icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 maneiras que a Rússia está usando as redes sociais para perturbar os norte americanos

POR Gustavo Camargo EM Mundo Afora 09/11/17 às 16h51

capa do post 7 maneiras que a Rússia está usando as redes sociais para perturbar os norte americanos

Se você acompanha notícias internacionais deve ter notado que a política americana está bem conturbada ultimamente. Nos últimos dois anos, vimos conservadores e liberais defendendo suas crenças insanamente. Vimos o surgimento de neonazistas e antifascistas de um modo violento.

Relatórios divulgados recentemente mostram que muitas das contas de mídias sociais que estão falando sobre esses assuntos não são de americanos. Milhares delas foram criadas na Rússia como parte de uma guerra de propaganda para tentar separar os Estados Unidos. Isso se trata de uma velha tática da Guerra Fria. Um estrategista político russo tem como objetivo encorajar "todos os tipos de separatismo e conflitos étnicos, sociais e raciais" para desestabilizar a política americana. Com a praticidade do Facebook eles conseguiram chegar a mais de 126 milhões de pessoas. Levando isso em consideração, nós da Fatos Desconhecidos listamos 7 maneiras que a Rússia está usando as redes sociais para perturbar os norte-americanos. Confira:

1 - Negros vs. Polícia americana

Uma conta falsa chama "Being Patriotic" disse aos seus 200 mil seguidores que ativistas da Black Lives Matter (As Vidas Negras Importam) teriam desrespeitado a bandeira americana e que deveriam ser mortos. Usando outra conta falsa chamada "Blacktivist" para provocar violência contra as autoridades. "Os agentes da Lei continuam nos assediando e nos matando sem consequências", disse ele aos seus 250 mil seguidores. "Os negros tem que fazer alguma coisa. Olho por olho".

Foi uma pequena jogada, mas teve um grande resultado. Começaram a levantar conflitos afro-americanos de autoridades americanas. Isso derramou um pouco de sal na ferida das relações raciais dos EUA.

2 - Texas

Algumas das contas dos russos foram configuradas apenas com o objetivo de convencer os texanos a se separar dos Estados Unidos. O mais preocupante é que essa discussão esteja acontecendo fora das redes sociais. Ela chamou a atenção para uma matéria exibida na RT América, agência de notícias controlada pelo Estado russo, que encorajava os texanos a se tornarem independentes.

3 - Eleições

Outras contas russas tentavam ativamente fazer com que as americanos não votassem nas eleições. Eles espalharam na internet que as pessoas poderiam votar de suas casas via Twitter, com a hashtag #PresidentialElection. Claramente isso era só uma maneira de enganar as pessoas pensando que conseguiriam fazer lançar seus votos de uma forma mais fácil.

4 - Democratas e republicanos

Os russos ainda atacaram diretamente candidatos políticos, na grande maioria com argumentos fracos. Ainda assim, as pessoas acreditavam. Para a surpresa, eles conseguiram organizar um protesto que durou quatro dias. Esses ataques iniciaram durante a eleição e foram ficando insanos. Um exemplo foi uma conta falsa chamada "Donald Trump America" que fez uma petição para tentar desqualificar Hillary Clinton das eleições.

A petição recebeu algumas assinaturas, mas nada foi comprovado e os russos a tiraram depois das eleições. A conta falsa "Black Lives Matter" enviou convites para eventos dizendo que o racismo tinha ganhado, pois Trump teria sido eleito. Milhares de pessoas apareceram e passaram quatro dias consecutivos protestando na Union Square.

5 - "Hillary seria Satanás"

Com o intuito de jogar americanos um contra os outros, os russos tentaram convencer cristãos americanos de que democratas eram servos de Satanás. Um grupo falso foi feito para atrair cristãos com anúncios no Facebook. Uma vez que os religiosos entravam no grupo, começariam a ver mensagens, todas projetadas a transformar a imagem de que Hillary Clinton seria Satanás.

6 - Imigrantes

Uma conta falsa chamada "Fronteiras garantidas" falou para seus seguidores que sabia de uma forma de parar estrangeiros ilegais de entrar nos Estados Unidos. "A melhor forma de lidar com eles é matando todos". A conta fala sobre ódio contra todos, e não parou de pedir a morte dos imigrantes. Disse ainda que o departamento de estado deveria ser queimado.

7 - Texanos contra muçulmanos

Uma conta falsa chamada "Coração do Texas" postou uma mensagem dizendo aos seus 250 mil seguidores que uma nova biblioteca estava sendo aberta em um centro islâmico em Houston e que seus dólares de impostos pagaram por isso. A mensagem na verdade era uma mentira. Os seguidores da conta não sabiam disso. Eles só sabiam que haveria uma manifestação para parar a 'islamificação' do Texas e era seu dever comparecer.

E aí, o que acharam da matéria? Foi um golpe baixo da Rússia? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.


Próxima Matéria
Via   Listverse  
avatar Gustavo Camargo
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest