• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mais loucas teorias da evolução que existem

POR Maria Ritha Paixão    EM Curiosidades      16/04/19 às 18h54

Muitas teorias surgiram há muitos anos para explicar a evolução dos seres vivos. Algumas muito loucas, como o homem ter surgido dos peixes, até outras curiosas, como as que sugerem que houve dietas que fizeram aumentar o cérebro do homem para o que temos hoje. As dúvidas caminhavam com os pesquisadores que não desistiram de tentar achar um conceito convincente.

O interessante é notar a grande semelhança das teorias com o Darwinismo. Filósofos e cientistas se aproximaram bastante da teoria que estudamos em nossos livros didáticos e contribuíram para descobrir de fato de onde viemos. Veja:

1 - Evolução Teística

Essa curiosa teoria é a tentativa do equilíbrio dos cristãos com a ciência. Eles acreditam que Deus fez o mundo e os materiais primários e que todos esses primeiros seres vivos deram origem aos outros seres. Apesar de crerem em Deus, os Teístas não creem naquela velha história de que Adão veio do pó. Eles defendem a vinda de Adão, mas por meio de um animal. Um macaco, por exemplo.

2 - Criacionismo

Ao contrário do Teísmo, o criacionismo acredita fielmente na criação de Deus. Suas teorias são baseadas no livro de Gêneses. E o principal fator  que o diferencia de outras teorias, é que eles não sustentam a ideia de que possa haver evolução de outros animais. Entretanto, acreditam que os animais possam sofrer mutações em seus ambientes. A vinda de novas teorias que contradiziam aos criacionistas foi um grande problema para a época. Fiéis as seus próprios conceitos proibiram outros tipos de aplicar ideias contrárias nas escolas.

3 - Lamarckismo

Jean Baptiste Lamarck propôs uma teoria similar a Darwin. A melhor é a da girafa, pois notando que os animais tinham semelhanças com os fósseis, Lamarck viu que a evolução tinha algo a ver com a adaptação ao meio ambiente. Na medida que os herdeiros iam nascendo, vinham com estruturas mais condizentes aos meios que viviam. Além de crer que os primeiros seres vivos foram micróbios complexos evoluídos.

4 - Teoria da mutação

Surgiu uma teoria, em 1901, propondo uma evolução mais ligeira, bem diferente de Darwin. Aleatoriamente, as mutações aconteciam e, de uma hora para outra, surgiam novas espécies. Hugo de Vries foi bastante criticado pela sociedade ao sugerir essa possibilidade da evolução humana, já que não considerava em seus estudos as interferências da natureza.

5 - A grande cadeia do ser

Aristóteles também pensou algo para explicar como viemos parar até aqui. As características permaneciam as mesmas desde a criação, porque cada ser vivo já vinha com um propósito e função na natureza. Os seres vivos, dentro dessa teoria, possuíam uma hierarquia a ser respeitada que se iniciava do menos ao mais complexo.

6 - Teoria do apedrejado

Muitas dúvidas surgiram da questão "por que o ser humano teve uma evolução tão repentina, criando cérebros maiores e saindo da condição de Homo Erectus?". E por incrível que pareça, o teórico responsável por esta ideia acredita que os seres humanos aderiram em suas dietas aos famosos cogumelos. Essa é a explicação para o crescimento dos nossos cérebros.

7 - Anaximandro e a Teoria da Evolução

O filósofo Anaximandro acreditou também que uma espécie nascia para evoluir a outra, mas o diferencial deste sujeito é que ele acreditava na evolução do homem através do peixe. Como ele chegou a essa conclusão? Simples, ele notou que os seres vivos, antes de nascer, se pareciam com peixes.

Próxima Matéria
Maria Ritha Paixão
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+