icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 histórias milagrosas de bebês, dados como natimortos, que "retornaram" à vida

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      13/11/19 às 13h28
capa do post 7 histórias milagrosas de bebês, dados como natimortos, que "retornaram" à vida

O nascimento é um dos momentos mais lindos já presenciados pelo homem. Quando uma mãe dá à luz, uma nova vida começa e um forte laço, que já começou no momento em que a mesma descobriu a gravidez, se intensifica. No entanto, existem coisas ruins, que podem acontecer durante um parto. Talvez, a mais desanimadora seja dar à luz um bebê natimorto. Isso porque são nove meses esperando, admirando, fazendo promessas e planos, que podem ser frustrados de uma hora para outra. Mas a vida é algo cheio de reviravoltas e alguns bebês, dados como natimortos, acabaram sobrevivendo por muito tempo.

Embora os médicos tenham dado a má notícia, crianças puderam crescer e se tornaram histórias de milagre. Pensando um pouco sobre isso, resolvemos buscar algumas dessas histórias. Sendo assim, a redação da Fatos Desconhecidos filtrou aquelas que poderiam ser chamadas de milagres e listou aqui para você, caro leitor. Sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se. Se souber alguma história assim, manda pra gente aí embaixo, afinal, essa interação é muito importante para nós.

Histórias de bebês natimortos que voltaram à vida

1 - Mary Ellen James

Mary Ellen James tentou, por seis meses, engravidar a todo custo. Ela conseguiu uma vez, no entanto, acabou abortando. Mary tentou um tratamento de fertilidade, mas esse não funcionou. Ela havia desistido, quando conseguiu engravidar, um ano depois. No dia 31 de outubro de 1989, entrou em trabalho de parto, em Boca Raton, Flórida. No entanto, seu bebê que era prematuro, e foi dado como um dos bebês natimortos. Após 3 minutos de massagem, o coração do bebê começou a bater. Mais três minutos se passaram, até que a menina começasse a respirar sozinha. Chamada Jennifer, a menina, apesar de pequena, era saudável. Logo, ela voltou para sua casa e viveu uma infância normal.

2 - David Ring

No dia 28 de outubro de 1953, Leron Ring deu à luz a um filho natimorto, chamado de David. Acreditando não haver mais esperança, as enfermeiras então o colocaram em uma mesa, ao lado da sala, e começaram a tentar salvar Leron. A mulher sangrava muito. Ela foi salva e percebeu que seu bebê estava se mexendo. Quando as enfermeiras checaram o bebê, notaram que ele realmente estava vivo. David, por não ter recebido oxigênio por 18 minutos, foi diagnosticado com paralisia cerebral. Então, David viveu e cresceu, tornando-se ministro cristão e palestrante motivacional.

3 - Logan Carroll

Tami Carroll entrou em trabalho de parto de parto, em abril de 1995. Ela tinha medo, pois havia perdido um bebê dois anos antes. Embora o parto estivesse ocorrendo bem, seu bebê Logan nasceu e foi dado como morto. A família pôde se despedir, mas uma hora depois, a mãe da mulher pegou o bebê, que começou a se mexer. Logan já respirava por conta própria e os médicos notaram que ele estava vivo.

4 - Bebê sem nome em Toronto

Era 17 de fevereiro de 2013, quando uma mulher grávida de 20 anos, não identificada, decidiu ir ao hospital com a mãe. Cerca de 500 metros do hospital, ela entrou em trabalho de parto. Uma ambulância então foi chamada e ela deu à luz a um bebê natimorto na calçada. Estava muito frio naquele dia, então, a mãe e a bebê foram levadas ao hospital. A equipe médica cobriu o corpo da criança, com um pano, até o médico legista chegar para pegar o mesmo. Cerca de uma hora e quarenta e cinco minutos depois, os policiais notaram o bebê se mexendo. Foi aí então, que puxaram o lençol e procuraram o pulso. Os médicos então foram chamados e salvaram o bebê.

5 - Rose Servin

Era abril de 1923, Rose Servin foi a um hospital em Nova York, para dar à luz. Era um menino. Os médicos então notaram que o garoto tinha sinais bem fracos de vida. O parteiro levou o corpo do bebê para fora do quarto e o deu como morto. Outros médicos então foram chamados para trabalhar em seu corpo. Decidiram injetar adrenalina diretamente em seu coração. Rapidamente, o bebê mudou de cor e seus batimentos cardíacos foram aumentando. Em meia hora, ele já respirava sem aparelhos, assim sendo considerado um milagre.

6 - Yasmin Gomes

Jennifer da Silva Gomes, de 22 anos, deu à luz a sua filha, em 9 de julho de 2013. Esse caso aconteceu em Londrina, no Brasil. O bebê então parou de responder rapidamente, logo após nascer. Foi então dado como natimorto. Os médicos tentaram diversas coisas, para trazer Yasmin à vida. Três horas depois de ser considerada morta, a avó de Yasmin percebeu algo, que melhorou sua vida. Ela viu a menina abrindo os olhos. Ela então foi levada para a UTI, onde se recuperou.

7 - Ella Claxton

Rachel Claxton dava à luz em um hospital em Peterborough, na Inglaterra, em 2010. Ella, a criança, nasceu após muita complicação. Ao nascer, foi enrolada em um pano, o que fez com que sua temperatura caísse muito. Ela sofreu inchaço no cérebro e os médicos já não viam mais uma forma dela sair viva. Até que, após três dias, notaram que sua saúde estava boa, renovada inclusive. A menina pôde sair do hospital oito dias depois.

E aí, o que você achou dessa lista? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos, afinal, seu feedback é extremamente importante.


Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Gravidez
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest