icone menu logo logo-fatos-historicos.png


7 incríveis histórias de pessoas que sobreviveram a uma queda livre

POR Isabela Ferreira EM História 19/02/18 às 15h20

capa do post 7 incríveis histórias de pessoas que sobreviveram a uma queda livre

Os noticiários estão sempre recheados de assuntos e temas trágicos envolvendo as mais diversas situações. É muito comum que anunciem por exemplo, algum acidente que resultou na morte de dezenas de pessoas... Inclusive, é mais comum do que somos capazes e imaginar. Existem inúmeros casos que acontecem pelo mundo e nem mesmo ficamos sabendo.

Talvez os acidentes mais trágicos e mortais envolvam aviões. Pode ser um dos meios de transporte mais seguros que existe, mas quando algo dá errado, toma proporções realmente avassaladoras, visto que poucos são os que saem vivos de uma dessas... Mas por sorte, alguns ainda conseguem tal feito. Pensando nisso, nós da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 incríveis histórias de pessoas que sobreviveram a uma queda livre. Confere aí!

1 - Joe Herman

Herman foi um piloto australiano que, no ano de 1944, passou pelo maior susto de toda sua vida. Ainda sem nem mesmo terminar de se equipar com o paraquedas, foi jogado do avião em que estava por um colega. Dessa forma, se encontrou caindo pelo céu, sem nenhum tipo de proteção e em meio a outros detritos caídos do avião. Ele se agarrou fortemente a um desses detritos, mas quando olhou novamente, percebeu que aquilo era na verdade, a perna de um companheiro que havia acabado de pular do avião.

Em meio a muitas tentativas, o paraquedas de Herman abriu levemente, permitindo que ficasse mais fácil ele se segurar nas pernas do amigo. A queda não rendeu a ele nada mais do que duas costelas quebradas... Nada mal para algo que poderia ter custado sua vida.

2 - Dave Hodgman

No ano de 1985, Hodgman decidiu saltar de paraquedas com um grupo de amigos na Austrália. A intenção era de que pulassem juntos, para que pudessem construir uma forma de estrela no céu. No entanto, o homem acabou se separando do grupo e percebeu que seu paraquedas não funcionava da forma correta. Em meio ao desespero, viu que logo acima dele estava Frank, um outro integrante do grupo, que não percebia sua presença ali. Frank conseguiu abrir seu paraquedas exatamente no mesmo momento em que o de Hodgman abriu.

Os dois acabaram se envolvendo em um acidente, visto que as linhas de ambos paraquedas se entrelaçaram, fazendo com que os aventureiros perdessem o controle da situação. Caíram sobre os carros de um estacionamento e por sorte, conseguiram amortecer a queda. Ainda assim, Hodgman teve ferimentos graves, mas três meses depois já estava saltando novamente. Já Frank, acabou sofrendo ferimentos mais leves.

3 - James Boole

E aqui temos mais um caso de paraquedista que, por sorte, não teve sua vida destruída pelo esporte. James Boole, de 31 anos, gravava um documentário para uma TV russa enquanto saltava de paraquedas. No entanto, após diversas tentativas de abrir o dispositivo, ele percebeu que não conseguiria. Apelou então para o paraquedas reserva, que também não estava funcionando como deveria. Quando conseguiu já era tarde demais, mas foi o suficiente para salvar a vida do homem. O resultado foi que ele caiu sobre algumas pedras cobertas de gelo, tendo apenas uma costela fraturada.

4 - Nicholas Alkemade

Durante a Segunda Guerra Mundial, o sargento de voo Nicholas Alkemade, de 21 anos na época, sofreu um ataque inimigo enquanto voava em direção a Schmallenberg, cidade alemã. Seu avião começou a pegar fogo e ele perdeu o controle, fazendo com que sofresse uma queda livre desesperadora.

O único paraquedas presente no avião havia sido queimado e em uma atitude de emergência, ele decidiu saltar do avião sem nenhuma proteção, pois preferiu sentir uma morte mais rápida do que a tortura de morrer queimado. Ele caiu de 5.500 metros, mas a queda ainda foi amortecida por pinheiros e uma cobertura de neve que havia no chão. Por incrível que pareça, tudo que ele conseguiu foi uma perna quebrada e alguns arranhões.

5 - Bahia Bakari

Bahia Bakari é uma estudante francesa e a única sobrevivente de um grave acidente envolvendo o voo 626 de Yemenia... Um Airbus A310, que caiu no dia 30 de junho de 2009 no Oceano Índico, matando 152 pessoas. De todos os passageiros, Bakari era uma das que não tinha paraquedas e nem mesmo colete salva-vidas. Ela conseguiu sobreviver se agarrando aos destroços do avião, passando cerca de 13 horas sozinha e imaginando como seria seu fim.

Felizmente, a jovem foi encontrada e resgatada por um navio de propriedade privada. Muito debilitada, ela não conseguiu segurar o salva vidas que foi jogado para ela. Foi preciso que um dos marinheiros mergulhasse até o local para lhe socorrer. Deu tudo certo e ela foi acolhida com cobertores e uma bebida quente. Em seguida, foi encaminhada ao hospital.

6 - Vesna Vulovic

A jovem de 22 anos era comissária de bordo na Iugoslávia. Enquanto o avião já estava a cerca de 10 mil metros de altura, uma bomba que provavelmente foi plantada no bagageiro, explodiu. O avião caiu em meio a montanhas cobertas de neve e de todos os 28 passageiros a bordo, ela foi a única sobrevivente. Quebrou as duas pernas e ficou paraplégica. Ficou em coma por 27 dias, tendo uma recuperação de aproximadamente 17 meses. O mais incrível é que após se recuperar, ainda permaneceu trabalhando como comissária por mais 20 anos. Foi parar até mesmo no antigo Guiness Book, como a pessoa que conseguiu sobreviver a maior queda livre sem usar paraquedas.

7 - Ivan Chisov

Chisov era tenente soviético da Força Aérea e enquanto sobrevoava em janeiro de 1942, acabou sendo atacado por combatentes alemães. Seu avião perdeu o controle e começou a cair, no entanto, ele decidiu não usar o paraquedas visto que poderia se transformar apenas em um alvo fácil. Dessa forma, ele saltaria do avião quando saísse do campo de visão dos atiradores. No entanto, ele acabou perdendo a consciência durante a queda, fazendo com que fosse incapaz de saltar.

Milagrosamente, seu avião caiu em uma região nevada e já havia sido amortecido por galhos no meio do caminho. Chisov deslizou e rolou até a base da montanha, mas não sofreu nenhum ferimento muito grave.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outros sobreviventes de uma grave queda livre? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!


Próxima Matéria
avatar Isabela Ferreira
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest