icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 mais estranhas tradições de Natal que existem pelo mundo

POR Thamyris Fernandes    EM Mundo Afora      03/12/14 às 16h05
capa do post 7 mais estranhas tradições de Natal que existem pelo mundo

O Natal está chegando e, com ele, todos nossos costumes natalinos: luzes, árvores de Natal, comidas típicas, presentes e o nascimento de Jesus, no caso dos cristãos. Mas, embora tudo isso pareça tão natural aos nosso olhos e seja tão simbólico nessa época do ano, a verdade é que, em muitos lugares, os costumes natalinos não são nada parecidos com esses!

(Clique para descobrir também: Quando surgiu a comemoração do aniversário?).

Como você vai ver na matéria abaixo, há vários locais pelo mundo em que o Natal é festejado de formas diferentes e, claro, estranha para nós, que nunca vimos nada parecido. Confira, na lista, algumas mais bizarras e nada convencionais tradições natalinas que existem por aí  e que vão deixar você  espantado:

1. Nisse, o elfo arteiro

Enquanto por aqui as crianças gostam mesmo de deixar o sapatinho ou a meia perto da árvore de Natal para ganhar presentes e doces do Papai Noel, na Dinamarca o ponto alto do Natal mesmo é mexer com o elfo Nisse. Esse espírito brincalhão e arteiro, segundo a tradição, se trata de um pequeno diabo e, se as famílias deixarem de alimentá-lo na véspera de Natal, ele aparece quando todo mundo estiver dormindo para roubar os presentes. Terrível, hein?

2. Pular ondas congelantes

Na Inglaterra, o frio de dezembro é bastante rigoroso  - 5ºC, em média - e a neve, claro, é uma das mais clássicas decorações natalinas da região. Acontece que uma tradição natalina para lá de desajeitada desse pessoal - mais especificamente dos moradores de Brighton, na costa sul do país - manda que os mais corajosos pulem ondas, simplesmente congelantes, no dia do Natal. Um detalhe muito marcante desse costume é que as pessoas enfrentam o mar usando apenas uma réplica do gorro do Papai Noel e roupas de banho. Credo!

3. Natal com tiros

Por outro lado, na Alemanha, na região dos Alpes Bávaros, homens vestidos com trajes tradicionais do país costumam dar as boas vindas de uma forma muito peculiar ao Natal. Eles se postam em grupos, no gelo e disparam tiros de mosteiros ao ar.

4. Demônios de feno

Outra tradição natalina nada comum da Baviera, na Alemanha, pode ser vista na cidade de Bischofswiesen. Nesse lugar, as pessoas jovens se vestem com fantasias feitas de feno para correr pelas ruas, assustando a população. Esse costume, aliás, diz respeito à época do paganismo e se referem a pequenos demônios. Hoje em dia, a tradição é cumprida nos dias anteriores ao Natal.

5. Carnaval

As parrandas ou carnavais que costumam ser celebrados nessa época do ano em países como Cuba, consistem em celebrações religiosas, por incrível que pareça, embaladas com desfiles de carros alegóricos, música e fogos de artifício. O festejo mais famosos, aliás, é realizado na cidade cubana de Remedios; e teve origem há mais de 200 anos, depois que um padre enviou seus coroinhas às ruas, batendo panelas, para chamar o pessoal para a Missa do Galo, na noite de Natal.

6. 13 "Papais Noéis"

Enquanto aqui no Brasil as crianças esperam a visita de um único e verdadeiro Papai Noel, na Islândia a história é completamente diferente. Isso porque, ao invés de um só presente, elas recebem 13! E o melhor: cada um de um "jólasveinarnir" - como são chamam por lá - diferente. Assim, duas semanas antes do Natal, as crianças boazinhas ganham, a cada noite, pequenos mimos. Já os baixinhos que não foram levados ou desobedientes, ganham míseras batatas podres...

7. Natal x fezes

Não dá para explicar bem a razão, mas os espanhóis adoram relacionar o Natal a nada menos que fezes. Nessa época do ano, aliás, um personagem comum que costuma aparecer por lá é o chamado "Caganer", uma figura que surge nos presépios, escondida em algum canto, usando roupas típicas dos camponeses da região e, simplesmente, fazendo suas necessidades de calças arriadas! Aliás, o que mais em por aí são esses bonequinhos inspirados em personagens da ficção ou em personalidades conhecidas.

Outra prova de que os espanhóis adoram curtim um Natal diferente do resto do mundo é o chamado "Tío de Nadal". Esse, aliás, consiste em uma espécie de tronco, que passa dias sendo cuidado, vestido e "alimentado" pelas crianças, até ser espancado com porretes e outros objetos afins na noite de Natal, a fim de que ele "defeque" os presentes... dá para acreditar?


Próxima Matéria
avatar Thamyris Fernandes
Thamyris Fernandes
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest