. Cada filme de Harry Potter tem em média duas horas. Ou seja, adaptar para filme é bem mais complicado do que para uma série...

Mas uma coisa é apenas excluir alguns acontecimentos. Outra completamente diferente é gerar contradições no universo criado. Existem motivos de sobra para amar a saga. Só que às vezes alguns erros são tão gritantes que não dá para ignorar. Confira alguns dos futuros de roteiro que surgiram por conta da adaptação de Harry Potter.

1 - Os olhos de Lilian

Ao longo de toda a saga de Harry Potter, todos os personagens afirmam que Harry parece muito com seu pai, exceto pelos olhos que são verdes como os da mãe. Como o ator Daniel Radcliffe tem olhos azuis, essa adaptação foi feita também para a mãe: uma atriz de olhos azuis. No último filme da franquia os produtores não se preocuparam muito com a continuidade. Nas memórias de Snape, durante a infância Lilian aparece com olhos castanhos. E essa imagem aparece logo depois de ele afirmar que Harry tem os olhos de sua mãe.

2 - Memórias

Nunca foi explicado como a Penseira de fato funciona: se ao revisitar as memórias é possível assisti-las como um filme, ou apenas através do que seus olhos viram na época. Harry ao utilizar esse artefato para ver as memórias de Snape, ele vislumbra os últimos momentos de sua mãe, suas últimas palavras e Voldemort a matando. Mas, como Snape sabia dessas coisas sendo que ele não estava lá no exato momento e só chegou em Godric's Hollow depois?

3 - Maldição do nome

Uma cena importante foi excluída da trama na adaptação para o cinema. Quando Voldemort toma posse no Ministério da Magia, ele invoca uma maldição que revela a localização de quem fala o seu nome em voz alta. É assim que os Comensais da Morte descobrem a localização de Harry porque sempre alguém por perto fala o nome do vilão. Inclusive Xenophilius Lovegood o faz com esse propósito. Sem essa explicação nos filmes, dá a entender que os Comensais da Morte ou são ótimos detetives ou possuem uma intuição perfeita para sempre encontrar os heróis.

4 - Mapa do Maroto

O Mapa do Maroto é um artefato que deveria ter sido mais explorado nos filmes de Harry Potter. A história de fundo é bastante popular entre os fãs dos livros e fala sobre James Potter, Sirius Black, Peter Pettigrew e Remus Lupin em seus tempos de estudantes. Mas é complicado culpar o diretor por priorizar outras cenas em sua adaptação. Muitas coisas interessantes de obras originais se perdem para a história caber num longa metragem. O problema é que em filmes posteriores Harry se refere a Sirius Black como Almofadinhas sendo que esse apelido nunca foi explicado nas telas. Só quem leu os livros sabe o motivo desse apelido e de outros do quarteto.

5 - A destruição da Ponte do Milênio

Em Harry Potter e o Príncipe Mestiço, os comensais da morte começam a agir publicamente. Eles não representam uma ameaça apenas para o mundo bruxo, mas para os trouxas também. Nos livros, a Ponte de Brockdale é destruída, mas as pessoas pensam que era apenas devido a sua idade e não por obra de bruxos. Já no filme, o local em questão é a Ponte do Milênio em Londres. O problema é que a história se passa em 1996 e a ponte ainda não existia. Sua construção começou dois anos depois, e ela só foi aberta em 2000.

6 - O filho de Tonks e Lupin

Remus Lupin tem um papel muito mais importante nos livros. Boa parte da história desse personagem e de sua esposa Tonks foi cortada dos filmes. No livro, um trecho muito importante mostra que Lupin viajou para oferecer sua ajuda a Harry. Ele diz que teve um filho e que teme conviver com ele por ser um lobisomem, mas Harry o convence a voltar para casa. Em Relíquias da Morte (parte 2), o herói tem a oportunidade de falar com os fantasmas de família e amigos antes de lutar contra Voldemort, então, ele lamenta por Lupin nunca ter visto o filho. A criança nunca foi citada nos filmes. Mesmo quando Tonks iria anunciar isso, ela foi interrompida. Nem mesmo Harry conheceu a criança por estar ocupado tentando derrotar Voldemort.

7 - O prêmio do Torneio Tribruxo

Harry Potter e o Cálice de Fogo focou tanto na tragédia da morte de Cedrico Diggory que o prêmio do Torneio foi esquecido! O vencedor receberia mil galeões e Harry doou esse dinheiro aos gêmeos Weasley para que eles pudessem abrir a loja que seria conhecida como Gemialidades Weasley. Nos filmes, nunca foi explicado como Fred e George conseguiram dinheiro para a loja. Convenhamos: o local é muito frequentado, deve custar caro e a família deles é muito pobre. Sem a ajuda de Harry seria impossível!

Que outras inconsistências e furos de roteiro você já percebeu em Harry Potter além desses? Conta pra gente nos comentários! E se você é fã da saga, não deixe de conferir algumas controvérsias e inspirações da obra.


Próxima Matéria
avatar Ana Monteiro
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest