• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 imagens mais estranhas e surpreendentemente alienígenas já tiradas de Marte

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      09/06/20 às 15h05

As pessoas são fascinadas com o quarto planeta do Sistema Solar, desde que o descobriram. Marte, depois do nosso, é o mais popular, e isso por vários motivos. Algumas pessoas alimentam a teoria de que há vida no enorme planeta vermelha. Outras dizem que os extraterrestres que vemos em tantas histórias partiram de lá. Já os cientistas o veem com outros olhos e estudam a possibilidade de habitá-lo. Marte foi sempre uma grande fonte de mistérios.

Com o passar dos anos, as pesquisas foram ficando mais intensas e os robôs enviados para lá nos dão informações e imagens cheias de detalhes. Assim as descobertas a respeito do Planeta Vermelho não param.

Mesmo que ele tenha várias características parecidas com as da Terra, os rovers espaciais já fotografaram várias paisagens estranhas que mostram que Marte também é bem diferente do nosso planeta. Mostramos aqui algumas imagens bem estranhas e com certeza com um "quê" de alienígenas.

1 - Cratera de gelo

Chamada cratera de Korolev, ela tem 1,8 quilômetro de espessura, até 60 quilômetros de diâmetro e um volume de aproximadamente 2.200 quilômetros cúbicos. A cratera não está longe da calota de gelo do Polo Norte de Marte. Essa área, que tem 81,4 quilômetros de diâmetro, passa o ano todo congelada.

Se comparado à Antártica parece pouca coisa. Mas em um planeta árido como Marte, isso é uma coisa bastante impressionante. A foto da cratera de Korolev foi tirada pelo Mars Express da agência espacial europeia ESA.

2 - Logo de Star Trek

Essa foto viralizou na internet porque ela se parece com a logo da Frota Estelar da série de ficção Star Trek. Na verdade, a imagem mostra a Hellas Planita, que também pode ser chamada de Bacia de Impacto Hellas, que é uma bacia de impacto circular gigante no hemisfério sul de Marte.

Essas formações são conhecidas como dunas fantasmas e foram esculpidas pelos fluxos de lava que existiam ao redor das dunas no passado de Marte. E quando a areia foi soprada para longe, o que ficou foram as impressões que a lava fez.

3 - Buraco estranho

Essa formação, que se parece com a ponta de um lápis, é uma montanha no formato de um cone com um buraco no topo. E mesmo para Marte, essa característica geológica é bastante bizarra.

A montanha fica ao lado de um vulcão em um escudo gigante, que é um tipo geralmente feito inteiramente de fluxos fluidos de lava. E essa característica que ela tem é chamada de claraboia de tubo de lava. Ela é oca porque, às vezes, os fluxos de lava se solidificam na superfície, mas embaixo ainda continuam e deixam esse cubos para trás.

E se algum lugar dessa superfície colapsar, esse buraco no topo acaba se abrindo.

4 - Cratera recente

Pelo fato de Marte não ter uma atmosfera que protege o planeta como a da Terra, várias rochas espaciais acabam caindo na superfície no planeta. Por isso, ela é cheia de crateras feitas por esse impacto.

Essa imagem é de uma cratera feita em algum momento entre setembro de 2016 e fevereiro de 2019. Na foto, as cores foram realçadas para que fosse possível ver a onda de impacto. Que é como a queda desse objeto conseguiu empurrar a poeira da superfície deixando a camada escura de baixo exposta.

A cratera tem cerca de entre 15 e 16 metros de largura. Então o objeto que a causou deveria ter somente 1,5 metros de comprimento e deveria ser muito denso.

5 - Pôr-do-sol azul

No Planeta Vermelho, quando o sol se põe, o céu fica azul. Isso acontece por causa das partículas na atmosfera. Em nosso planeta as partículas menores de gás na atmosfera dispersam a luz azul com uma eficiência maior, por isso o céu parece azul. E no nascer e pôr do sol, a luz tem que andar uma distância maior para conseguir atravessar a atmosfera da Terra e chegar em nossos olhos. Como só os comprimentos de onda vermelhos podem viajar tão longe, o céu fica em tons de amarelo, vermelho e laranja.

Já no Planeta Vermelho, o oposto acontece. A atmosfera de Marte é cheia de partículas de poeira bem menores do que as de gás da Terra. E por isso, o céu de Marte é amarronzado e o nascer e pôr do sol são azuis.

6 - Erosão

Essa é uma imagem de Juventae Chasma, que é um desfiladeiro de 250 quilômetros de comprimento escavado na superfície de Marte. Das várias características interessantes que ele tem, ele tem uma que poderia ser um canal invertido, que foi formado quando a área ao seu redor de deteriorou. Isso fez com que o canal ficasse mais alto.

Os buracos e falhas desse canal mostram camadas diferentes parecidas com as que são encontradas nas rochas sedimentares aqui da Terra. Essas camadas são comuns em todo Planeta Vermelho, mas os cientistas ainda não sabem o que as criaram.

7 - Pingos de chuva de areia

Em Marte, existem dunas no formato de gotas de chuva, na cratera Copernicus. As dunas são bastante ricas em um mineral chamado olivina. Ele é o mineral mais comum que tem no manto da Terra.

E como Marte é super seco as dunas de olivina conseguem ficar na superfície por muito tempo. E elas tem esse formato estranho que lembra os pingos de chuva que quase não caem no planeta.

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Science alert
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+