icone menu logo logo-fatosnerd.png


7 motivos para assistir The Promised Neverland na Netflix

POR Letícia Dias EM Fatos Nerd 04/09/20 às 11h29

capa do post 7 motivos para assistir The Promised Neverland na Netflix

Serializada pela revista semanal Shonen Jump, desde 2016, The Promised Neverland é uma narrativa que gira em torno de uma órfã. A personagem em questão se chama Emma e vive em um orfanato, chamado Grace Field House. Assim como a garota, nessa casa, vivem diversos outros órfãos. Todavia, além de Emma, o enredo destaca Norman e Ray, dois garotos que, assim como ela, conseguem as pontuações mais altas em seus testes diários. Posteriormente, após anos sem poder sair do orfanato, um evento força as três crianças a o fazerem. Em seguida, descobrimos que toda essa situação se trata de uma cilada. Em suma, as crianças estão sendo criadas para, futuramente, serem ofertadas como alimento para criaturas demoníacas. Esse mundo fantástico foi escrito por Kaiu Shirai e pode ser encontrado na Netflix.

Embora a versão impressa da narrativa venha sendo constantemente publicada, desde agosto de 2016, a última atualização de sua adaptação animada foi em março de 2019. Assim como o mangá, a primeira leva de episódios da série contou com uma recepção positiva. Logo, não demorou para que o público começasse a questionar sobre sua sequência. Após uma impressionante estreia, era certo que uma segunda temporada estava a caminho. No entanto, ninguém sabia quando seria. Felizmente, após meses sem notícias de Emma, Norman e Ray, finalmente, descobrimos quando os saudosos personagens de The Promised Neverland retornariam. A continuação da narrativa dos jovens órfãos estava prevista para estrear em outubro de 2020. No entanto, diante da imprevisibilidade ocasionada pelo coronavírus, não sabemos se haverá uma prorrogação do lançamento.

De qualquer forma, enquanto a nova leva de episódios não é liberada, você pode conferir a primeira temporada no catálogo da Netflix. Inclusive, visando te incentivar, reunimos abaixo alguns motivos pelos quais você precisa conferir The Promised Neverland.

7 - O relacionamento entre as crianças é emocionante

Visto que são melhores amigos desde que nasceram, Ray, Emma e Norman possuem um vínculo além do convencional. Eles são praticamente irmãos ligados pela alma. Sendo assim, é de se esperar que eles estejam dispostos a fazer de tudo para proteger uns aos outros. Isso inclui se sacrificar para que o outro possa sobreviver. Em suma, o relacionamento deles é genuinamente sincero e devastadoramente triste por causa da situação em que se encontram. Além disso, apesar do vínculo do trio ser especial, eles consideram todas as outras crianças do Grace Field House sua família. Sem dúvidas é algo extremamente comovente.

6 - O suspense aqui é sem precedente

Se você está em busca de um anime que o manterá em constante estado de alerta, essa é sua deixa. Pra começar, a maioria dos episódios de The Promised Neverland terminam em cliffhangers. Logo, é quase inevitável assistir tudo de uma vez só. Desde o primeiro episódio, onde descobrimos que os órfãos estão sendo criados para servirem de lanche para demônios, não conseguimos tirar os olhos dos desafios que essas crianças têm de enfrentar. Existem momentos em que o coração até erra a batida de tanto nervoso que dá. Inclusive, avisamos desde já que essa série não é para os fracos de coração.

5 - Os vilões são carismáticos

Embora não seja muito normal simpatizar com demônios que se alimentam de crianças, é totalmente compreensível sentir empatia pelos humanos que preparam a colheita. Acontece que estes últimos tem motivações surpreendentemente plausíveis para isso. Aqui temos um alerta de spoiler. Enfim, Isabella e Krone são mulheres adultas cujo trabalho é criar os filhos em um ambiente seguro e alegre até que eles sejam enviados para o abate. "Mas por que elas fazem isso?" você deve estar se perguntando. Bom, a resposta é simples, autopreservação. As duas personagens nasceram no sistema e tiveram de aceitar esse trabalho, caso contrário seriam devoradas. Apesar de não ser uma atitude heroica, não deixa de ser compreensível.

4 - A trilha sonora é incrível

Apesar de não ser o elemento mais notável em um anime, a trilha sonora não deixa de ser importante nesse tipo de produção. Através da seleção de músicas certas, você pode construir o clima que quiser para a narrativa. Felizmente esse é um dos fortes de The Promised Neverland. É praticamente impossível não ser conquistado logo na abertura.

3 - A história de Ray é arrepiante

Assim como apresentamos acima, Ray faz parte do trio de personagens principais. Pois bem, dentre seus amigos, ele se destaca como o mais cínico. Contudo, seu comportamento é resultado de um comovente passado. Ao contrário de Norman e Emma, ele não teve uma vida feliz e pacífica subitamente destruída por uma terrível descoberta. Surpreendentemente, desde o começo, Ray sabia de seu destino. O garoto se lembra de todas as experiências pelas quais passou no Grace Field House, incluindo a verdadeira identidade de sua mãe que decidiu servi-lo para os demônios.

2 - É perfeito para quem gosta de desvendar mistérios

Já informamos que a série é marcada por um cliffhanger em cada episódio. Pois então, no último episódio da primeira temporada não poderia ser diferente. O anime termina com uma nota de esperança mesclada com um enorme susto. Como resultado disso, ficamos ansiosos para a sequência ao mesmo tempo em que criamos expectativas para a mesma. Então, se você adora a sensação de empolgação e gosta de estar cercado por mistérios, eis aqui seu anime dos sonhos.

1 - É um dos poucos animes shonen com uma protagonista feminina

Ao passo que shonen é um gênero majoritariamente consumido pelo público masculino, é normal vermos personagens do mesmo gênero protagonizando as histórias. Além disso, as mulheres que participam dessas narrativas são normalmente retratadas como fracas, indefesas e inferiores. Sendo assim, nem é preciso dizer que The Promised Neverland é praticamente revolucionário por apresentar uma protagonista feminina forte, inteligente, persistente e competente. Emma é um raro exemplo de uma reformulação extremamente necessária na indústria de animes.


Próxima Matéria
Via   Ranker  
Imagens Aniplex
avatar Letícia Dias
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest