• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 imagens raras que Marilyn Monroe antes da fama

POR Bruno Dias    EM Entretenimento      09/10/19 às 18h58

Hollywood sempre foi um lugar que o mundo olhou quando o assunto era fama e beleza. E por essa razão, muitas atrizes de cinema da atualidade nos servem de inspiração quando o assunto é beleza. Por outro lado, não podemos deixar para trás o glamour e a elegância que as estrelas de antigamente ostentavam, em seus filmes e fora deles.

Afinal, quem é que não admira a sensualidade e ousadia de Marilyn Monroe, por exemplo? Ela, provavelmente, é um dos maiores ícones da clássica Hollywood. E com o tempo, se tornou um ícone ainda mais atemporal.

Mas assim como qualquer artista antes de se tornar conhecido pelo grande público, eles tiveram uma vida. Antes do brilho e glamour de Marilyn Monroe, existia apenas Norma Jeane Mortenson. Ela era uma morena de cabelos encaracolados, que nunca esperava ser nada mais do que uma dona de casa.

Mortenson nasceu em 1926, na Califórnia. Ela era a terceira filha de Gladys Baker. Sua mãe lutou a vida toda contra uma esquizofrenia paranoica. Nos primeiros oito anos de sua vida, Baker teve um pequeno papel, ajudando uma família a criar sua filha adotiva. Em 1934, Mortenson ficou órfã porque sua mãe teve um colapso nervoso.

Vida

Então, Mortenson ficou passando de orfanato para orfanato. E teve uma experiência traumática em quase todos eles. Em dois dos orfanatos, ela foi abusada sexualmente e começou a desenvolver uma gagueira. Depois de um tempo, ela foi morar na casa de uma amiga da sua mãe. E o seu tutor legal, Erwin Goddard, também a molestou.

Em 1942, os Goddards se mudaram para Virgínia Ocidental e deixaram Mortenson, com 15 anos, para trás. E por sugestão de sua mãe adotiva, Mortenson acabou se casando com seu vizinho, James Dougherty, de 21 anos. Essa era o único jeito dela não ir para outro orfanato.

Ela se preparou a vida toda para ser dona de casa. Ela abandonou a escola e se dedicou ao marido. Mas o amor do marido não foi correspondido. "Meu marido e eu mal conversamos um com o outro. Não tínhamos nada a dizer. Eu estava morrendo de tédio", disse anos depois de se tornar Marilyn Monroe.

Carreira

Em 1943, o marido de Mortenson, que era oficial da marinha, foi enviado para o Pacífico e deixou sua esposa para trás. Lutando para sobreviver, ela começou a trabalhar em uma fábrica de aeronaves para o Exército.

Mas, na fábrica, ela foi descoberta por um fotógrafo, chamado David Conover. Então, ela largou seu emprego e começou a modelar para a Blue Book Model Agency. Ela fazia ensaios sensuais e fotos estilo pin-up.

Em 1946, ela seguiu com a sua carreira e deixou seu marido para trás. Ela se divorciou, pintou seu cabelo de loiro e depois mudou seu nome para Marilyn Monroe. E foi, a partir desse momento, que ela viraria uma grande estrela. Se casaria com celebridades, teria casos com presidentes e deixaria sua marca na Calçada da Fama e na cultura pop, para sempre.

 

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+