icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 livros simples para pessoas que não leem há muito tempo

POR Bruno Destéfano    EM Curiosidades      26/07/19 às 19h04
capa do post 7 livros simples para pessoas que não leem há muito tempo

Para reconquistar hábitos, precisamos de tempo e bastante calma. Não dá para retomar leituras complexas de uma hora para outra (e você nem precisa fazer isso). A paciência sempre é a chave de negócio, ainda mais porque a leitura é uma atividade que ajuda você a escapar da realidade e a mergulhar em outro universo. Por que fazer disso uma tortura? Não precisa. Os livros que lemos nos ajudam a entender melhor o mundo e a formar ideias. E, bem, alguns deles também nos dão citações que afetam tanto que acabamos até tatuando uma coisa ou outra. São capazes de levar você para mundos nunca visitou antes. Seja o universo fantástico de Harry Potter ou para o mundo onde a culpa é das estrelas. Preparamos uma lista branda com 7 livros simples para pessoas que não leem há muito tempo. Confira!

Nem todos nós desenvolvemos nosso hábito de leitura desde a infância e está tudo bem. Pode ser um negócio confuso por causa da quantidade de livros disponíveis, mas vale a pena se aventurar. Saiba por onde começar para que você possa facilmente iniciar um caso de amor com os livros. É um caminho sem volta.

1. O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald

A história é narrada por Nick Carraway, mas é principalmente sobre um misterioso homem rico chamado Jay Gatsby. Jay é um milionário conhecido por suas festas luxuosas. Mais tarde, Nick descobre que o milionário só mantinha estas festas na esperança que Daisy, seu antigo amor, fosse a uma delas por acaso.

Ou seja, as festas extravagantes são uma tentativa dela se tornar parte de seu mundo. Gatsby é mais obcecado com Daisy do que apaixonado por ela e está tentando o seu melhor para fazê-la se apaixonar. Mas a questão é: ele consegue? Será que ele finalmente recebe uma reciprocidade por seu amor? Esse é um dos livros simples para pessoas que não leem há muito tempo.

2- Diário de Pandora, da Fatos Desconhecidos

Você já deve ter ouvido falar sobre a história da caixa de Pandora. Quando Deus criou a humanidade, ele teria aprisionado todo o mal dentro de um baú mágico. Pandora, em sua curiosidade, teria aberto e espalhado todos os horrores pelo mundo. É assim que começa o livro da Fatos Desconhecidos. A premissa se desenrola em três grandes histórias, baseadas nos escritos da personagem em seu diário.

Depois de ter sido banida do paraíso, Pandora entregou o seu livro para os seres humanos, narrando sobre todo o mal liberto por sua impulsiva atitude. Esse é o nosso primeiro livro e você pode adquiri-lo no site da Amazon, clicando (CLIQUE AQUI).

3- O apanhador no campo de centeio, de JD Salinger

Este livro foi originalmente publicado para adultos. Porém, ao longo dos anos, tornou-se popular com todos os leitores adolescentes passando por uma fase de rebelião. O protagonista Holden Caulfield foi expulso de sua escola devido às suas notas baixas. Ele está em um lugar confuso na vida e não pode nem imaginar contar aos pais sobre todas as turbulências.

O livro conta a jornada de Holden, que descobre que está perdendo a infância para entrar no mundo dos adultos. Como qualquer adolescente, ele acha difícil e até planeja fugir para se tornar um recluso. No entanto, você precisa ler o livro para ver se ele realmente faz isso. Esse é um dos livros simples para pessoas que não leem há muito tempo.

4- Sita conta o Ramayana, de Devdutt Pattanaik

Este livro é excelente por sua capacidade de fazer os leitores se aquecerem para uma importante reviravolta no Ramayana. Ele narra a saga do príncipe Rama, cuja mulher, Sita, foi raptada pelo demônio Ravana, rei de Lanka.  Contada através dos olhos de Sita, o enredo irá te levar através da jornada do Ramayana, mas será Sita contando sua versão dos eventos.

De uma esposa leal que segue seu marido até a floresta até uma mãe criando seus filhos sozinha, esta história trará o caráter de Sita e fará com que você a respeite ainda mais.

5. O Caçador de Pipas, de Khaled Hosseini

Amir e Hassan são jovens que passam os dias brincando juntos, mas há algo que os divide. É a diferença de classe social. Amir é um rico menino pashtun, mas Hassan é filho de seu servo. Assef, um valentão, muitas vezes insulta Amir por ser amigo de uma pessoa "inferior".

No torneio local de pipas, Amir vence e Hassan corre para pegar a última pipa cortada. Ele consegue, mas é apanhado por Assef e sua gangue. Amir presencia tudo o que eles fazem com o seu amigo, mas está com muito medo para salvá-lo.

É algo que ele não pode se perdoar. Mas, anos depois, tem a oportunidade de se redimir. Amir consegue levantar a voz contra as atrocidades desta vez? "O Caçador de Pipas" é uma história sobre crescimento e amizade. Leitura obrigatória. Esse é um dos livros simples para pessoas que não leem há muito tempo.

6. As aventuras de Alice no País das Maravilhas, de Lewis Carroll

Todos nós já ouvimos falar dessa história. Todos nós conhecemos Alice. No entanto, a literatura infantil pode lhe dar uma nova perspectiva quando lido em outros momentos da vida. A história começa quando Alice vê um coelho branco usando um colete. Ela decide segui-lo e uma série de eventos estranhos começam a acontecer.

Há criaturas que ela conhece e experiências que ela adquire. O livro pode ser interpretado como uma metáfora para a vida. No final, é sempre bom manter sua imaginação viva e acreditar que somos todos um pouco... loucos.

7- O Sol é para todos, de Harper Lee

"O Sol é para todos" é um romance vencedor do Pulitzer, escrito por Harper Lee e lançado em 1960. Foi um sucesso instantâneo, se tornando um dos maiores clássicos da literatura norte-americana moderna.

O romance lida com questões sérias como o estupro e a desigualdade racial, mas através dos olhos de duas crianças: Jean Finch e seu irmão mais velho, Jeremy. Ambos vivem com seu pai viúvo Atticus, que por acaso é advogado. Esse é um dos livros simples para pessoas que não leem há muito tempo.

Atticus é solicitado a defender um homem negro acusado de estuprar uma mulher branca. A cidade inteira é contra isso, mas Atticus decide defender o homem e trazer a justiça.

Uma história de extrema coragem e a triste realidade da desigualdade racial. Este livro ensina como olhar para as pessoas como seres humanos em vez das várias fronteiras descomunais.


Próxima Matéria
avatar Bruno Destéfano
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest