• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maiores teorias sobre a Arca da Aliança

POR Isabela Ferreira    EM Curiosidades      08/02/18 às 14h17

É bem provável que você já tenha escutado algo sobre a Arca da Aliança. Caso contrário, podemos ajudar. Trata-se de um artefato que constantemente é associado às crenças islâmicas, judaicas e cristãs. Muitas são as teorias sobre o que ela realmente foi. No entanto, o mais aceito é que foi o local onde os Dez Mandamentos e tantos outros escritos sagrados foram guardados.

Também poderia ter sido utilizada como um dispositivo de comunicação entre o povo escolhido e o próprio Deus. Acontece que, pós o cerco babilônico ocorrido em Jerusalém no século 6 antes de Cristo, a Arca simplesmente desapareceu... Ninguém teve mais notícias a respeito. Mas afinal, o que ela era de fato? Qual seu objetivo? Onde pode estar? Pensando em situações do tipo, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo as maiores teorias sobre a Arca da Aliança. Confere aí!

1 - Origem extraterrestre

Bem, pode parecer bem estranho para alguns, mas é uma teoria aceita mundo afora. Segundo ela, quando Moisés foi chamado ao Monte Sinai, não era Deus quem ele iria encontrar... Mas sim algum tipo de vida extraterrestre, que o abduziu por uma espaçonave. Assim que Moisés retornou, ele tinha um brilho diferente e ainda parecia mais velho. Por mais que não exista uma forma de provar, a teoria sugere que isso se deu ao fato do tempo que ele havia passado no "espaço", aprendendo tudo aquilo que os alienígenas (ou Deus) estavam ensinando.

Dessa forma, ele não teria voltado não apenas com os mandamentos, mas também com o conhecimento para construir a Arca da Aliança. Bem, se ela realmente tiver existido, não seria uma ideia tão maluca acreditar que ela teria origem extraterrestre, ou de alguma civilização bem mais evoluída.

2 - A Máquina de Maná

Bem, de acordo com os escritos bíblicos, Moisés e os israelitas levaram 40 anos para cruzar até o Monte Sinai, sendo que obtinham alimento a partir do que chamaram de maná do céu... Algo que realmente caía do céu, sob o suposto comando da própria Arca da Aliança.

Bem, de acordo com os autores Rodney Dale e George Sassoon, a Arca nada mais era do que uma espécie de máquina, construída para produzir o maná. Funcionaria a partir de energia nuclear, utilizada para produzir a quantidade diária que os israelitas precisassem. No fim das contas, seria algo bem parecido com máquinas que já existem em nosso mundo atualmente.

3 - Descoberto "código secreto"

No ano de 2015, surgiu uma história afirmando que um código secreto que poderia indicar a localização da Arca da Aliança, foi descoberto. Tudo teria acontecido depois da troca de um tapete situado sob a Cúpula da Rocha, em Jerusalém. No entanto, antes mesmo que o código pudesse ser decifrado, fotografado ou registrado de qualquer outra forma, acabou sendo coberto novamente.

Tal fato fez com que a fúria fosse despertada em líderes muçulmanos e judeus, que trocavam acusações entre si. Embora não tenha acontecido nenhum tipo de manifestação violenta, o acontecimento demonstrou que o local pode guardar diversos segredos.

4 - Foi um capacitor elétrico

Assim que os cientistas e engenheiros elétricos começaram a estudar mais sobre a Arca da Aliança, notaram algo interessante. A partir de como é descrita na Bíblia, tudo indica que pode ter sido, na verdade, um capacitor elétrico. Para que você entenda melhor, ela foi feita de madeira e completamente coberta de ouro, tanto por dentro quanto por fora.

Dessa forma, a madeira em sua parte interior poderia ter atuado como um isolador entre cargas positivas (revestimento exterior) e negativas (revestimento interno). Já os querubins (anjos presentes na arca) foram colocados na parte superior da tampa, também revestidos com ouro.

Supostamente, o querubim com carga positiva teria sido anexado diretamente ao revestimento externo. Já aquele com carga negativa teria mais uma camada de madeira, que atuaria como isolante. Ainda contaria com uma haste que o ligaria ao revestimento interno. Bem, não podemos negar... Existe um pouco de sentido. Se fosse verdade, teríamos uma boa explicação para os casos de pessoas que morreram ao tocar na Arca, visto que estaria eletricamente carregada.

5 - Havia mais de uma Arca da Aliança

É comum que as pessoas acreditem que existia apenas uma delas. Por outro lado, escritos antigos sugerem que não era bem assim, e que poderia haver pelo menos mais uma, ou se não, várias outras. Entretanto, todas as outras deveriam permanecer escondidas sob o Tabernáculo, fora da vista de curiosos, sejam inimigos ou os próprios israelitas.

Pensando por esse prisma, as teorias sobre sua possível localização podem estar certas, ou pelo menos, a maior parte delas. Se as arcas eram realmente poderosos dispositivos tecnológicos, poderiam ter sido escondidas em diferentes locais.

6 - Pode ter atuado como dispositivo de comunicação

Existem aqueles que acreditam que a Arca da Aliança era nada menos que um dispositivo utilizado para comunicação com outras civilizações. No entanto, para os israelitas pode ter sido um meio de comunicação com Deus. Apesar de serem apenas especulações, são teorias bem aceitas a partir da análise até mesmo de textos bíblicos.

Segundo a crença, quando estava ativa era possível ver a imagem de Deus aparecendo entre os dois querubins. Mas existem algumas hipóteses sobre o que realmente poderia ser a imagem Dele. É possível que quando estivesse ativa, a Arca emitisse faíscas ou pequenas chamas de fogo, quando aceita a teoria de que poderia ser um capacitor elétrico. Dessa forma, também é possível que as pessoas tenham confundido esse fenômeno com uma manifestação divina.

Mas ainda há uma outra teoria ainda mais extrema. Segundo ela, a Arca era capaz de produzir hologramas, como um dispositivo de comunicação que apresentava a pessoa na outra extremidade. Na época, seria algo completamente desconhecido pelas pessoas, que acreditavam que estavam falando com Deus.

7 - Pode estar no Monte do Templo

E se ela pode estar em vários lugares, um dos mais prováveis é o Monte do Templo, também localizado em Jerusalém. Assim como mencionado anteriormente, houve forte indício de que um código havia sido encontrado sob a Cúpula da Rocha, um edifício do Monte. Mas o acontecimento mais controverso de todos ocorreu no ano de 1981, quando o rabino Yehuda Meir Getz acreditava que havia de fato, encontrado a localização da Arca da Aliança.

Ele começou a escavar o local por conta própria, algo que irritou as autoridades locais e os residentes. Assim, acabou sendo afastado de suas escavações, mas até o dia de sua morte, afirmava que estava a apenas 40 metros de distância da Arca. Depois do acontecimento, estranhamente as pessoas começaram a relatar o avistamento de OVNI's na região, algo que ainda faz com que muitos acreditem que a Arca realmente esteja por ali e que seja mesmo de origem extraterrestre.

E então pessoal, o que acharam? Conhecem outras teorias sobre a Arca da Aliança? Compartilhem com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+