• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mais "milagres" médicos fascinantes que você não vai acreditar que aconteceram

POR Isabela Ferreira    EM Ciência e Tecnologia      06/02/18 às 17h16

Não é novidade dizer que a cada dia que se passa, a medicina avança cada vez mais. Novos procedimentos são testados e implementados, capazes de salvar diversas vidas que já poderiam ser consideradas perdidas. No entanto, alguns casos que realmente parecem não ter salvação, conseguem ser solucionados graças à persistência dos médicos.

A julgar pela gravidade de determinadas situações, mais parece que esses profissionais foram capazes de realizar um verdadeiro milagre. Por apenas um detalhe ou por agirem de forma antecipada, acabaram sendo capazes de salvar vidas das formas mais inesperadas possíveis. Pensando nisso, nós aqui da Fatos Desconhecidos separamos abaixo 7 mais fascinantes "milagres" médicos que você não vai acreditar que aconteceram. Dá uma olhada!

1 - Homem sobrevive após cair do 47 º andar

Enquanto faziam a lavagem das janelas de um prédio, na altura do 47º andar, Alcides Moreno, de 37 anos, e o irmão, que trabalhava ao seu lado, sofreram um grave acidente. O equipamento que usavam se desprendeu e os dois simplesmente despencaram. O irmão de Alcides, infelizmente, não conseguiu sobreviver... No entanto, ele foi encaminhado ao pronto socorro em estado gravíssimo. O risco de morte era tão alto que os médicos tiveram que realizar uma operação ali mesmo, sem a chance de encaminhá-lo a um centro cirúrgico.

Acabou ficando em estado vegetativo por aproximadamente 3 semanas. Passado esse período, como que por um milagre, retomou sua consciência justamento no dia de Natal, dizendo algumas palavras. Ainda passou por outras 10 cirurgias ortopédicas e mesmo após sofrer uma grave hemorragia cerebral, fraturas nos braços, pernas e coluna, conseguiu retomar à sua vida normal. Sim, os médicos fizeram um verdadeiro milagre!

2 - Após ser picado por uma aranha, homem paraplégico volta a andar

David Blancarte sofreu um grave acidente de moto, que acabou o deixando paraplégico por 20 anos. Não conseguia nenhum movimento em suas pernas, até que certo dia, foi picado por uma aranha marrom... Uma das mais venenosas do mundo, sendo a que mais mata humanos. Foi hospitalizado e de forma impressionante, os médicos conseguiram fazer com que ele sobrevivesse, pela segunda vez. Como se não bastasse, após passar por intensas sessões de fisioterapia durante 8 meses, conseguiu voltar a caminhar! Impressionante!

3 - Surfista atacado por tubarão, tem sua mão implantada novamente

Glenn Orgias, que na época tinha seus 33 anos, foi atacada por um tubarão branco enquanto mergulhava pelas águas da Praia de Bondi, em Sydney. Ela foi rapidamente levada para o hospital com a mão praticamente decepada, visto que apenas 3 centímetros de pele a seguravam no punho. Ao se deparar com o caso, o cirurgião Dr. Kevin Ho nunca imaginava que sua equipe de médicos seria capaz de implantar novamente a mão na moça.

Mas quem disse que milagres não acontecem? Felizmente, eles conseguiram restaurar o fluxo sanguíneo na paciente fazendo com que ele voltasse a circular no membro implantado. A esperança é que em pouco tempo ela possa recuperar os movimentos.

4 - Após sofrer uma decapitação ortopédica, menino se recupera

Após sofrer um grave acidente de carro, Jordan Taylor teve seu crânio separado de suas vértebras. Para que você tenha noção da gravidade da situação, não havia nenhuma conexão entre os ossos da cabeça e do pescoço. Este é um tipo de lesão chamada pelos médicos de "decapitação ortopédica", algo extremamente difícil de tratar. As chances de sobrevivência do garoto eram de apenas 1%...

Os médicos agiram rápido. Implantaram no menino uma placa de metal, hastes de titânio e parafusos para que a cabeça fosse religada ao pescoço. Novamente, mais um dos milagres da medicina... Apenas 3 meses depois, Jordan já havia voltado para a escola.

5 - Sobreviveu 118 dias sem o coração

D'Zhana Simmons é o nome da garota que, na época, com 14 anos, precisava urgentemente de um transplante de coração. Depois de longa espera, o dia tinha tudo para dar certo e ela havia conseguido um novo órgão, no entanto, assim que os médicos terminaram a cirurgia, perceberam que o novo coração da menina também não estava funcionando direito. Precisavam então tomar uma atitude rápida.

Como ela já estava enfraquecida pelo procedimento cirúrgico, decidiram implantar em  D'Zhana duas bombas artificias, que seriam responsáveis por fazer o sangue fluir por todo o corpo. Por incrível que pareça, a cirurgia deu tão certo que ela foi capaz de sobreviver por 4 meses nesta condição, até que um novo coração estivesse disponível.

O mais impressionante no caso é que normalmente, quando é preciso substituir as atividades do coração por um dispositivo artificial, o coração do paciente ainda permanece no corpo, o que não foi o caso. Em seguida, o novo transplante foi um sucesso e a garota pôde levar uma vida normal.

6 - Homem cego recupera sua visão após ter um dente implantado no olho

O construtor de 42 anos, Martin Jones, acabou ficando cego após sofrer um acidente de trabalho. No entanto, foi um procedimento cirúrgico inovador que que foi capaz de lhe devolver a visão. Acredite ou não, mas os médicos usaram parte de seu dente como um suporte para as novas lentes enxertadas de sua pele. Acreditavam que o corpo do homem poderia acabar rejeitando um material artificial, então optaram pelo uso de algo que não seria de fato um corpo estranho. Bem, e realmente deu certo!

7 - Mãe precisava escolher qual filha salvar, mas as duas sobreviveram

Shannon e Mike Gimbel estavam prestes a receber a pior notícia da vida deles. As gêmeas do casal, que ainda estavam no útero da mãe, passavam por um grave problema: uma delas estava drenando a outra por meio dos vasos sanguíneos que estavam compartilhando. Acontece que a gêmea estava ficando muito fraca, correndo risco de morte, e caso os pais não escolhessem qual das duas salvar, o mais provável é que nenhuma delas fosse capaz de sobreviver.

Enquanto pensavam na dolorosa questão, o cirurgião Dr. Kent Heyborne decidiu experimentar algo. Junto à sua equipe, percebeu que havia uma alternativa... Poderiam utilizar um procedimento a laser que cauterizaria os vasos que as gêmeas compartilhavam, o que acabaria com o problema. Detalhe: tudo ainda dentro do útero da mãe. Felizmente, o processo foi um completo sucesso e as duas garotinhas nasceram saudáveis, 2 meses depois do ocorrido.

E então pessoal, o que acharam? Esses médicos realmente fizeram milagres, não é mesmo? Compartilhem suas ideias com a gente aí pelos comentários!

Próxima Matéria
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+