• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 livros misteriosos nunca decifrados até hoje

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      16/09/19 às 18h45

Existem muito mais livros no mundo, do que aqueles listados na Amazon ou em qualquer outra livraria famosa. Muitas obras literárias misteriosas, entre as quais muitas são de autores desconhecidos e descrevem histórias esquecidas ou mundos fantásticos. Existem livros tão misteriosos que, até hoje, ninguém nunca foi capaz de lê-los. Afinal, eles usam linguagens estranhas, em códigos enigmáticos, que se tornam quase impossíveis de decifra. Alguns deles até com ilustrações e imagens bastante peculiares que retratam acontecimentos, que nunca vimos.

Para muitos estudiosos, esses livros são intencionalmente deixados para trás com o intuito de nós confundir. Em contrapartida, outros insistem que esses livros contêm ensinamos e verdades antigas reveladoras e que precisam ser traduzidas. Contudo, esses escritos em línguas e alfabetos desconhecidos fascinam os historiadores e decifradores. Muitos deles veem isso como um desafio. Entre esses livros, há manuscritos egípcios, etruscos, medievais e até contemporâneos que até hoje nunca foram decifrados. Confira a seguir, 7 desses livros indecifráveis mais conhecidos, hoje em dia.

1 - O Código Voynich

Encontrado em 1912 em meio a dezenas de livros em uma biblioteca jesuíta italiana, o Código Voynich é até hoje um dos maiores mistérios da criptografia. Os historiadores suspeitam que o manuscrito seja datado de 600 anos atrás. Desde a sua descoberta há mais de 100 anos atrás, vários dos principais decifradores do mundo tentam sem sucesso resolver o enigma de Voynich. O manuscrito apresenta além de um alfabeto desconhecido, várias ilustrações de figuras estranhas. Sendo assim, o seu conteúdo permanece um mistério. Inclusive já foi lançado até uma campanha oferecendo uma recompensa para quem conseguir traduzir o que está escrito no livro.

2 - Codex Seraphinianus

O Codex Seraphinianus é um livro escrito ao longo da década de 1970, e que foi publicado em 1981. Em 400 páginas, a obra dá detalhes de um mundo imaginário e tudo à sua volta. A matemática, a arquitetura e a escrita de estranho mundo. O livro foi escrito em duas línguas inventadas, e talvez por esse motivo que o texto ainda não tenha sido decifrado e traduzido.

3 - Codex Rohonczi

Contendo 448 páginas, o Codex Rohonczi é um dos manuscritos mais bizarros dessa lista. "Isso é indecifrável, escreveram qualquer coisa". Esse foi o parecer oficial dos estudiosos alemães que investigaram por anos o tal manuscrito misterioso. Encontrado na Romênia, o Codex Rohonczi tem um dialeto semelhante a um idioma secreto dos velhos húngaros. Isso sugere que haja uma língua desconhecida da região, algo parecido com o latim vulgar.

4 - Liber Linteus Zagrabiensis

Usado para cobrir uma múmia, do século III a.C, o Liber Linteus Zagrabiensis é o único livro de linho do mundo. Trata-se do manuscrito etrusco mais longo já encontrado, e que, até hoje, continua sem tradução completa. Isso porque algumas palavras soltas já foram decifradas. Acredita-se que se trate de um calendário religioso.

5 - The Box of Crazy

Embora esse manuscrito tenha sido escrito em um idioma conhecido, o seu conteúdo ainda foge da compreensão comum. O The Box of Crazy foi encontrado dentro de uma mala, jogada numa lata de lixo nos Estados Unidos, em 2014. Junto, estavam alguns documentos sobre OVNIs e quase 100 imagens misteriosas, de coisas jamais vistas pelo homem. Praticamente todo conteúdo do material está relacionado a discos voadores, alienígenas e planos de invasão.

6 - Oera Linda

Acredita-se que Oera Linda possa ter sido escrito em 1256,  mas não há um consenso sobre isso. Muita gente ainda acredita se tratar de um livro falso, escrito no século 19. O que se sabe, sobre o livro, é que ele aparentemente descreve várias catástrofes e faz menção à cidade perdida de Atlântida, mas seu real significado ainda não foi revelado.

7 - O Livro de Urântia

O Livro de Urântia é datado de algum momento, entre 1924 e 1955. E foi descoberto em Chicago, nos Estados Unidos. Ninguém vivo sabe quem o escreveu, o que dificulta, ainda mais, para decifrar o seu real sentido. Acredita-se que o livro fale sobre assuntos religiosos, como o significado da vida, ciência e filosofia.

E você, já tinha ouvido falar sobre algum desses livros? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+