icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 maiores plot twists da história

POR Bruno Dias EM Curiosidades 14/05/20 às 16h05

capa do post 7 maiores plot twists da história

O termo plot twist é bastante usado quando falamos de filmes e séries. Eleu significa uma reviravolta que ninguém esperava na trama. Como por exemplo, quando o púbico descobre que tudo não passava de um sonho. Ou então, que um dos personagens da história não existia de fato.

Em tradução literal, seria como uma reviravolta. E é justamente isso, que o plot twist é, uma reviravolta na história que serve para surpreender o espectador. Acontece que reviravoltas não acontecem somente nas obras de ficção. Nossa história está cheia de exemplos de plot twists. Desde imperadores arrogantes até rebeliões aparentemente bem sucedidas que deram errado. Mostramos aqui algumas dessas reviravoltas.

1 - Rei paranoico imune a veneno

O rei Mitrídates VI governou o Reino de Pontus em aproximadamente 100 a.C. O rei era bastante paranoico com a possibilidade de alguém tentar matá-lo com veneno. Por causa disso, ele tomava pequenas doses de veneno todos os dias, para que sua tolerância a ele aumentasse.

Eventualmente, o rei foi capturado pelos romanos. E quando isso aconteceu, ele tentou se matar, mas não foi bem sucedido porque ele tinha ficado imune ao veneno.

2 - Duas vezes má sorte

Kublai Khan foi o quinto Khagan do Império Mongol. Em 1274, o líder saiu da China e decidiu que iria conquistar o Japão. Mas seu primeiro ataque foi derrotado pelos samurais japoneses. Então ele começou a voltar para a China para planejar outro ataque. Mas no caminho de volta a frota acabou sendo afundada por um tufão.

Em 1281, Kublai Khan ainda queria conquistar o Japão. Ele fez então a segunda maior invasão naval que o mundo já viu. Quando eles chegaram nas margens japonesas viram que eles tinham bloqueado suas praias com paredões. A frota ficou procurando um lugar para atracar, até que acabou sendo destruída por um segundo tufão.

3 - Não era blefe

Em algum momento da história, o imperador Júlio César foi capturado por piratas, que não sabiam quem ele era. Os piratas exigiram 10 moedas de prata pela liberdade do homem. Julio César ficou ofendido com a pequena quantia pedida e lhes disse para exigir, pelo menos, 50 moedas.

César estava gostando da sua estadia com os piratas. E até brincava com eles dizendo que quando ele fosse libertado ele iria condenar todos eles e depois crucificá-los. Os piratas achavam graça do homem. Quando o imperador saiu ele fez exatamente o que tinha prometido. Prendeu os piratas e depois os crucificaram.

4 - Diplomata no muro de Berlim

Na noite da queda do muro de Berlim, Gunter Schabowski, um diplomata da Alemanha Oriental, tinha viajado até a Polônia e teria que ler um anúncio sobre as mudanças nas regras de viagem na Alemanha, em uma conferência. Ele não tinha lido o discurso antes e estava lendo pela primeira vez na frente da imprensa. Então um jornalista o perguntou a partir de quando as regras entrariam em vigor.

A imposição de novas regras se espalhou rápido e fez com que as pessoas se reunissem no muro pedindo para serem liberadas. E um guarda que estava na fronteira estava esperando a permissão de viagem porque tinha sido diagnosticado com câncer. Ele pareceu não se importar muito com as pessoas ali e abriu o primeiro portão dando liberação para as pessoas de Berlim Oriental.

5 - Dario, o Caçador de Magos

Dário chegou até o trono da Pérsia, quando foi visto em pé ao lado do seu antecessor morto com uma faca. As pessoas que viram a cena chamaram os guardas porque Dário tinha matado o imperador. Mas Dário se defendeu dizendo que aquele morto não era o imperador e sim um mago transformador. E que esse mago estava tentado assumir o trono.

As pessoas acreditaram nele e fizeram Dário o imperador da Pérsia. Ele foi um dos maiores governantes. Talvez, também pela ingenuidade de seu povo em acreditar que ele tinha matado um mago que se transformou em imperador para pegar o trono.

6 - Vida dupla

O cavaleiro D'Eon era um diplomata francês e espião na Inglaterra e na Rússia. E quando ele se aposentou, foi revelado para o público que, na verdade, ele era uma mulher o tempo todo. Ele foi obrigado a usar roupas femininas. E até escreveu livros para apoiar a Revolução Americana.

O plot twist aconteceu quando D'Eon morreu. A mulher, que foi vestir o corpo para ser enterrado, viu que D'Eon era, de fato, biologicamente um homem. E ele passou a vida sendo um homem fingindo ser mulher fingindo ser um homem.

7 - A revolução britânica

Quando a população da Inglaterra se rebelou contra seu rei, Carlos I, eles conseguiram tirá-lo do trono e até o decapitaram. Quem assumiu o lugar foi Oliver Cromwell. Mas o poder começou a subir à cabeça de Cromwell e ele agia da mesma forma que o rei que ele ajudou a tirar. E, às vezes, até pior.

O que era para ser um novo começo para a Inglaterra se tornou um período brutal de ditadura. A população se rebelou mais uma vez, teve sucesso, e pouco tempo depois Cromwell morreu de malária.


Próxima Matéria
Via   Listverse  
Imagens Listverse
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest