• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 indícios que você é uma pessoa autodestrutiva

POR Arthur Porto    EM Entretenimento      09/09/19 às 18h52

Teoricamente, todos estamos sempre em busca da felicidade. Entretanto, durante essa jornada, muitas vezes, nos sabotamos. Para muitos especialistas, a sabotagem é, em grande parte, um mecanismo de defesa. Até aí, tudo bem. Agora, o problema mesmo começa quando os maus hábitos vão-se instituindo na calada, na sombra, no refúgio, através de um mecanismo de fuga ao mal-estar, à mágoa, à angústia, à ansiedade, à vergonha.

Em suma, quando começamos a adequar a auto sabotagem em nossa vida, passamos, consequentemente, a possuir um comportamento autodestrutivo. Quando os maus hábitos estabelecem raízes na rotina, e a felicidade já foi substituída por sentimentos, que podem variar entre culpa, revolta e pena, pronto, fomos embriagados pela autodestruição.

Quer saber se você possui padrões auto-destrutivos? Segue, aqui, uma lista com sete indícios. Confira.

1 - Reagir com tristeza ou irritação quando um objetivo é alcançado

Embora pareça estranho, uma pessoa destrutiva não fica feliz quando conquista um objetivo importante. Mesmo tendo lutado intensamente, no final, o sentimento de satisfação não é importante. Geralmente, essas pessoas quando conquistam algo importante, sentem raiva ou tristeza. Além disso, tais indivíduos sempre menosprezam as próprias realizações.

2 - Provocar os outros e depois se sentir culpado

Uma pessoa destrutiva é, em suma, bastante conflitiva. Entretanto, em discussões, o indivíduo que possui tal comportamento não costuma ser agressivo. Além disso, sempre depois de qualquer discórdia, a pessoa que é destrutiva sempre sente uma terrível culpa. Geralmente, essas pessoas sempre se arrependem de ter causado o problema, mesmo sabendo que podem provocar outras situações semelhantes.

3 - Não reconhecer que podem ficar bem

Para alguém, que é autodestrutivo, nada é suficiente, nada está bom. A principal dificuldade dessas pessoas é vivenciar o sentimento de satisfação. Essas pessoas, em suma, sempre "se concentram na mancha escura no lençol branco". Se tais indivíduos se sentem, em seguida, estão irritados por isso.

4 - Não cumprir promessas para alcançar os próprios objetivos

Uma pessoa destrutiva sempre sabota a si mesma. Por outro lado, o fazem de maneira inconsciente. Para esses indivíduos, parece ser impossível viver qualquer sensação de bem-estar. De acordo com especialistas, para as pessoas autodestrutivas, destruir-se sem saber o porquê e viver carregando carga excessiva de raiva e agressividade voltada ao próprio corpo é extremamente normal.

5 - Sacrificar-se pelos outros

No caso de uma pessoa autodestrutiva, esse tipo de ato altruísmo assume outro significado. Isso ocorre porque esse tipo de pessoa se anula para melhorar a vida dos outros. Com relativa facilidade, a pessoa autodestrutiva sempre renuncia o próprio bem-estar para satisfazer as necessidades dos outros.

6 - Não se defendem diante do abuso

Uma pessoa autodestrutiva não sabe se defender. De fato, eles não sentem que têm o direito de proteger os interesses. Além disso, essas pessoas sempre sentem que não possuem recursos suficientes para evitar danos. De um jeito ou de outro, as pessoas autodestrutivas acreditam que os outros são livres para provocar abusos.

7 - Sabotam relações funcionais

Para uma pessoa autodestrutiva, é difícil estabelecer laços com outras pessoas. No fundo, eles são convencidos de que não são dignos de amor, atenção e até mesmo de amigos. Muitos chegam a viver na solidão. Por quê? Bom, porque, para a pessoa autodestrutiva, é muito difícil ser honesta consigo mesma. Ela não consegue reconhecer os seus sentimentos e emoções, mas tenta, inconscientemente, mantê-los escondidos. Faz todo tipo de racionalizações, para justificar o seu comportamento, e se recusa a admitir que tem um problema.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+