• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 invenções que você não sabia que tinham vindo dos militares

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      30/05/19 às 17h48

Quando falamos de militares, estamos nos referindo a membros, instituições, instalações, equipamentos, veículos e tudo o que faz parte de uma organização autorizada a usar a força. Geralmente, isso inclui armas de fogo. Além disso, o termo também é usado para se referir a qualquer propriedade ou aspecto dessas organizações.

Às vezes, limitamos os militares às armas, mas eles não produziram apenas isso. As invenções dos militares são todas sobre como tornar as coisas tão eficientes quanto são possíveis. E alguns desses produtos inventados pelos militares foram tão bons que acabaram indo para a vida dos civis, para também facilitá-la. É bem provável que você já tenha usado alguma dessas invenções e não tenha ideia da origem. Mostramos alguns exemplos nesta lista.

1 - GPS

Pensar em um mundo sem GPS hoje em dia é quase impossível. E em 1964, as Forças Armadas dos EUA viram a necessidade de um sistema de navegação para que as pessoas não precisassem parar na rua e pedir informações. Durante a Guerra Fira, o cientista Roger Easton começou a mexer com um sistema para descobrir exatamente que tipo de satélites a União Soviética estava sobrevoando lá.

Uma década depois, ele criou um sistema chamado "Sistema de Navegação utilizando Satélites e Técnicas de Variação Passiva". Esse sistema já incorporava as principais características do Sistema de Posicionamento Global. Depois de aprovado o financiamento, o governo percebeu que as pessoas também se beneficiariam com a invenção. E hoje está disponível gratuitamente.

2 - Super cola

A super cola é uma invenção da Segunda Guerra Mundial. Ela começou com os cientistas da Eastman Kodak, nas tentativas de projetar miras de armas para os militares. Durante o projeto, eles descobriram que algumas das coisas que surgiram tinham propriedades interessantes. Então eles revestiram substâncias para criar o adesivo.

O inventor real da super cola foi Harry Coover. O que esse inventor não previa, era que sua invenção seria usada na Guerra do Vietnã, onde os médicos usavam uma versão pulverizada para parar o sangramento.

3 - Comida enlatada

Essa invenção militar é datada de 1795. Napoleão Bonaparte tinha oferecido um prêmio para quem descobrisse um jeito de conservar a comida de modo eficiente. Durante 15 anos, o prêmio nunca foi reivindicado. Até que o confeiteiro Nicolas Francois Appert apresentou seu método de aquecer, ferver e selar a comida em potes de vidro.

A invenção foi aperfeiçoada pelo inglês Peter Durand, que inventou uma lata de estocagem de ferro grosso, revestida com estanho. A adição dos toques finais dos alimentos veio dos militares. Foi o Centro de Sistemas Natick Soldier, uma instalação do Exército dos EUA, que procurou como fazer os alimentos durarem muito.

4 - Ambulância

Assim como a comida enlatada, as ambulâncias também vieram de Napoleão. O cirurgião francês Barão Dominique Jean Larrey participou da maioria das Guerras Napoleônicas e viu que o melhor para todos era o tratamento rápido dos soldados. Então, ele desenvolveu o que foi chamado de ambulância voadora. Isso era uma carruagem puxada por cavalos, que tirava os soldados rapidamente do campo de batalha.

A dedicação desse militar com os soldados feridos foi admirável, já que na época se pensava que os soldados feridos eram desnecessários.

5 - Relógio de pulso

Primeiramente, os relógios de pulso eram vistos como um item de brincadeira. Mas, durante a grande guerra, isso foi mudado. Os telefones e aparelhos de sinalização exigiam que as pessoas soubessem que horas eram. E a única forma de um soldado poder ver rapidamente as horas, era com o relógio de pulso. Então, os benefícios do relógio de pulso eram óbvios para serem ignorados, e até mesmo os civis começaram a usá-lo.

6 - Internet

A chamada ARPANET era um grande produto da agência de pesquisa do departamento de defesa dos EUA, chamada Agência de Projetos de Pesquisa Avançada. Essa rede foi construída em 1969, para conectar os mainframes de várias universidades, empreiteiros de defesa e instituições governamentais. O objetivo era trazer a computação para as linhas de frente.

A ARPANET não vingou por suas exigências de uso, como por exemplo computadores gigantes. Mas o sistema deixado deu bastante espaço para os cientistas mexerem. E em 1974, os pesquisadores Robert Kahn e Vint Cerf fizeram a semente da internet propriamente dita.

7 - Fita adesiva

A ideia para a fita adesiva surgiu em 1943, com um empacotador de munições chamado Vesta Stoudt. Ele percebeu que as embalagens estavam seladas com fita adesiva fina e suas abas abriam com frequência. Então o homem trouxe a solução, uma fita impermeável forte e à base de pano que fecharia as caixas com eficiência.

Como os superiores diretos de Stoudt não o escutaram, ele mandou uma carta para o presidente Franklin D. Roosevelt. O presidente gostou da solução e mandou uma carta para o Conselho de Produção de Guerra. A fita então foi aprovada para produção e os militares se apaixonaram por ela. E eles a usam até hoje para consertar tudo, desde botas a jipes.

Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Imagens Toptenz
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+