icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


7 métodos e substâncias para aliviar dores usados no passado

POR Diogo Quiareli EM Ciência e Tecnologia 26/01/18 às 17h57

capa do post 7 métodos e substâncias para aliviar dores usados no passado

Vivemos em busca das soluções para as mais diversas doenças no mundo, não é mesmo? Ninguém gosta de adoecer e gostamos menos ainda de passar um período "de cama". Com o avanço tecnológico e medicinal, hoje podemos contar com inúmeras cirurgias ou remédios de alivio quase instantâneo. Temos a nossa disposição comprimidos extremamente úteis, mas nem sempre foi assim. A vida antigamente era difícil sem as coisas que possuímos hoje e cuidar de uma doença ou dor não era tarefa fácil. As dores no século passado eram tratadas de forma "natural" e, quando alguém se dispunha a resolver, também utilizava de ferramentas ou composições que se quer imaginamos.

Pensando um pouco mais sobre isso, nós da redação da Fatos Desconhecidos resolvemos trazer uma lista pra lá de curiosa para vocês, caros leitores. Substâncias como o éter, animais que jamais imaginamos e outras coisas eram comuns no tratamento de certas coisas. Se você gosta de coisas curiosas, assim como nós, se prepare para essa lista. Confiram conosco e aproveite para compartilhar com seus amigos. Se souberem algum outro método que não listamos aqui, comenta aí embaixo.

1 - Éter

O composto já era utilizado muitos séculos antes da sua eficácia anestésica ser conhecida. O composto era utilizado principalmente no tratamento de infecções pulmonares e do escorbuto. Foi graças a isso que descobriram o seu uso medicinal posteriormente. O doutor Crawford Long percebeu que quando as pessoas se entorpeciam com éter, deixavam de sentir dor. A solução passou a ser usada como anestésico em 1842. Deixou de ser usado por causa dos efeitos colaterais que vão de vômito a dores de cabeça constante.

2 - Cascas de Salgueiro

As cascas de salgueiro eram usadas na Mesopotâmia desde o ano 4.000 a.C. e a partir de 400 a.C. na China e Europa. A casca era utilizada para tratar febre e inflamações. As pessoas a mastigavam e isso era medicinal. Hoje podemos consumir em cápsulas ou em pó. Acredita-se que ajuda no combate às dores de cabeça, dores causadas por artrite óssea e na região do lombar. Algumas pesquisas apontam a sua eficiência tão grande quanto a de aspirina, por exemplo.

3 - Esponja Suporífera

A esponja suporífera era utilizada na Europa entre os séculos 11 e 17 com fins anestésicos. Bastava molhar a esponja do mar em uma mistura de extratos de plantas e botar pra secar. Em seguida, a colocavam em água fervente e em seguida sob o nariz do paciente. Para acordá-lo depois, bastava molhar a esponja em vinagre quente. A receita do extrato levava mandrágora, ópio, cicuta e meimendro.

4 - Enema com fumo de tabaco

Em 1700 as pessoas acreditam que, para acordar alguém que se afogou, o corpo precisava ser aquecido e a respiração estimulada. Na Inglaterra, os médicos usavam o método utilizado pelos nativos americanos para cuidar da constipação em cavalos. Eles inseriam fumo de tabaco no reto. Na época, acreditavam que o fumo curava a constipação, dor de estômago, secava o corpo internamente e proporcionava estímulos.

5 - Peixe elétrico

No Egito, usavam os peixes elétricos para cuidar das dores nas articulações e de cabeça. Eles colocavam o peixe em contato direto com o paciente. Esse método tem uma semelhança com um atual conhecido como "eletroestimulação percutânea".

6 - Água para tensão pré-menstrual

A água é um remédio natural, não é mesmo? Método bastante utilizado hoje, as mulheres do passado costumavam tomar mais água do que de costume para evitar cólicas. Elas usavam o líquido para aliviar o inchaço do corpo nessa fase.

7 - Cera de ouvido

No século 15, as pessoas misturavam cera de ouvido com lama e aplicavam na cabeça com a crença de que isso pudesse amenizar as dores e enxaqueca.

E aí, você sabia sobre esses métodos? Comenta pra gente aí em baixo e compartilhe com seus amigos.


Próxima Matéria
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest