icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


7 mitos sobre vikings que você sempre acreditou

POR Bruno Dias EM Curiosidades 30/05/19 às 16h29

capa do post 7 mitos sobre vikings que você sempre acreditou

Viking é um termo usado para se referir aos exploradores, guerreiros, comerciantes e piratas nórdicos que invadiram, exploraram e colonizaram grandes áreas da Europa e das ilhas do Atlântico Norte. Eles eram famosos por construir casas e navios resistentes o bastante para viajar até o oriente como Rússia, até o extremo ocidente, como Islândia e Groenlândia. A era Viking fez parte da história medieval da Escandinávia, Grã-Bretanha, Irlanda e boa parte da Europa.

Existem poucos estudos sobre os Vikings e pouco se sabe sobre esses incríveis guerreiros. Por isso, existem várias curiosidades desconhecidas sobre esse povo. Como por exemplo, como eles se pareciam, quais armas usavam e o que ele fizeram exatamente. Mostramos aqui algumas coisas sobre eles.

1 - Capacetes

Quando pensamos em vikings, logo nos lembramos de capacetes com chifres. Mas, na verdade, eles não tinham esses capacetes. E por mais que os vikings não o usassem, outros o fizeram. Segundo Vox, os alemães do final do século XIX, bem nacionalistas, achavam a história viking atraente. Então capacetes estereotipados com chifres foram associados aos vikings. E assim, lendas nórdicas e alemãs se misturaram na imaginação popular.

2 - Feitos

Os vikings apareceram na Inglaterra no dia 8 de junho de 793, e por cerca de 300 anos, praticaram violência, brutalidades, estupros e pilhagens. Mas isso não quer dizer que foi a úncia coisa que eles fizeram. Segundo historiadores, os vikings eram de fato cruéis, mas tinham mais coisas. Por exemplo, eles nem sempre pegavam o que queriam. Às vezes, eles trocavam mercadorias com as pessoas.

Segundo James Montgomery, professor de árabe na Universidade de Cambridge, ele tiveram contato com o império cazar com as expedições a Bagdá, e contribuíram para a formação de Kiev. E alguns vikings podiam ser vistos como comerciantes globais. Além de terem uma propensão a contar histórias.

3 - Sanguinários

A visão que as pessoas têm dos vikings é que realmente eles eram mais sanguinários do que os pobres que eles aterrorizavam. Mas a história nos mostra que a realidade não era bem assim. O mundo não era um lugar pacífico até os vikings aparecerem.

Onze anos antes dos vikings aparecerem em Lindisfarne, Carlos Magno cometeu um crime de guerra brutal na Baixa Saxônia, na Alemanha. Conhecido como Massacre de Verden, ele ordenou a decapitação de aproximadamente 4.500 saxões, tendo um nível de brutalidade bem maior do que o atribuído aos vikings.

4 - Higiene

Segundo The Telegraph, os acadêmicos da Universidade de Cambridge estão convencidos de que os vikings eram higiênicos. Eles eram até limpos demais. Um cronista medieval alegava que os vikings penteavam os cabelos todos os dias, tomavam banho uma vez por semana e até trocavam de roupa regularmente.

Os vikings eram metrossexuais e tinham propensão para beleza e ao estilo, com o penteado sendo uma coisa importante para os homens. O Museu Nacional da Dinamarca tem evidências que os vikings usavam pentes bem desenhados, palitos de dente, cotonetes e pinças.

5 - Beber em crânios

Pode ser intenso imaginar que os vikings bebiam sangue ou álcool nos crânios dos seus inimigos. Mas essa imagem bárbara é falsa. Assim como outras coisas ditas ao longo da história, esse mito parece ter surgido em uma tradução feita erroneamente. Na realidade, os vikings bebiam suas bebidas em coisas menos chocantes. Eram copos de madeira e metal. Algumas evidências mostram que eles, às vezes, bebiam de chifres.

6 - Armas primitivas

Outro equívoco a respeito dos vikings é com relação ao seu armamento. Geralmente, as pessoas acham que eles usavam armas primitivas como machado, taco ou uma espada. Mas esse povo nórdico tinha armas finas.

Segundo a BBC, todos os homens vikings eram livres para carregar armas e os magnatas eram obrigados a fornecer armas. Eles tinham lanças, espadas e machados finamente trabalhados. E algumas vezes, elas eram decoradas com incrustações e metais preciosos. O famoso machado viking era usado, mas ele tinha a desvantagem de não perfurar um escudo.

7 - Um povo só

A maioria das pessoas acha que os vikings eram um povo só, ou uma raça homogênea. Mas segundo o History Channel, eles não eram uma raça de pessoas e nem ligados por laços de ancestralidade comum. A maioria dos que são conhecidos vem de áreas como a Dinamarca, Noruega e Suécia. Mas também existem menções de vikings filandeses, estinianos e saamis.

Provavelmente nem mesmo os vikings se referia a si mesmos com essa palavra. Já que ela se refere a alguém que foi invadir ou explorar no exterior.


Próxima Matéria
Via   Grunge  
Imagens Shutter
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest