• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maiores guerreiros históricos

POR Arthur Porto    EM Curiosidades      11/02/20 às 18h34

Nem todo mundo sabe, mas a história da humanidade foi ilustrada por grandes guerreiros. Por isso, resolvemos compilar aqui, nesta lista, a combinação de duas das nossas pautas preferidas: história antiga e seres que foram treinados para lutar até a morte.

Os guerreiros que vamos citar aqui fizeram parte de civilizações já extintas. Em contrapartida, o fato de não existirem mais não elimina a bravura que os moveram em meio às grandes batalhas.

Portanto, confira agora, quais foram os seres mais sanguinários de todos os tempos.

1 - Astecas

Os guerreiros astecas foram extremamente cruéis em batalha. Para lutar, eles, geralmente, se vestiam como animais. Muitos trajavam roupas feitas com penas ou pele de onça. De acordo com historiadores, esses guerreiros utilizavam como armas pedaços de paus, arcos e flechas. Sim, hoje, as consideramos armas primitivas. Porém, em vida, os astecas as utilizaram com grande eficácia. Os "tosquiados" foram os maiores guerreiros. Em contrapartida, muitos foram derrubados pelos espanhóis, que em batalhas utilizaram armas muito mais modernas.

2 - Mongóis

Os guerreiros mongóis eram bárbaros e selvagens. Eles dominaram a Europa e a Ásia. Segundo relatos, esses guerreiros foram liderados por um dos maiores comandantes militares da história, Genghis Kahn. Mesmo sendo selvagens, eram altamente disciplinados e dominavam o uso do arco e flecha, assim como os astecas. Além disso, dominavam também o uso de lanças e cimitarras. E, por fim, eram mestres da intimidação. Não é à toa que construíram um dos maiores impérios que o mundo já viu.

3 - Mamluks

Os guerreiros mamluks eram escravos que, durante a Idade Média, serviram os califas muçulmanos e os sultões ayubidas. Com o tempo, eles se tornaram uma poderosa casta militar. Das batalhas travadas por esses guerreiros, a que merece destaque foi a que os levaram a conquistar o Egito, especificamente entre 1250 e 1517. Esses guerreiros, basicamente, foram movidos por códigos que incluíam valores como coragem, generosidade, etc.

4 - Legião Romana

O exército romano criou um império extremamente poderoso. Os guerreiros, que formavam uma infantaria pesada, trajavam armaduras e utilizam escudos. As vestimentas eram inspiradas nos antigos gregos. Eles eram mestres em manusear espadas e lanças. Além disso, os guerreiros que faziam parte desse exército eram ricos. Basicamente, eram movidos pela disciplina e por estratégias.

5 - Apache

Os guerreiros apaches foram considerados por muitos estudiosos como os ninjas da América. Assim como os astecas, eles também usavam armas primitivas. Porém, aqui, a maioria eram feitas de madeira e osso. Entre as armas de destaque está o machado. Esses guerreiros também foram os maiores lutadores que o mundo já viu. Afinal, foram eles que, quando ainda em vida, aterrorizaram o sudoeste dos Estados Unidos. De acordo com relatos históricos, até militares tiveram problemas para vencê-los.

6 - Samurais

Os samurais foram guerreiros profissionais que surgiram no Japão feudal do século XII. Nessa época, o poder era determinado pela propriedade da terra, o que gerava desordem e banditismo na área rural e forçava os proprietários a organizarem milícias para se defender. Nesse ínterim, os bons de briga tornaram-se uma casta militar importante. Tal casta apoiou e protegeu o governo que, em 1192, tomou o poder das mãos da aristocracia civil. Os samurais obedeciam a um rigoroso código de ética e conduta, o bushido. O código pregava absoluta retidão de caráter e lealdade ao senhor feudal.

7 - Ninjas

Capazes de desaparecer numa nuvem de fumaça, esses guerreiros foram espiões, informantes e assassinos. E subverteram os métodos de combate dos samurais. Subprodutos da tradição samurai, os ninjas, em essência, eram guerreiros experts em lutas marciais, que atuavam dentro do serviço de inteligência do poder japonês. Grande número desses lutadores vinha de classes sociais desfavorecidas, então seus modos de agir, nebulosos e furtivos, eram o exato oposto dos ideais de nobreza, cultivados pelos samurais, avessos ao ataque "pelas costas".

Próxima Matéria
Via   List Verse  
Imagens List Verse
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+