• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maiores mitos sobre as mudanças climáticas que acreditamos

POR Bruno Destéfano    EM Ciência e Tecnologia      06/05/19 às 19h44

De acordo com o site EarthDay.org, o nível global do mar está subindo de maneira progressiva - 17 centímetros (6,7 polegadas) desde o último século. As temperaturas da superfície estão estabelecendo novos registros de calor a cada ano. Por outro lado, as camadas de gelo continuam a declinar e as geleiras estão recuando globalmente. Nossos oceanos estão mais ácidos do que nunca e definitivamente já estamos experimentando os impactos da mudança climática em nível local, regional, nacional e mundial. Não há como negar que as atividades humanas, incluindo a queima de combustíveis fósseis e a destruição de nosso ambiente natural, estão por trás do aquecimento global. No entanto, está mais do que na hora de entendermos o que circunda o fenômeno. Só com a análise dos fatos é possível encontrar um caminho mais eficiente na busca de soluções viáveis. Acompanhe a lista para entender quais são os 7 maiores mitos sobre as mudanças climáticas que acreditamos.

Os cientistas acreditam que as temperaturas globais continuarão a subir nas próximas décadas. Um dos principais motivos? Gases de efeito estufa produzidos pelas atividades humanas. O Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC) prevê um aumento de temperatura de 2,5 a 10 graus Fahrenheit no próximo século.

1. Cientistas não acreditam que o aquecimento global é causado pela ação humana

O consenso não é 100%, mas é quase isso. A Union of Concerned Scientists analisou ao menos 10 mil artigos científicos e descobriu que mais de 97% deles refere-se à atividade humana como a principal causa. Esse número é aproximadamente equivalente à quantidade de cientistas que concordam sobre a existência de propriedades cancerígenas na nicotina.

2. A mudança climática reside apenas no aumento de CO2

De acordo com a Skeptical Science, à medida que as temperaturas globais sobem, o aquecimento dos mares libera CO2 na atmosfera. Dessa maneira, o planeta fica mais quente e faz com que os mares liberem ainda mais CO2. A mudança climática foi desencadeada pelas atividades humanas, mas o aumento de CO2 não precedeu o aumento da temperatura. Está mais no sentido de ser um efeito colateral do que propriamente a causa das mudanças climáticas.

3. "Está mais frio neste ano, então quer dizer que o aquecimento global não é tão ruim assim"

De acordo com a LiveScience, quando as temperaturas do Ártico aumentam, o ar de inverno viaja para o sul. Os padrões climáticos variáveis ??afetam os ventos atmosféricos, que enviam ar inestimável para a América do Norte e Europa. É por isso que é chamado de "mudança climática", porque a tendência de aquecimento muda os padrões climáticos e isso pode causar todo tipo de coisas estranhas, incluindo ondas de frio. Esse é um dos maiores mitos sobre as mudanças climáticas que acreditamos.

4. "Isso já aconteceu antes, por isso o aquecimento é apenas uma variação normal"

Segundo a Pacific Climate Futures, os cientistas mapearam o dióxido de carbono atmosférico ao longo do tempo. A taxa de aumento corresponde muito bem ao início da Revolução Industrial, que também corresponde perfeitamente à taxa de aquecimento do planeta. Pouco antes do período em questão, a concentração de CO  na atmosfera era de "280 partes" por milhão. Hoje, são mais de "400 partes" por milhão, o que é maior do que em 800.000 anos.

Então, não. Não é apenas uma variação normal.

5. "Ursos polares estão se multiplicando em benefício das mudanças climáticas"

Oi? Claramente não é verdade. A mudança climática é a mais séria ameaça enfrentada pelos maiores carnívoros terrestres do planeta. O Ártico está aquecendo aproximadamente duas vezes mais rápido que a média global, e o gelo marinho está derretendo mais cedo e se formando mais tarde a cada ano. Isso torna mais difícil para as fêmeas chegarem às terras no final do outono para fazer suas tocas. Em partes do Ártico, os ursos estão lutando sem comida por mais tempo do que antes. Este jejum reduz drasticamente seus pesos corporais, o que reduz as chance de sobreviverem à temporada de verão.

6. "Parques eólicos e solares são caros e ineficientes"

É uma crença comum achar que a energia renovável é cara, mas a solar tem sido a forma mais barata de geração de energia por um longo tempo. O vento em terra é igual ao gás e a energia eólica é agora mais barata do que a nuclear. Segundo a World Wide Fund for Nature (WWF), os custos das renováveis ??caíram mais rápido do que os de qualquer outra.

7. "O aquecimento global parou em 1998"

Segundo a Scientific American, os cientistas criam modelos que os ajudam a prever o que acontecerá com o clima ao longo do tempo. No início dos anos 2000, seus modelos não se alinharam com o que realmente estava acontecendo com as temperaturas globais. Durante esse período, o clima ainda estava se aquecendo não tão depressa quanto a projeção disse que aconteceria.

Isso porque a mudança climática global não estava acontecendo mais? Não. É provável que o fenômeno tenha acontecido por causa da variabilidade do clima natural da Terra. Em outras palavras, a flutuação da temperatura é bastante normal e esse período no início dos anos 2000 foi apenas uma daquelas crises naturais. As flutuações naturais no clima não foram suficientes para deter a mudança climática generalizada que já estava acontecendo. Por isso, esse é um dos maiores mitos sobre as mudanças climáticas que acreditamos.

É bom nos livramos do máximo de informação entrecruzada possível, para que consigamos realmente entender o problema. Sabe de mais algum mito sobre o aquecimento global que geralmente é visto como verdade? Compartilhe conosco!

Próxima Matéria
Bruno Destéfano
Escritor, fotógrafo e jornalista // Deixe que o conhecimento te revolucione de dentro para fora.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+