• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 histórias agoniantes de pessoas que fizeram cirurgias em si mesmas

POR Gustavo Camargo    EM Ciência e Tecnologia      26/01/18 às 13h59

A auto cirurgia é o nome para o ato de realizar um procedimento cirúrgico a si mesmo. Por mais assustador que pareça existem casos de que isso se torna uma necessidade, em situações de emergência. E claro assim como tudo na vida existem casos que tudo não passa de falta de bom senso.

Deve ser desesperador ter de fazer isso. É difícil até de imaginar. A autocastração e automutilação, são sim, formas mais comuns de auto cirurgia mas não serão mencionadas aqui. Bom, nós da Fatos Desconhecidos separamos 7 histórias agoniantes de pessoas que fizeram cirurgias em si mesmas. Confira:

1 - Biópsia

Jerri Nielsen, é uma médica estadunidense com uma grande experiência em tratamentos de emergência. Em 1998 ela foi contratada como a única médica da estação polar Amudsen-Scott, no Pólo Sul. Em 1999 ela descobriu um caroço em seu seio direito. Depois de consultar-se com especialistas através de e-mail, ela realizou sua própria biópsia.

Com a ajuda de um avião militar que a ajudou com suprimentos médicos e medicamentos quimioterápicos. Com os novos materiais ela fez novamente o procedimento, que foi enviado para os Estados Unidos. Para sua infelicidade ela estava com câncer de mama. Com ajuda da sua equipe médica improvisada ela começou a fazer quimioterapia.

2 - Trepanação

Amanda Feilding, uma artista britânica, sofria de uma doença que a deixava diariamente cansada e passou anos procurando um médico que realizasse uma cirurgia em sua cabeça, que tem como objetivo efetuar um orifício no crânio para melhorar a circulação sanguínea no cérebro. Depois de muito tempo ela desistiu da procura e decidiu fazer o procedimento sozinha.

Com um broca de dentista operada por pedal e usando óculos que evitam que o sangue entrar em seu olhos, ele primeiramente usou um bisturi para fazer a incisão inicial. Ela tinha que submergir a broca para resfria-la. Apesar de ter perdido quase um litro de sangue ela ficou satisfeita com a sua auto cirurgia.

3 - Extração de um projétil

Em 1782, Deborah Sampson se alistou no exército Continental de Massachusetts, Estados Unidos, com o nome falso de Robert Shutleff, fingindo ser um homem. Após ser ferida ela fugiu do hospital para que não descobrissem que ela era uma mulher. Com um canivete e uma agulha ela removeu a bala de sua virilha e fechou o ferimento. Depois de se recuperar ela voltou para o seu regimento.

4 - Apêndice

Evan O"Neill Kane foi o pioneiro da medicina e chefe de cirurgia do Kane Summit Hospital. Ele queria provar ao mundo que a anestesia geral era desnecessária para procedimentos pequenos. Para isso ele decidiu operar a si mesmo utilizando apenas anestesia local. Com três cirurgiões na sala de operação, só por precaução, ele utilizou um espelho sobre o seu abdômen e fez a grande incisão, necessária na época, para remoção do próprio apêndice.

5 - Litotomia (retirada de pedras de órgãos internos)

Joannes Lethaeus, um ferreiro nascido em 1620, teria que extrair uma pedra de seu corpo. Com a ajuda de seu irmão que segurou o seu escroto para o lado, Joannes fez uma incisão no próprio períneo por onde tirou a pedra que pesava cerca de 115g. Como ela foi retirada da sua bexiga o órgão obviamente rompeu-se durante a operação. Mais tarde um curandeiro suturou seu ferimento que inchou e formou úlceras, não havendo chance de recuperação.

6 - Amputação do braço direito

Sampson Parker estava utilizando uma colheitadeira em seu milharal quando observou um mal funcionamento da máquina. Com ela ainda funcionando ele tentou tirar uma obstrução quando sua luva ficou presa em uma polia que, em seguida, puxou sua mão. Ela gritou, mas para seu azar não havia ninguém para socorrê-lo.

Quando finalmente conseguiu alcançar uma barra metálica a enfiou nas engrenagens para tentar parar o motor. Quando seus dedos adormeceram ele tirou um canivete do bolso e começou a se amputar para se libertar. O atrito entre o metal e o motor ainda em funcionamento gerou fagulhas que fizeram a colheitadeira incendiar. Após cortar a pele e toda a musculatura, ele usou seu próprio peso para quebrar o osso e se separar da máquina.

7 - Apendicectomia

O médico soviético Leonid Rogozov, quando tinha apenas 27 anos, foi mandado para a base Novolazarevskaya, na Antártica. Ele teve apendicite aguda e temia que seu órgão pudesse se romper, o matando. A única saída era uma auto cirurgia. Um meteorologista segurou os separadores, o motorista da equipe segurou o espelho e mais alguns cientistas passaram os instrumentos.

E aí, o que acharam da matéria? Teria coragem de fazer alguma dessas cirurgias? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria
Via   Hypescience     Listverse  
Imagens Dailygeeks
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+