• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 hábitos que são tão ruins quanto fumar cigarro

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      07/11/17 às 15h43

Não é a primeira vez que estamos falando sobre cigarro, a Fatos Desconhecidos já fez matérias sobre o assunto como as 17 propagandas super fortes sobre cigarros e 8 coisas que acontecem no corpo de quem fuma. Pois bem caros amigos, todo mundo sabe que o cigarro é um problema de saúde pública, certo? Mas existem vários outros hábitos que fazem tão mal quando o cigarro.

Bom, são hábitos que muitos fazem todos os dias, mas não imaginam que são muito prejudiciais. Pois bem, tendo isso em mente, nós resolvemos fazer essa lista com os 7 hábitos que são tão ruins quanto fumar cigarros, confiram:

1 - Solidão

O aumento das redes sociais e a diminuição do contato pessoal fez o cirurgião geral Vivek Murthy considerar a solidão como uma epidemia mundial. Já Juliane Holt-Lunstad, uma professora de psicologia da Universidade Brigham Young, fez uma pesquisa sobre a solidão. Ela concluiu que a solidão pode reduzir a vida das pessoas equivalente a fumar 15 cigarros por dia. O que não pode é ser solitário e fumante ao mesmo tempo, concordam?

2 - Passar o dia sentado (sedentarismo)

Ficar sentado o dia todo pode aumentar o risco de uma série de diferentes tipos de câncer, segundo um estudo realizado em 2014. Os pesquisadores analisaram dados de quatro milhões de pessoas. Tais dados envolviam a frequência com que elas se sentavam para ver TV, trabalhar e se descolar. A cada duas horas sentado aumenta o risco de câncer de cólon, endométrio e pulmão. Isso é independentemente de terem exercitado durante o dia.

3 - Dormir mal

O Centro de Prevenção e Controle de Doenças dos EUA considera a falta de sono como um problema de saúde pública. Só nos EUA, cerca de 50 a 70 milhões de pessoas tem algum problema com o sono. O professor Valery Gafarov, da Organização Mundial da Saúde (OMS), observou em 2015 que o dormir mal aumenta o risco de acidente vascular cerebral e ataque cardíaco a graus similares ao uso regular do cigarro.

No Brasil, segundo dados do Instituto do Sono do Brasil, 63% dos brasileiros tem algum problema relacionado ao sono, como ronco, apneia ou mesmo a maldita insônia.

4 - Bronzeamento artificial

O bronzeamento artificial pode até parecer ser mais saudável que o bronzeamento ao ar livre, mas os dois são tão perigosos quanto o cigarro. No ano de 2014, foi publicado um estudo mostrando que o bronzeamento artificial já causou mais casos de câncer de pele do que o cigarro causou casos de câncer de pulmão. Dado o grande número de casos de câncer de pele atribuíveis ao bronzeamento artificial, esses dados destacam um grande problema de saúde pública", escreveram os pesquisadores.

5 - Comer mal

Você costuma comer muita besteira ou se preocupa sua dieta? Existe uma grande quantidade de evidências de que alimentos açucarados e processados ricos em gordura saturada podem expor as pessoas a doenças potencialmente fatais. Assim como o cigarro, a má alimentação pode ser fatal. No ano de 2016, pesquisadores descobriram que uma dieta pobre tem taxas de mortalidade mais alta que a de álcool, drogas, sexo desprotegido e tabaco.

6 - Narguilé

E quem foi que disse que o narguilé faz menos mal que o cigarro? Segundo Alberto José de Araújo, membro da Câmara Técnica de Combate ao Tabagismo do CFM, "a concentração de nicotina nestes produtos é extremamente alta. Uma hora de uso do narguilé corresponde a 100 cigarros comuns". Estudos mostram que a fumaça do narguilé tem maiores concentrações de monóxido de carbono, nicotina, alcatrão, metais pesados, hidrocarbonetos aromáticos e aldeídos voláteis. O uso prolongado do narguilé ainda pode causar intoxicação aguda por carboxiemoglobina (COHb).

7 - Cigarro eletrônico

O cigarro eletrônico é uma alternativa para quem quer parar de fumar. Mas será que é mais seguro que o cigarro? Estudos indicam que existe uma semelhança do seu uso com os cigarros normais reforça a prática de dependência à nicotina. "Não há indícios científicos que comprovem que o produto auxilia o fumante a largar o vício", afirma Alberto. E quantas pessoas compram esses cigarros em qualquer lugar e nem sabem o que estão inalando? Alguns testes indicaram que os produtos variam na quantidade de nicotina e outros produtos químicos. É, caros amigos, pelo que podemos ver, não há forma segura para fumar.

Mas e você, sabia que todas essas coisas podiam ser tão prejudiciais que o hábito de fumar cigarros? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+