• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 grandes tragédias que foram esquecidas

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      22/07/19 às 16h57

A memória histórica é algo que chega a ser engraçado. Enquanto algumas tragédias de grande alcance e consequências devastadoras permeiam o imaginário das pessoas por anos, outras, talvez até mais emblemáticas, acabam caindo no esquecimento. Todo mundo, com certeza, se lembra do naufrágio do Titanic, do ataque de 11 de setembro e até do Genocídio em Ruanda. Mas, dificilmente, se recordará de outros eventos tão trágicos quanto, porém que não contaram com grande apelo público. Por exemplo, o ciclone que devastou Moçambique, quantas pessoas se lembram disso? Não muitas, com certeza.

Enquanto algumas tragédias logo são esquecidas, outra sequer chegam ao conhecimento do grande público. Um evento pode ser tão horrível e devastador e, ainda assim, ficar limitado às vítimas e pessoas próximas. Em um mundo que passa de uma tragédia à outra em tempo recorde, é difícil mesmo acompanhar tudo o que acontece. As pessoas distantes, dificilmente, se lembraram do que aconteceu do outro lado do Pacífico. E em alguns casos, até mesmo as pessoas que vivenciaram isso na pele desejam esquecer esse passado doloroso. Mas, hoje, vamos lembrar algumas grandes tragédias que foram esquecidas no tempo, mas que não deixam de ser marcantes.

1 - Queda do edifício Rana Plaza

No dia 24 de abril de 2013, aconteceu um dos maiores acidentes de falha estrutural da história moderna. E você, provavelmente, não ouviu falar a respeito. O edifício do Rana Plaza foi construído em Dhaka, a capital de Bangladesh, inicialmente para abrigar lojas e escritórios comerciais. Mas, posteriormente, foram adicionados vários andares superiores sem autorização ou supervisão das entidades responsáveis. Os mais de 5 mil funcionários que trabalhavam em lojas do edifício mal sabiam que estavam trabalhando em uma armadilha. No fatídico dia, por volta de 9 horas da manhã, toda a estrutura do prédio cedeu e começou a desabar. No fim, restou apenas uma pilha de ruínas e mais de mil vítimas fatais, sem contar os milhares de feridos.

A tragédia ainda vive na mente dos bengaleses e de algumas organizações internacionais de vigilância, mas no geral, quase ninguém se lembra ou sequer ficou sabendo sobre. Até hoje, o dono do edifício, Sohel Rana, aguarda o julgamento por várias acusações de homicídio.

2 - A gripe espanhola

Uma coisa é fato, a pandemia mundial que resultou na morte de mais de 50 milhões de pessoa foi muito sentida naquela época. Porém, com o passar dos anos, caiu no esquecimento e, aparentemente, desapareceu da memória muito facilmente. Mas a gripe espanhola foi um golpe pesado, que se abateu entre os soldados da Primeira Guerra Mundial. Entre as diversas epidemias daquela época, a gripe espanhola foi particularmente grave. Enquanto a maioria das doenças tinha uma taxa de mortalidade de um décimo por cento, em 1918, a taxa de mortalidade por gripe espanhola era de 20%, ou seja, uma a cada cinco perdiam a vida em decorrência dela.

Hoje, muito pouco se fala muito a respeito, nem existem muitos memoriais que recordam o evento trágico. O interesse geral pelo assunto diminuiu drasticamente depois que as mortes cessaram.

3 - A grande neblina

Embora os londrinos estejam acostumados com a forte neblina no inverno na cidade, o que aconteceu, naquela semana de dezembro de 1952, acabou causando um enorme caos e fez diversas vítimas. Foi uma soma de diversos fatores, entre eles a poluição do ar, que era muito comum naquela época. Afinal, a Inglaterra estava tentando se recuperar da Segunda Guerra Mundial e estava investindo no maquinário das indústrias. A neblina normal da cidade se juntou com os gases poluentes. Isso acabou formando uma densa camada tóxica, que matou mais de 4 mil pessoas no primeiro momento. Isso sem contar todas as outras que morreram posteriormente ao evento. A cidade parou por 4 dias, o transporte público, os serviços de polícia e ambulância foram todos suspensos. Além disso, os hospitais ficaram lotados de pessoas com problemas respiratórios.

