• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


7 momentos mais chatos de jogos incríveis

POR Erik Ely    EM Entretenimento      10/06/20 às 20h18
foto de destaque

Até mesmo games maravilhosos podem dar uma aula de como serem extremamente chatos em determinados momentos. E claro, em momentos como esses, muitos jogadores acabam deixando o game, mas, em outros momentos, essas partes são esquecidas pela grandiosidade do jogo. Pensando nisso, separamos 7 momentos mais chatos de jogos incríveis.

No geral, esses são jogos em incríveis. No entanto, quando olhamos mais de perto, algumas cutscenes ou trechos são extremamente entediantes. Dessa forma, o jeito é esperar a próxima fase começar e pegar o ritmo da jogatina novamente.

1 - Uncharted 4: A Thief"s End

Em seu começo, "Uncharted 4: A Thief"s End" é um game extremamente chato. Contudo, isso é proposital e deveria funcionar, pelo menos na teoria. Isso porque, acompanhamos um Nathan Drake aposentado e com um "trabalho normal". De toda forma, a vontade é de simplesmente pular o início do jogo.

2 - Grand Theft Auto V

Em determinada missão do jogo, você precisa realizar um trabalho normal ao invés de "tocar o terror". Assim, a missão Scouting the Port acaba sendo bastante tediosa enquanto Trevor está trabalhando disfarçado para não levantar suspeitas. Pelo menos, a missão é curta e, logo em seguida, é possível voltar para o clima caótico do jogo.

3 - Red Dead Redemption 2

"Red Dead Redemption 2" é um game incrível e extremamente rico. Seu cenário é lindo e andar a cavalo pelas paisagens deveria ser uma grande experiência, certo? Porém, o que acontece é que o mapa acaba sendo "grande demais" e o recurso de fast travel não é o mais funcional. Dito isso, você irá passar por longas cavalgadas antes de terminar o jogo.

4 - Okami

Okami pode ser um jogo incrível, mas sua abertura é extremamente cansativa. Assim, o jogo se inicia com uma cutscende 17 minutos que é, no mínimo, "chata". Além de uma animação com imagens paradas, a história não é tão envolvente. Mas, se você conseguir passar dessa parte, o resto vale a pena.

5 - Metal Gear Solid

Perto do final de "Metal Gear Solid", as coisas estão literalmente pegando e você está perto de batalhar contra Liquid Snake. Com isso, você acabou de recuperar um cartão que pode desativar a detonação de mísseis nucleares. Porém, para isso, a jornada é mais longa do que parece. Isso porque, você precisa voltar em diversos cenários, pois a cor do cartão muda conforme a temperatura que ele é exposto. De fato, isso quebra o ritmo do jogo e da narrativa.

6 - Final Fantasy XV

Em "Final Fantasy XV", é possível andar de carro em alguns momentos do jogo. No entanto, em alguns momentos do jogo, como o capítulo 13, essas partes parecem não ter fim. Dessa forma, você se vê obrigado a dirigir com seus amigos e o tédio toma conta da jogatina. Contudo, vale a pena esperar pela próxima fase, que nos faz esquecer do que acabamos de jogar.

7 - Shenmue

Shenmue é um jogo verdadeiramente incrível. Na trama, acompanhamos a vida de Ryo Hazuki, desde seus combates e aventuras, até as atividades mais rotineiras. Porém, essas atividades mundanas não são tão interessantes. Desse modo, dentro dessa rotina, você precisa pegar um ônibus para ir trabalhar em uma parte mais afastada da cidade. Entretanto, para isso, é preciso esperar no ponto de ônibus como muitos de nós fazemos na vida real. E claro, isso não é nada interessante.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   IGN Brasil  
Imagens RedBull.com
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+