• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 minerais que são mais raros do que os diamantes

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      27/09/19 às 17h16

Os minerais são corpos naturais sólidos e cristalinos, formados pela interação de processos físicos e químicos em ambientes geológicos. Talvez, o mais famoso deles seja o diamante. Não é novidade para ninguém que os diamantes estão entre as pedras preciosas mais desejadas do mundo. E não é por acaso que é também uma das mais caras. Mas, na verdade, mesmo sendo um mineral muito valioso, os diamantes estão entre as pedras preciosas mais comuns. Existe uma confortável oferta dessa pedra preciosa. Inclusive, a oferta é usada na confecção de joias pelo mundo. O seu valor está diretamente relacionado a sua estrutura cristalina e aos materiais que a compõem. E não, necessariamente, por ser uma peça rara.

Existem muitos outros minerais que são bem mais raros do que o diamante e não são tão conhecidos. Como é o caso dos minerais dessa lista, que são realmente difíceis de se achar devido a sua escassez. Confira a seguir, 7 minerais mais raros do que os diamantes.

1 - Painita

Até 2005, o painita era o mineral mais raro do mundo. Descoberto na década de 1950, pelo mineralogista britânico Arthur Pain, por anos, havia apenas dois tipos de cristais conhecidos, do raro mineral hexagonal. Embora ele ainda seja escasso, o Painita não é mais tão raro. Segundo a divisão de ciências geológicas e planetárias de Caltech, um novo repositório de Painita foi descoberto em Mianmar. Lá, foram encontrados milhares de cristais fragmentados de Painita. Mas, mesmo assim, a pedra ainda permanece entre os minerais mais raros do mundo.

2 - Alexandrita

A alexandrita é uma variedade de crisoberilo. Do mesmo modo, pertence à mesma família de pedras preciosas da esmeralda. O diferencial dessa pedra é a sua incrível propriedade óptica. A alexandrita pode passar por mudanças drásticas na sua cor, dependendo do tipo de luz em que está inserida. Essa propriedade específica de cor e escassez se deve a sua composição, que inclui uma combinação rara de metais especiais, como titânio, ferro e cromo.

3 - Tanzanita

A tanzanita é conhecida por ser 1000 vezes mais rara do que o diamante. E, de fato, ela merece esse título, já que o mineral é exclusivamente encontrado no sopé do Monte Kilimanjaro, em quantidades limitadas. Assim como a alexandrita, a tanzanita também tem propriedades ópticas que proporcionam mudanças radiais na suas cores, dependendo da iluminação do ângulo.

4 - Esmeralda vermelha

O berilo vermelho, ou esmeralda vermelha, foi descrito pela primeira vez em 1904. Mesmo fazendo parte do mesmo grupo químico da esmeralda comum, a vermelha é considerada muito mais rara. Principalmente porque a esmeralda vermelha pode ser encontrada apenas em poucas partes de Utha e do Novo México, nos Estados Unidos. Além de ser um mineral bastante complexo e difícil de se explorar. De acordo com cientistas, a esmeralda vermelha é 8000 vezes mais rara do que os diamantes e rubis.

5 - Turmalina Paraíba

A turmalina Paraíba de cor verde azulada é bem diferente das demais variedades conhecidas de turmalina. Descoberta em 1989, em São José da Batalha, no estado da Paraíba, essa pedra preciosa é a variedade mais cara de turmalina que existe. Muito mais rara do que os diamantes, a turmalina paraíba é bastante limitada. Em suma, se tivermos em vista que as jazidas estão em ponto de esgotamento. Enfim, ela ainda pode ser encontrada em São José da Batalha, no Rio Grande do Norte, Moçambique e Nigéria.

6 - Diamante vermelho

Os diamantes incolores que você, provavelmente, está acostumado a ver, não são, nem de longe, os mais raros entre todos os diamantes. O fato é que os diamantes vêm de uma variedade de cores. Assim, os mais coloridos são os mais raros, como por exemplo o diamante vermelho.

7 - Musgravite

Descoberto em 1967, na Cordilheira de Musgrave, na Austrália, o musgravite apareceu, em pequenas quantidades, também na Groenlândia, Madagascar e na Antártica. O primeiro musgravite, encontrado com tamanho realmente grande, e suficiente para ser cortado, só foi relatado até 1993.  Até hoje, acredita-se que existam apenas oito espécimes desse mineral no mundo.

Enfim, você já tinha ouvido falar sobre esses minerais? Qual o mais interessante na sua opinião? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+