icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 momentos mais forçados da história dos filmes de super-heróis

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      08/12/17 às 16h16
capa do post 7 momentos mais forçados da história dos filmes de super-heróis

Quando pensamos como uma luta entre herói e vilão pode ser em um filme, logo imaginamos sequências grandiosas. Cenas com várias explosões, diversas pancadarias e alguns exageros aqui e ali. Até porque, nem todos os super-heróis possuem superpoderes. Ou então, a maioria deles, por mais que tenham várias habilidades, essas são limitadas. Sendo assim, também esperamos ver certa dor e sofrimento.

Acontece que, que por mais que tenhamos consciência de que o filme em si já é uma ficção, algumas coisas ainda não funcionam. Na verdade, os elementos possíveis e não possíveis dentro da história são determinados pelo próprio universo ficcional. E mesmo dentro de tramas de super-heróis ainda há limitações. Existe ações que nem mesmo o mocinho ou vilão é capaz de fazer dentro do mundo que foi apresentado. Selecionamos alguns exemplos para discutir.

1 - Superman move a Lua

Tudo bem que ele é o todo poderoso Superman, mesmo assim, quem não concorda que em Superman IV: Em Busca da Paz o herói foi longe demais? Para impedir que o vilão, energizado pela luz do sol, explodisse a Terra, o Homem de Aço viaja até o espaço e move a Lua. Sua intenção era criar um eclipse solar e deter o antagonista. Realmente não havia outra saída?

2 - Magneto move a Golden Gate

Em X-Men: O Confronto Final acontece de tudo, até as coisas mais absurdas. No filme, o governo monta um laboratório na ilha onde fica a antiga prisão Alcatraz. No local, eles conseguem desenvolver uma cura para o gene mutante. A fim de destruir o local com seu exército de mutantes, Magneto move a Golden Gate como se não fosse nada. O vilão pode sim manipular o magnetismo, mas relocar a ponte simples assim talvez seja um pouco exagerado.

3 - Superman volta o tempo

Olha ele outra vez! Superman: O Filme é um dos filmes mais importantes do gênero. E isso não é uma mera opinião, é apenas um fato dentro da própria indústria. De qualquer forma, existe uma cena um tanto quanto forçada no longa. Na história, Lex Luthor usa um míssil para ativar um terremoto e destruir a Costa Oeste do país. Superman consegue parar o tremor, mas não antes do mesmo causar certo estrago. Uma das consequências foi a morte de Lois Lane. Quando ele descobriu o ocorrido, não pensou duas vezes. Ele voou ao redor da Terra no sentido anti-horário e voltou o tempo para antes de sua amada ser morta para então salvá-la. Superman pode ser rápido, mas também não é para tanto.

4 - Homem Aranha para um trem

Homem Aranha 2 é o melhor filme da trilogia Sam Raimi. O longa mostra não apenas conflitos psicológicos do personagem como também cenas de lutas que já se tornaram clássicas. Uma delas é a briga de Peter Parker com Dr. Octopus em um trem em movimento. Em certo momento, o vilão nocauteia o maquinista, coloca o veículo em velocidade máxima e ainda quebra o painel de controle. Para finalizar, Dr. Octopus quebra parte do trilho que era rota do trem. O jeito único jeito que Homem Aranha encontra em pará-lo é jogar várias teias da ponta do trem para frear o veículo aos poucos. Ele consegue, porém, se levarmos em consideração a velocidade, a quantidade de vagões e o peso, o sucesso do herói seria algo duvidoso.

5 - Apocalipse lança mísseis

Em X-Men: Apocalipse, o personagem título é representado como o mutante original. Ele ficou adormecido por séculos e depois que desperta é revelado que ele possui inúmeros poderes. Entre eles há também a telecinese, contudo, ela não é desenvolvida ao mesmo nível do Professor Xavier. Mesmo assim, em certo momento do longa, ele consegue controlar a mente de várias pessoas ao mesmo tempo em lugares distintos do mundo, a fim de lançar diversos mísseis.

6 - Wolverine sobrevive a uma bomba nuclear

Todos sabem que a mutação de Wolverine é a habilidade de se regenerar. Porém, até mesmo ele tem limites. Em seu primeiro filme solo, há uma cena que mostra um episódio de seu passado. No flashback, vemos que ele foi prisioneiro dos japoneses em Nagasaki, local onde os Estados Unidos soltaram uma bomba nuclear na Segunda Guerra Mundial. Sua cela ficava dentro de um poço e antes da tragédia, um dos soldados o liberta. Em troca, Wolverine usa seu corpo para proteger o homem da explosão. Quando as coisas se acalmam, ele aparece sem pele no corpo e todo queimado. E, sem demora, ele já começa a se regenerar. No entanto, era para ele ter morrido. O evento aconteceu muito antes de X-Men: O Filme, longa no qual ele ainda leva um tempo para se recuperar de ferimentos básicos. Sobreviver a uma explosão nuclear não caberia na história.

7 - Hulk para Leviathan com um soco

É certo que a força de Hulk é incalculável, até porque ela aumenta de acordo com sua raiva. Ou seja, quanto mais raiva ele sente, mais poderoso ele fica. Em Os Vingadores, o herói foi apresentado como estando sempre com raiva. Porém, apesar de tudo, sua ira não era o suficiente para deter um Leviathan apenas com um soco. O monstro pode destruir prédios facilmente, algo que Hulk levaria um tempo para fazer, pesa milhões de toneladas e é muito maior que o personagem. Mesmo assim, ele foi derrubado pelo verdão com um soco. Nem mesmo dentro desse universo a cena fez sentido.

Concorda com a lista? Acredita que tudo isso se justifica apenas porque são histórias ficcionais? Ou concorda que mesmo dentro dos universos de super-heróis ainda precisa existir limites que precisam ser seguidos? Comente com a gente sua opinião.


Próxima Matéria
avatar Gabi Noronha
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest