icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 maneiras bizarras como pequenos países 'fazem' dinheiro

POR Ultra Curioso EM Mundo Afora 20/06/17 às 19h34

capa do post 7 maneiras bizarras como pequenos países

Se tem uma coisa que muitas pessoas gostariam é que uma fórmula super mágica que nos fizesse ganhar dinheiro facilmente fosse inventada. Se de fato essa tecnologia existisse muita gente poderia resolver seus problemas de viver na miséria e também realizar alguns sonhos. Porém, já que ainda não foi criado, nós vamos nos adaptamos com algumas alguns métodos que podem nos proporcionar lucro.

Porém, nem sempre essas técnicas são positivas e produzem bons resultados. Já que, na maioria das vezes, é necessário um bom investimento. Para os governantes de países essa é uma das missões mais difíceis, porém, algumas nações pequenas acabam dando o seu jeitinho super controverso.

A redação da Fatos Desconhecidos separou para você 7 maneiras bizarras como pequenos países 'fazem' dinheiro. Confira abaixo. No final da matéria não se esqueça de deixar o seu comentário sobre o assunto e também compartilhar com seus amigos.

1 - O país ditador que ameaça fugitivos

Eritreia é um país na África Oriental conhecido mundialmente por ter uma das piores ditaduras do mundo. Isso acabou fazendo com que muitos cidadãos do país fugissem de lá em busca de melhores condições de vida e liberdade em outros países do exterior. No entanto, após perceber o aumento no número de fugitivos, o governo de Eritreia decidiu cobrar 2 por cento da renda anual dos eriteus que vivem em outros países. Segundo dados da Organização das Nações Unidas, o governo usa esse dinheiro para apoiar grupos militares islâmicos.

2 - O rei que quase perdeu tudo

Durante a década de 1980 o rei de Tonga, na Oceania, Taufa'ahau Tupou IV, arrecadou milhões em dinheiro após vender passaportes para residentes de Hong Kong. O monarca recebeu todo o dinheiro e depositou em um banco deixando lá durante anos até que um funcionário da agência, Jesse Bogdonoff, admirado com a quantidade de dinheiro, fez amizade com o rei e acabou se tornando o seu consultor de investimentos.

Porém, no início, Tupou IV até que conseguiu ter um ótimo lucro com os investimentos, mas uma série de apostas arriscadas perseguiu Jesse. O monarca acabou investindo todo o seu dinheiro em uma apólice de seguro de vida para americanos com doenças terminais, no entanto, o negócio não deu certo e Tupou acabou perdendo todo o investimento. Tempos depois o seu consultor de investimentos acabou sendo acusado de desviar milhões de reais, mas acabou sendo inocentado.

3 - As linhas telefônicas de Niue

Atualmente cerca de 2 mil pessoas moram em Niue, uma ilha no sul do Oceano Pacífico, o que poucos sabem é que o país conseguiu arrecadar milhões após assinar um acordo que permitia aos cidadãos do país terem acesso a linhas telefônicas, em 1980. Uma polêmica envolvendo essa novidade assustou muita gente. Isso porque as pessoas tinham que pagar valores altíssimo para usar os telefones e os cidadãos começaram a receber ligações de outros países de pessoas querendo fazer sexo por telefone. O governo de Niue acabou cancelando o acordo em 1997.

4 - Vender passaporte

Em São Cristóvão e Nevis, no Caribe, o governo conseguiu arrumar uma maneira bastante inusitada para aumentar a economia do país depois que as indústrias açucareiras entraram em crise em 2006. O advogado suíço, Christian Kalin, juntamente com os representantes do país conseguiram organizar um programa existente de cidadania. Por cerca de R$ O programa foi um sucesso e a cidade conseguiu arrecadar R$ 250 milhões, cerca de 13% do PIB total do país.

5 - Vender passaporte para pessoas pobres

Depois que Kuwait e Emirados Árabes Unidos se tornaram países independentes, muitas pessoas de outras regiões tiveram a cidadania negada, assim, ficaram sem ter acesso a vários direitos básicos. No entanto, o empresário Bashar Kiwan pagou $ 200 milhões, o equivalente a cerca de R$ 600 milhões, para que o  os Emirados Árabes Unidos dessem cidadania para 4 mil famílias de Bedoons, um grupo  étnico nos Estados Árabes do Golfo Pérsico e no Iraque, que viviam com R$ 4 por dia.

6 - Musical de West End

Nauru é um país na Oceania considerado a menor república do mundo, com apenas 9 mil habitantes. Mas nem sempre foi assim. Durante as décadas de 1970 e 1980 o país tinha a renda per capita mais alta do mundo às custas da mineração. Porém, toda riqueza acabou após os depósitos de fosfato acabar. Foi aí que Nauru começou a investir em uma série de negócios comerciais no exterior, entre elas um musical de West End, em Londres, que tinha o nome de Leonardo, o musical: Um retrato do amor, que contava a história de Leonardo Da Vinci e Mona Lisa. Porém, o musical recebeu várias críticas negativas e se tornou um fracasso. Cerca de R$ 700 milhões foram investido.

7 - Vendas de selo

Durante o século 19 o maior passatempo das pessoas era a coleção de selos, um século depois, várias empresas surgiram e se dedicavam a coleta desses. Em 1920 a Ilha de Ascensão, constituinte do território britânico ultramarino de Santa Helena, Ascensão e Tristão da Cunha, se tornaram dependentes do país Santa Helena, no Oceano Atlântico, e para comemorar a novidade, decidiram emitir selos que tinham escritos "Ascensão" no verso.

Para a surpresa de todos, a marca se tornou um sucesso entre colecionadores de todo mundo. Quatro anos depois, a Ilha de Ascensão, que atualmente conta com cerca de mil habitantes, passou a produzir seus próprios selos e até hoje é um sucesso, fazendo com que Ascensão contabilizasse cerca de 300 milhões de reais em economia. O que mais chama a atenção sobre essa história é que no local não existe nem mesmo serviços de correios.

E aí, o que você achou dessas formas de ganhar dinheiro? Deixe o seu comentário abaixo.


Próxima Matéria
avatar Ultra Curioso
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest