icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 maiores crises financeiras da história

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      15/04/20 às 17h50
capa do post 7 maiores crises financeiras da história

Quando pensamos em crise financeira logo nos lembramos de 2008. Nesse ano o dinheiro estava correndo fartamente nos corredores de Wall Street e a festa parecia nunca acabar, poucos viram que uma crise financeira brutal estava a caminho. Mas a verdade é que ela não foi a primeira e está longe de ser a última crise.

A história está cheia de exemplos de crises , que aconteceram quando se mexe demais na economia. Mas mesmo que saibamos quais são as consequências, esse parece ser um padrão que se repete sempre. Algumas das crises financeiras se resultaram de um sociedade que não sabiam como o dinheiro funcionava. Mas outras foram causadas por ganância corporativa. Independente do motivo, mostramos aqui algumas das maiores crises financeiras da nossa história.

1 - Crise das tulipas de 1637

No século XVII, quase todos os países da Europa Ocidental estavam preocupados em expandir suas fronteiras. Mas a Holanda tinha acabado de ser apresentada às tulipas da Turquia. O país gostou tanto que começou a comprá-las e vendê-las. No começo, as flores eram restritas para a elite,  mas logo mais, quase todos tinham acesso a elas.

As pessoas estava hipotecando suas casas para comprar variações caras e belas da flor, na esperança de que alguém comprasse delas. Isso claramente foi uma receita para o desastre, já que tulipas não tem um valor tão alto. E quando a bolha estourou, as pessoas começaram a tirar seu dinheiro investido em usinas. E a economia holandesa viu um de seus maiores e primeiro colapso financeiro. As tulipas perderam o valor da noite para o dia. E muitas famílias de classe média perderam suas economias.

2 - Choque de preço do petróleo da OPEP em 1973

O Oriente Médio foi pano de fundo de vários eventos importantes do século passado. E uma das coisas mais devastadoras foram as crises energéticasm no fim dos anos 1960 e começo dos anos 1970. E o pior foi o embargo de petróleo dos países produtores do Oriente Médio, que eram conhecidos como OPEP.

Ele aconteceu em 1973, logo depois da Guerra do Yom Kippur. Isso foi feito para punir os aliados de Israel na guerra. Esse embargo fez com que o mundo ocidental sofresse uma pequena recessão. Além de fazer vários países acharem outros lugares para suprirem sua necessidade de petróleo.

3 - Crise da dívida europeia

A crise de 2008 teve um impacto maior nos países em desenvolvimento. Mas ela também afetou lugares mais desenvolvidos, como por exemplo a Europa. Os países europeus estão passando por muita coisa, nesses últimos anos. Inclusive, a sua crise da dívida.

Essa crise, que foi identificada pela primeira vez em 2011, se concentrou em cinco países. Foram eles Itália, Grécia, Portugal, Espanha e Portugal, porque esses países tem a maior dívida acumulada. Nos últimos anos o problema piorou e foi responsável por vários eventos importantes. Como por exemplo o rápido aumento de partidos  populistas radicais e uma economia essencialmente paralisada.

4 - Crise de Suez de 1956

O Canal de Suez teve uma posição insubstituível no comércio global, por quase toda a história da civilização. Ele dá uma passagem crucial para o comércio entre as potências europeias e suas colônias no Oriente. E controlá-lo, durante uma grande parte da história, era a mesma coisa que controlar o mundo. Por isso, ele foi a causa de vários conflitos.

Em 1956 o Egito decidiu que ia nacionalizar o Canal de Suez e assumir o seu controle. Ela pode não ser uma grande crise financeira se comparada com as outras, mas na época era enorme.

5 - Crash de 2008

Essa crise foi, de longe, um dos eventos mais importantes do nosso tempo. E os efeitos dela ainda podem ser observados em várias regiões do mundo. A crise foi causada por um mercado imobiliário inflado artificialmente. E esse mercado estava emaranhado com a economia global.

O resultado disso foi que a crise de 2008 acabou sendo o maior choque financeiro global desde a queda de 1929.

6 - Grande Depressão

Além da falha financeira, é a gravidade das consequências a longo prazo, que fazem com que essa seja a pior crise financeira da história humana. Vários foram os fatores que levaram à queda de 1929. Mas os de costume foram a ganância corporativa, os vários excessos de Wall Street e a crença que o mercado de ações iria continuar subindo sem parar indefinidamente.

A maior consequência dessa crise foi a Segunda Guerra Mundial. E não é exagero dizer que a Grande Depressão preparou o cenário para quase todos os eventos dos outros 20 anos.

7 - Crise do coronavírus

Por mais que ela não seja uma crise financeira na história, por ainda estar em andamento, ela merece um lugar na lista. De acordo com alguns analistas, essa pode ser a maior crise financeira de todos os tempos. Isso porque pela primeira vez na história, setores inteiros correm risco.

Além também de o mundo desenvolvido ter sido brutalmente afetado pelo vírus.


Próxima Matéria
Via   Toptenz  
Imagens Toptenz
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest