• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 maneiras bizarras que o Tinder está mudando o planeta

POR Mateus Graff    EM Entretenimento      13/11/17 às 16h11

Para quem ainda não conhece, o Tinder é uma aplicação multiplataforma de localização de pessoas para encontros românticos online cruzando informações do Facebook e do Spotify, localizando as pessoas geograficamente próximas." Bom, vocês já devem ter escutado por aí casos de pessoas que se conheceram no Tinder, certo? E não é que além de servir para as pessoas se conhecerem esse aplicativo também está mudando várias coisas na sociedade que vivemos?

Até pesquisas políticas através do aplicativo foram feitas nos EUA. Além disso, podemos notar que os relacionamentos parecem estar mudando com a inclusão digital do mundo. Nós separamos para vocês 7 maneiras bizarras que o Tinder está mudando o planeta, confiram:

1 - Pesquisas políticas

O deslize para esquerda ou direita pode ir muito mais longe do que um "match". Depois de notar que pessoas estavam fazendo campanhas políticas no aplicativo, o Tinder resolveu fazer uma parceria sem fins lucrativos com o Rock the Vote, para fazer uma pesquisa política em março de 2016, nos EUA. Em vez de fazer perguntas, os usuários deslizavam para esquerda ou direita os problemas para combiná-los com o candidato presidencial.

O Tinder também fez parceria com os britânicos Bite the Ballot para fazer uma pesquisa semelhante, só que dessa vez no Reino Unido. A questão no caso era para saber se as pessoas gostariam que o Reino Unido saísse da União Européia.

2 - Além dos computadores de mesa

De acordo com um estudo, no ano de 2014, os americanos gastaram 60% do tempo de mídia digital em dispositivos móveis. E 52% desse tempo foi dedicado a aplicativos. Muitos de nós temos uma vida nos nossos celulares. As pessoas usam para ler, jogar, conversar com os amigos e até fazer novos amigos. Além disso, também podemos pedir comida e transporte.

Ah, e é claro que não podemos deixar de citar, podemos começar um relacionamento a partir dos nossos celulares. O Tinder foi criado especificamente para smartfones. Pois bem, o Tinder ganhou recentemente uma versão para computador, mas por muito tempo provou que um aplicativo não precisa de uma versão para desktop para ser bem sucedido. Depois do Tinder, vários sites de relacionamento tiveram o bom senso de lançar seus próprios aplicativos, todos usando o Tinder como exemplo.

3 - Ajudando as pessoas tímidas

Não só o Tinder, mas vários aplicativos dão uma boa ajuda para as pessoas tímidas. Para muita gente, enfatizar uma conversa online é mais fácil do que falar com uma pessoa estranha pessoalmente. Além disso, um "match" pode dar aquele impulso na confiança da pessoa, deixando ela mais segura na hora de conversar online ou mesmo pessoalmente.

4 - Quebrando o estigma das mulheres fazerem o primeiro contato

Pessoas antigas e conservadoras tem em mente que o homem é sempre a pessoa que deve tomar a atitude do primeiro "Oi". Caso as mulheres façam isso, serão julgadas. Aplicativos como o Tinder dão essa chance para ambos os lados, ajudando a quebrar esse tabu de que as mulheres não devem fazer o primeiro contato. Ou vão falar que, vocês homens, não gostam quando uma mulher toma atitude? Existem ainda outros aplicativos que só permitem que as mulheres façam o primeiro contato verbal.

5 - Ajudando as pessoas a traírem

Além dos solteiros, algumas pessoas casadas usam os aplicativos para dar aquela "pulada de cerca". No primeiro trimestre de 2015, a empresa de pesquisa GlobalWeblndex fez uma pesquisa e determnou que 42 por cendo dos usuários do Tinder não eram solteiros. Pessoas compromissadas usam o Tinder para outras coisas além de encontrar parceiros sexuais extra-conjugais. As vezes casais procuram uma terceira pessoa, por curiosidade ou mesmo por diversão.

Além disso, no Tinder também existem as profissionais do sexo. Mesmo que isso não seja permitido, elas usam o aplicativo para conseguirem mais clientes, mas muitas contas de prostitutas são apenas contas fraudulentas. Bom, infelizmente a traição é algo que acontece muito, e a tecnologia ajuda.

6 - Mudando a forma de namorar

Esqueçam aquela coisa clichê de encontros de filmes. O namoro online está se tornando cada vez mais comum nas gerações mais novas. De acordo com o Pew Research Center, em meados de 2015, 15 por cento dos adultos usavam um método de namoro online e 29 por cento conheciam pessoas que tinham começado a namorar a partir de aplicativos de relacionamento. Entre pessoas de 18 a 24 anos, esses números foram ainda maiores, com 27% e 34%, respectivamente. A pesquisa também descobriu que desde 2013, o uso dos aplicativos de relacionamento aumentou de 3% para 9%.

7 - Mais segurança para a comunidade LGBT

Todo mundo tem preocupações quando vão encontrar um estranho. Elas tentam marcar o encontro em lugares movimentados e bem iluminados. Porém, membros da comunidade LGBT são obrigados a lidar com hostilidade, assédio e violência. Jovens LGBT são muitas vezes repudiados por uma parte da sociedade. Isso adiciona camadas de dificuldade e perigo para encontrar parceiros de namoro compatíveis. Os aplicativos de namoro podem tornar essas buscas de parceiros potenciais mais fáceis e seguras.

E aí, já imaginavam todas essas coisas relacionadas ao Tinder e aplicativos parecidos? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+