• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maiores deformidades causadas pelos incestos de realezas

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      05/12/19 às 13h35

Já vimos em Game of Thrones, recentemente, casos de incesto que chamaram a atenção de todos. Cersei e Jaime Lannister mostraram isso inúmeras vezes. Supõe-se que Daenerys, conhecida como mãe dos dragões, seja um produto de uma incestuosa tradição Targaryen. Essa teria remontado gerações e. No entanto, o que não é retratado é que esse tipo de prática pode levar a consequências terríveis, tanto psicológicas, quanto físicas. Hoje, temos mais informações de que incestos podem gerar crianças com os mais diversos tipos de problemas. Alguns casos até resultam em morte da criança pós nascimento, por exemplo.

As doenças e deformações causadas pela consanguinidade real eram menos sutis antigamente. Os casos de incestos em famílias reais na Europa foram tão intensos que, até hoje, podemos encontrar diversas notícias sobre isso. E foi pensando nisso que resolvemos trazer essa matéria. A redação da Fatos Desconhecidos buscou e listou para você, caro leitor, algumas das maiores deformidades causadas por esses incestos da realeza europeia. Se você souber de algum outro caso que não listamos, manda pra gente aí embaixo. Sem mais delongas, confira conosco a seguir.

Deformidades causadas por incestos da realeza

1 - Hemofilia

A hemofilia é um distúrbio hemorrágico raro. Esse distúrbio impede a coagulação do sangue. Isso quer dizer que as vítimas tendem a sangrar sem parar. Até mesmo pequenos inchaços podem resultar em hemorragia interna. Embora não seja ela quem popularizou os incestos reais, a Rainha Victoria está entre os principais culpados de disseminação da doença. Carregando o gene, ela casou-se com seu primo de primeiro grau. A junção do DNA dos dois resultou em sérios problemas. Inclusive, na hemofilia ainda mais forte nos filhos. Um dos filhos do casal e cinco netos morreram disso.

2 - Deformação do crânio

Os egípcios antigos também praticavam muitos incestos. Isso resultava em deformações no crânio, estranhamentos alongados nas costas. Diversos crânios assim, já foram encontrados em tumbas reais, inclusive. Conforme estudiosos, irmãos e irmãs se casaram com frequência, assim como mães e filhos, primos e primas e etc. A dinastia Ptolomaica, a qual pertencia Cleópatra, adotou essa prática. A rainha se casou com seu próprio irmão. Seus filhos nasceram com problemas no crânio e com a falta de alguns ossos.

3 - Infertilidade

Diversos casos de incesto resultam em abortos ou natimortos. Relações incestuosas são comumente inférteis. No entanto, os sistemas reprodutivos infuncionais também são um resultado da consanguinidade constante. Nesses casos, a gravidez nem sequer pode ocorrer. A linha espanhola da Casa de Habsburgo, por exemplo, foi extinta com a morte de Carlos, o Enfeitiçado. Por causa dos casamentos entre parentes, as pessoas não se reproduziam e assim, desapareceram.

4 - Fenda Palatina

Uma fenda palatina acontece, quando o céu da boca não é formado completamente. Isso deixa o palato aberto. Essas fissuras dificultam a deglutição, mastigação e a respiração. Do mesmo modo, tendem a mais incitar complicações. O rei Tuf, por exemplo, sofria desse mal e provavelmente foi resultado do casamento de seus pais, que eram parentes de primeiro grau.

5 - Membros fundidos

A tribo Vadoma, muito nobre em Zimbábue, sofria disso. Devido aos incestos cometidos pela "família real", as novas gerações foram nascendo com esse problema. Eles tinham partes do corpo fundidos. Seus pés, por exemplo, pareciam ter menos dedos. Isso lhes rendeu o apelido de "povo avestruz".

6 - Escoliose

A escoliose é descrita como uma curvatura anormal, na coluna vertebral. Essa se inclina para um dos lados das costas e faz com que as pessoas se pareçam curvadas. Embora a escoliose seja muito comum fora do incesto, a consanguinidade faz com que tudo piore. Diversos membro de realezas distintas na Europa sofriam disso. Isso acontece por causa da semelhança genética, que é um fator muito importante para prever a condição.

8 - Deformidade maxilar

Membros da Casa de Habsburgo, que governavam diversos países, como a Áustria, Espanha e Portugal sofreram disso. Os membros dessa família procriavam entre si, para se manterem no poder por mais tempo. O resultado disso? O maxilar muito avantajado, maior do que o normal.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+