4 - O incêndio na Penitenciário de Ohio

Se centenas de pessoas morressem queimadas em uma instalação comum do governo, haveria muita comoção e notícias a respeito. O que não aconteceria se estivéssemos falando de um presídio repleto de detentos, não é mesmo? No dia 21 de abril de 1930, os 4.300 presos do Ohio Parole Board foram trancados em sua cela, como acontecia todas as noites. No entanto, aquela não seria uma noite comum. Uma vela aleatória acabou colocando fogo no teto de um dos principais blocos de celas do presídio. Os presos clamavam para serem libertados e autorizados a se salvar. Alguns dos guardas até destrancaram as portas de algumas celas, mas nem todos tiveram o mesmo comportamento.

O fogo se espalhou por todo o complexo. Quando os bombeiros e a polícia conseguiram controlar as chamas, 332 detentos estavam mortos e outros 230 ficaram feridos. Na época, os meios de comunicação até noticiaram a tragédia, mas não houve nenhum memorial ou manifestação de pesar pelas vítimas.

5 - O desastre da Mina dos Recifes Vaal

Embora seja menos notável do que todas as outras tragédias aqui, devido ao número de vítimas, um total de 104, o desastre da mina dos Recifes de Vaal não deixa de ser um acometimento marcante. Esse foi um dos piores acidentes de mineração que se tem conhecimento.

No dia 10 de maio de 1995, 104 trabalhadores do turno da noite estavam subindo do fundo da mina em uma gaiola de elevador. No entanto, eles nunca conseguiram chegar até a superfície. Ainda não se sabe exatamente as circunstâncias do acidente, mas os interruptores, projetados para parar o motor em caso de falha, não funcionaram naquele dia. E nem mesmo as várias barreiras de segurança foram capazes de parar o elevador em aceleração. Foi uma queda de 460 metros até parar na parte final do poço. Todos os funcionários morreram na hora.

6 - O incidente do Túnel de Salang

No dia 3 de novembro de 1982, o gelado túnel de Salang, na cordilheira Hindu Kush acabou se tornando o cenário de um desastre. As forças militares soviéticas estavam a caminho do sul, através do túnel quando algo terrível aconteceu. Alguns dizem que um tanque de combustível explodiu. Já outros contam que não houve explosão, apenas um engarrafamento quando o comboio soviético tentou passar pelas forças militares do Afeganistão. Mas, embora os relatos sejam divergentes, uma coisa é fato, várias mortes aconteceram naquele dia.

Os registros dos militares soviéticos afirmam que dezenas de pessoas, entre soldados soviéticos e afegãos morreram envenenados por monóxido de carbono. As estimativas colocam aos mortos entre 100 e 2.700 pessoas. Foi um acidente trágico e ao mesmo tempo um dos mais misteriosos.

7 - O desastre de Aberfan

Ainda sobre tragédias relacionadas a mineração, temos o País de Gales, na década de 1960. Um acidente de mineração acabou custando a vida de 144 pessoas, todas elas acima do solo. O desastre aconteceu na aldeia galesa de Aberfan, em 1966. A pequena aldeia, rica em minas de carvão, tinha uma montanha de lixo removido durante a mineração, que ficava em uma localização tida como segura para a aldeia. O problema é que os montes de lixos são menos estáveis depois do contato com a água.

Depois de três semanas de chuvas consecutivas, os mineradores perceberam um deslizamento ao longo da ponta do monte. Foi questão de dias para que cerca de 110 mil metros cúbicos de lixo começassem a deslizar montanha abaixo. A avalanche de lixo caiu sobre a aldeia, destruindo a escola local, casas e tudo o que tinha pela frente. Um monte de detritos de solidificação, com mais de 9 metros de altura, cobriram a área. E 114 pessoas, incluindo crianças, ficaram presas nos destroços. Enquanto a catástrofe é pouco conhecida pelo mundo, a aldeia de Aberfan ainda se lembra, e mantém um cemitério memorial em homenagem às vítimas.

E você, se lembrava de alguma dessas tragédias? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+