• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 mapas mais estranhos da História

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      29/10/19 às 19h21

A cartografia é, basicamente, o conjunto de estudos e técnicas que,utilizando observações diretas ou análises de documentos, é responsável pela elaboração de mapas, planos cartesianos, entre outras coisas. Um cartógrafo é um profissional dedicado à cartografia. É ele quem produz mapas, locais, regionais ou globais, da Terra, da lua ou até mesmo de outros planetas.

Com a evolução tecnológica, a produção de um mapa se tornou muito mais fácil do que há algumas décadas. Na verdade, ao longo da História, muitos foram os mapas que se mostraram completamente errôneos em relação a geografia dos lugares e localidades. Pensando nisso, hoje, listamos para vocês alguns mapas criados ao longo das eras e que são, no mínimo, estranhos. Confira!

1 - Mapa dos Saltérios

Muitos acreditam que este mapa-múndi, de 1265, seja uma cópia de um outro mapa que enfeitava o dormitório do Palácio de Westminster do rei Henrique III. Na Europa do século XIII, Jerusalém era retratada como o centro do mundo. Neste mapa, em específico, Jesus é visto segurando o mundo em suas mãos.

Roma aparece à direita de Jerusalém. O rio Ganges, o rio Danúbio e o mar vermelho foram desenhados em azul. As Ilhas Britânicas estão localizadas à esquerda. O mapa se encontra instalado na Biblioteca Britânica e revela a concepção de que os europeus medievais deu primazia à fé cristã.

2 - A cartografia do Inferno de Dante

Na obra do poeta italiano Dante Aligheri, O Inferno, o inferno é dividido em nove círculos concêntricos. Cada um deles é dedicado a um pecado em particular. E neles, os pecadores são enviados para sofrer por suas ações. Muitos artistas criaram seus mapas para ilustrar a visão do inferno do italiano.

O primeiro deles foi criado por Antonio Manetti. Nele, foram inclusas medições muito precisas. De acordo com a obra de Manetti, o Limbo tinha 87,5 quilômetros de diâmetro. O que foi, supostamente, confirmado por Leonardo da Vinci.

3 - Mapa de cabelos ruivos da Europa

Em 2013, este mapa começou a ser compartilhado, em um fórum na internet, chamado Map Porn. De acordo com o The Guardian, o mapa que mostra a porcentagem de ruivos, em alguns países do mundo, pode ser inspirado no trabalho do antropólogo americano, Carleton S. Coon. Apesar de não ter origem acadêmica, o mapa é basicamente preciso, uma vez que o mapa identifica com precisão os países com as maiores porcentagens de pessoas ruivas.

4 - Mapa-múndi invertido

Apesar de Frans Blok não ter sido o primeiro a criar um mapa em que as massas de terra e de água foram invertidas (graficamente), seu mapa-múndi é o primeiro a usar o esquema de cores utilizado pela NASA. Dessa forma, o mapa não mostra a Terra como ela é de fato vista do espaço. Na verdade, em seu mapa, as massas de terra amarelas, vermelhas, verdes e marrons são evidenciadas.

5 - O mapa de Waldseemüller

Martin Waldeseemüller foi um conceituado cartógrafo alemão do século XVI. Em 1507, ele fez apenas 1 mil cópias de seu mapa mundial todo em  xilogravura. Posteriormente, apenas um mapa de parede sobreviveu. O mapa de Waldseemüller possui 2,3 metros de largura por 1,20 metro de altura, e é composto por 12 painéis. Ele foi o primeiro a mostrar e nomear os novos continentes e dos oceanos descobertos pelos exploradores europeus.

6 - O mapa cordiforme de Apiano

Pedro Apiano foi um geógrafo e astrônomo alemão do século XVI. Seu mapa-múndi cordiforme é um dos únicos 18 mapas do gênero no mundo. Em síntese, os mapas cordiformes foram criados entre 1511 e 1566. A palavra 'cordiforme' é utilizada para designar aquilo que tem forma de coração. Assim, no mapa de apiano, e em outros deste tipo, o mundo tem forma de coração. Basicamente mapas cordiformes ilustravam a crença medieval de que o coração era o órgão que residia mais próximo da alma e, por isso, o mundo tinha tal forma.

7 - O mapa-múndi dos tolos

Historiadores estimam que esse mapa tenha sido criado por algum cartógrafo europeu, entre 1580 e 1590. Nele, é possível identificarmos a imagem de um bobo da corte. Sendo este alguém cuja posição era servir como artista de um monarca. A identificação acontece devido ao tradicional chapéu utilizado por eles. Porém, seu rosto foi substituído por um globo. A identidade de seu criador permanece um mistério.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Via   TopTenz  
Imagens David Rumsey
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+