icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 leis ridículas que ainda são aplicadas em alguns lugares do mundo

POR Natália Pereira EM Curiosidades 29/06/18 às 16h12

capa do post 7 leis ridículas que ainda são aplicadas em alguns lugares do mundo

Apesar de acharmos que algumas coisas deveriam estar prescritas na lei de todos os países, por fazer parte de uma moral social em que consentimos, as coisas não são bem assim. O fato é que, querendo ou não, muitas delas acabam se divergindo de um país para o outro. E, em alguns casos, até mesmo de estado em estado. Mas, ainda que não estejam em vigor no nosso país, é bom conhecer pelo menos um pouco delas.

Isso porque, se você é do tipo que quer viajar pelo mundo, é bom saber o que te espera por lá. E o que, por mais sem lógica que pareça, pode fazer com que você seja preso. Afinal, é claro, não queremos que isso aconteça, não é mesmo? Mas, pensando bem, o que poderia ser assim tão ridículo para chocar as pessoas a ponto de vir parar nessa lista? Acredite, ainda nos dias de hoje, existem infinitas possibilidades para isso e, para ser bem sincera, uma pior que a outra!

1 - As horas de silêncio na Alemanha

Aqui no Brasil, por exemplo, sabemos que não é permitido fazer nada realmente barulhento depois das 22 horas e, caso você quebre essa regra e alguém reclame, você pode ter problemas. Mas, ainda assim, isso acaba não sendo muito respeitado em alguns momentos e, se você é esse tipo de pessoa, com certeza, não iria suportar viver na Alemanha. Afinal, o país criou uma lei ainda mais rígida para isso.

Acontece que o território da Alemanha acaba por abrigar mais de 82 milhões de pessoas e, levando em consideração o seu tamanho, isso fez com que eles desenvolvessem uma lei chamada de 'Ruhezeit'. A sua função é determinar os horários do dia em que as pessoas não podem fazer barulho. E, apesar de poder ser diferente de um estado para o outro, elas costumam incluir os seguinte horários; das 20:00 da noite até as 6:00 do outro dia e, em alguns casos, das 1:00 da tarde até as 3:00 do mesmo dia. Além disso, o mais interessante é que todos os horários dos domingos e feriados também são inclusos na lei.

2 - Investimento em arte no estado de Wyoming

Pode ser absurdo querer obrigar alguém a investir o seu dinheiro em arte mas é exatamente isso que uma lei de Wyoming  se dispõe a fazer. Esse estado americano afirma que qualquer construção que custe mais de US$100 mil, o equivalente a R$386 mil, deve investir ao menos 1% do seu custo total em obras de arte para o estabelecimento. É bom que eles valorizem a arte mas, ainda assim, essa obrigatoriedade continua sendo estranha!

3 - Proibido usar o Wi-Fi sem permissão em Singapura

Estamos acostumados a ir na casa de amigos ou familiares e já buscarmos logo a conexão com o Wi-Fi da residência, certo? Bom, acredite ou não, se você fizer isso em Singapura pode correr o risco de ser preso. Isso porque, nesse país, você precisa pedir uma permissão antecipada sempre que for usar a rede de alguém. Caso contrário, você pode ser condenado a até 3 anos de prisão e ainda ter que pagar 10 mil dólares, cerca de 30 mil reais, como multa.

A estranha lei está em vigor desde 2006 e faz parte do Ato de Uso Incorreto e Cibersegurança, que passou a considerar essa ação um ato ilegal como o dos hackers. No mesmo ano, um menino de 17 anos acabou sendo o primeiro condenado pelo crime. E, por ser menor de idade, ele foi liberado em liberdade condicional por 18 meses sem poder usar internet.

4 - Uso único da Netflix no Tennessee

Você já compartilhou a sua seja da Netflix com algum amigo ou familiar? É provável que sim e, por incrível que pareça, você poderia ser condenado a 1 ano de prisão e a pagar uma multa de US$2,500 por fazer isso no estado do Tennessee, nos Estados Unidos. Essa lei acaba sendo bem estranha, principalmente se você levar em consideração que a própria plataforma permite planos compartilhados. Além disso, ela vale para todos os serviços voltados para o entretenimento e não apenas para a Netflix.

5 - Bêbados em bares do Alasca

Bom, por mais contraditório que isso pareça, é proibido ficar visivelmente bêbado nos bares do Alasca. Essa lei acaba sendo especialmente estranha se você levar em consideração o fato de que praticamente todos aqueles que vão aos bares escolhem o local para beber, certo? Mas, ainda assim, essa lei acabou entrando em vigor em 2012 depois que o governo estadual percebeu que grande parte dos crimes cometidos por lá eram realizados por pessoas embriagadas.

Para impedir que alguém cometa esse crime, alguns policiais acabam vistoriando os bares e os clientes que nele estão. E, assim que alguém é visto bêbado, o reforço é acionado para que uma prisão seja efetuada. Além disso, os bartenders e os donos dos bares também correm o risco de serem punidos por isso. Afinal, lá também é proibido vender bebida para alguém que já esteja bêbado.

6 - Os chicletes de Singapura

Todos amam chicletes, certo? Mesmo que isso seja verdade, mascar, vender ou portar o produto é um crime em Singapura desde 1992. O fato é que, depois de ver como as pessoas do país tinham o habito de pregar os chicletes mascados em locais públicos como na porta dos trens ou nas paredes e calçadas da rua, a lei acabou sendo implantada com o objetivo de deixar as ruas mais limpas.

No ano de 2000, o primeiro ministro Lee Kuan Yew acabou sendo questionado pela BBC pelo fato de que mascar chicletes pode ajudar na criatividade. Ele respondeu que mascar chicletes era um crime e que se você precisava fazer isso para ser mais criativo então poderia mastigar outra coisa, como uma banana. Em 2004, a lei acabou sofrendo algumas alterações. Agora, é permitido a venda medicinal do chiclete. Sendo que, para comprar e usar, você precisa de uma receita médica para isso.

7 - Carros sujos na Rússia

Se você é do tipo que gosta de ter o carro sempre limpinho então provavelmente não teria problemas na Rússia. Caso contrário, as coisas poderiam não acabar bem para o seu lado. Isso porque, no país, é proibido andar com o carro sujo. A estranha lei está em vigor desde 2006 mas ainda é um pouco vaga. Afinal, apesar de indicar a proibição, ela não afirma o quão sujo o carro deve estar para que você possa ser punido.

Em busca de uma resposta para isso, o jornal Izvestiya acabou abordando uma pesquisa afirmando que 46% das pessoas consideravam um carro sujo quando a sua placa não pudia ser vista por conta da sujeira. Ainda assim, é melhor não correr esse risco e manter o seu carro sempre limpo por lá, não é mesmo? Mas e aí, o que acharam dessas leis absurdas? Acham que elas são realmente ridículas?


Próxima Matéria
avatar Natália Pereira
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest